Menu

Últimas notícias

Fique informado
Angola Cables leva ao Brasil a DE-CIX, maior operadora mundial de Internet Exchange (IX), para expandir a conexão de provedores  

Angola Cables leva ao Brasil a DE-CIX, maior operadora mundial de Internet Exchange (IX), para expandir a conexão de provedores  

31/10/2019

 O ecossistema de Interconectividade global da DE-CIX fornece interconexões premium globais para mais de 1.700 operadores, ISP’s e redes de conteúdos em mais de 100 países na Europa, Oriente Médio,Índia e América do Norte

A Angola Cables, multinacional de telecomunicações que fornece conectividade no mercado retalhista brasileiro, acaba de concluir uma parceria com a DE-CIX, marca líder mundial em serviços de interconexão, detentora de uma vasta gama de serviços premium de interconexão a uma variedade de IXs neutros para operadoras e datacenters, interligando mais de 100 países e 1.700 operadoras em todo o mundo.

O objetivo é expandir capacidades e impulsionar negócios de Provedores de Internet via ligações Sul-Sul pelo Atlântico.

António Nunes, CEO da Angola Cables

“Através de nossas redes de telecomunicações avançadas, queremos construir ‘pontes digitais’ entre os continentes e países para ajudar empresas e economias a crescerem pelos continentes via Hemisfério Sul”, diz António Nunes, CEO da Angola Cables.

A Directora Regional da DE-CIX para o Sul da Europa, Theresa Bobis, falou das vantagens da parceria. “A partir de agora, como revendedor da DE-CIX, a Angola Cables pode oferecer a Provedores de Acesso à Internet (na sigla em inglês ISPs – Internet Service Provider) uma rede confiável de baixa latência e acesso de alta qualidade à interconexões de rede premium às trocas de Internet na Europa, Oriente Médio, América do Norte e Índia”.

As duas empresas já estabeleceram interligações de São Paulo e Fortaleza à Lisboa e, neste momento, planeiam uma interligação das mesmas cidades brasileiras aos IX (Internet Exchange) da DE-CIX em Nova Iorque, Madrid e Frankfurt.

Futurecom 2019

Futurecom 2019

A parceria acontece durante a realização da Futurecom, o maior e mais importante evento de Tecnologia e Telecomunicações da América Latina, que termina hoje em São Paulo, Brasil.

Uma das maiores novidades da Angola Cables para a Futurecom 2019 é o “Peering BAR”, um espaço montado em parceria DE-CIX que permite a quem quiser conectar-se e explorar o “Peering Barman”, que mostra as conexões globais de Pontos de Peering (PoP) mais adequadas às necessidades dos seus negócios e o roteamento ideal para ligar os seus negócios ao redor do mundo.

 

 

Sobre a Angola Cables

A Angola Cables é uma multinacional de soluções de telecomunicações fundada em 2009 em Angola e que actua no mercado brasileiro desde 2016. É focada na venda de soluções para infraestruturas de datacenter, venda de conectividade, serviços Cloud para provedores de IP e ISPs para o sector corporativo com necessidades de serviços e conexões digitais. Actualmente, opera os sistemas de cabos SACS, Monet e WACS, gere dois centros de dados (datacenters), o AngoNAP Fortaleza e o AngoNAP Luanda, em Angola, e faz a gestão do Angonix, um Internet Exchange Point, que está entre os cinco maiores de África e do PIX Fortaleza, lançado em Agosto 2019. Hoje, o terceiro PTTCE, contando o seu tráfego crescente de banda quatro vezes acima do previsto, atinge 47,12GB.   

Por meio de sua rede, a companhia angolana conecta directamente África, Europa e as Américas, além de ter parcerias estabelecidas para conectar-se à Ásia. 

 

Sobre a DE-CIX

A DE-CIX, operadora líder do Internet Exchange (IX) do mundo. Fundada em 1995, a DE-CIX atende mais de 1.700 operadoras, ISPs e redes de conteúdo de mais de 100 países, incluindo todos os principais players internacionais em vários mercados metropolitanos da Europa, Oriente Médio, Índia e América do Norte.  Com mais de 7,5 Terabits por segundo de tráfego de pico, o DE-CIX Frankfurt é a principal troca de Internet do mundo. 

Angola Cables firma parceria com a Microsoft para impulsionar a transformação digital na África

Angola Cables conclui etapa mais importante para instalação do SACS no oceano

Rede internacional de cabos submarinos da Angola Cables chega a Fortaleza

Por que a Angola Cables quer conectar o Brasil à África

Pular para a barra de ferramentas