Últimas notícias

Fique informado

Certisign, Safeweb, Serasa Experian, Soluti e Valid participam do Certforum Recife

01/12/2017

A etapa regional do CertForum Recife realizada pelo ITI e organizada pela Abrid, contou com o apoio das maiores autoridades certificadoras privadas brasileiras: CertisignSafeweb, Serasa ExperianSoluti  e Valid.

O evento também foi apoiado institucionalmente pela Agência Estadual de Tecnologia da Informação – ATI de Pernambuco e pela Sociedade de Usuários de Tecnologia de Pernambuco – Sucesu-PE.

O Certforum de Recife foi marcado pela interatividade dos participantes com representantes de órgãos públicos e palestrantes que contaram seus casos de sucesso com o uso de certificados digitais ICP-Brasil. Foram abordados casos de sucesso de empresas privadas de vários segmentos.

Na mesa de abertura estiveram presentes o diretor-presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI Gastão José de Oliveira Ramos, e o diretor-presidente da Agência Estadual de Tecnologia da Informação – ATI Romero Guimarães.

Segundo Gastão Ramos a realização do evento em Recife é uma oportunidade para o governo federal fazer-se presente nos estados, demonstrando como seu trabalho em âmbito federal impacta positivamente as unidades federativas.

A participação das maiores Autoridades Certificadoras Brasileiras privadas, CertisignSafeweb, Serasa ExperianSoluti  e Valid em forma de patrocínio a etapas regional reforça seus compromissos em apoiar as iniciativas do ITI no que tange a evangelização sobre a tecnologia da Certificação Digital no Brasil para que projetos, públicos e privados, avancem e concretizem os objetivos da massificação da tecnologia no país.

Foram apresentadas iniciativas locais como o Sistema Estadual de Registro Civil (SERC) que integra  as maternidades aos cartórios, possibilitando a emissão de certidões de nascimento digitais,  o Serviço Eletrônico de Informações (SEI), o Sistema Integrado de Gestão de Pernambuco (PE-Integrado) e a  a Plataforma Digital do Cidadão.

Apresentações

O Uso do certificado digital em empresas privadas” foi o tema da apresentação do grupo O Boticário. A coordenadora e a analista de franchising Adriana Fernandes e Rafaela Jorge detalharam como os integrantes da rede de afiliados da empresa firmam seus contratos de forma digital e desburocratizada, assinando estes atos com o emprego do certificado ICP-Brasil. Segundo as palestrantes, os maiores desafios foram vencer a cultura do uso do papel e o convencimento dos setores administrativo e jurídico quanto à viabilidade e a economicidade da iniciativa.

O diretor de Auditoria, Fiscalização e Normalização do ITI Rafaelo Abritta fez a palestra “ITI em números”. Na oportunidade, Abritta enalteceu os trabalhos desenvolvidos para dar celeridade aos processos de credenciamento na Infraestrutura de Chaves Públicas – ICP-Brasil. Para o diretor, as práticas que representam riscos à higidez da Infraestrutura vêm sendo combatidas por meio de normas e regras aprovadas em reuniões do Comitê Gestor da ICP-Brasil que mais se adequaram às atuais necessidades.

“Hospitais Digitais” foi o tema da Gerente de Produtos da MV, Daênnye Bezerra. Segundo demonstrou em sua apresentação, os hospitais evoluíram consideravelmente em setores de atendimento, internação, ambulatório e cirurgia. No entanto, quando o assunto é arquivamento de dados e produção de informações, o cenário atual não é muito diferente do de 30 anos atrás.

“Uma coisa é ser um hospital moderno. Outra, bem diferente, é ser um hospital digital. Esse é o desafio que temos encontrado na condução de nossos trabalhos e, graças a tecnologias como a da certificação digital ICP-Brasil, temos conseguido digitalizar rotinas e procedimentos de nossos clientes”, afirmou Bezerra.

Os desafios, as perspectivas e os diferentes cenários da gestão empresarial foram aspectos apresentados pelo Gerente de Projetos da Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe), Flávio Valença em sua palestra “Processos Digitais com Certificado ICP-Brasil”. Para o gerente, a certificação digital é o documento que viabiliza a transição do antigo para o novo modelo de interação entre o empresário e as novas tecnologias, sendo a Jucepe indutora deste processo.

Por fim, o superintendente de Tecnologia da Informação da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) Fernando Paranhos, e o gerente-geral de Informações da Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano da Prefeitura de Recife (Semoc) apresentaram os seus respectivos projetos de digitalização de documentos e trâmites administrativos.

Com informações do ITI

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<