Últimas notícias

Fique informado
Detran Pará: uso de biometria dará celeridade ao atendimento

Detran Pará: uso de biometria dará celeridade ao atendimento

12 de abril de 2015

Emissão de novos boletos pela internet, agendamento de serviços no call center, expedição mais rápida da carteira de motorista, modernização dos processos com o uso da biometria e a expansão do autoatendimento.

Estas são as mudanças mais importantes a serem implantadas no Detran do Pará pela nova gestão da instituição. A ideia é tornar mais rápida e eficiente a prestação de todos os serviços, reduzir o tempo-resposta diante das demandas dos cidadãos, descentralizar o atendimento excessivamente concentrado na sede da rodovia Augusto Montenegro e melhorar a imagem institucional do órgão.

Modernização dos processos e a expansão do autoatendimento são algumas das mudanças implantadas pela nova gestão do Detran

Modernização dos processos e a expansão do autoatendimento são algumas das mudanças implantadas pela nova gestão do Detran

O projeto foi elaborado pela equipe do Núcleo de Planejamento do Detran. Prevê, por exemplo, a emissão pelo site da instituição do boleto para pagamento da taxa de vistoria técnica e da taxa referente ao lacre de certificação do veículos. A página já oferece a emissão de 12 tipos de boletos e agora terá mais estes dois. Após o pagamento, o cliente poderá agendar o atendimento pelo call center (número 154), ou procurar atendimento direto nas unidades do órgão.

“Esta medida permite ao cidadão a escolha do dia e horário do serviço, garantindo agilidade no atendimento prestado pelo Detran. Hoje, este serviço segue uma rotina que envolve quatro atendimentos. Com a nova proposta, serão apenas dois”, ressaltou o coordenador do Núcleo de Planejamento, Carlos Valente.

Carteira

Serão incluídos no site do Detran todos os serviços relacionados à habilitação de condutores de veículos (primeira habilitação, 2ª via da Carteira Nacional de Habilitação, renovação da CNH, adição e mudança de categoria). Essa providência, somada à proposta da biometria, que corresponde à coleta e armazenamento das digitais dos dedos das mãos, imagem e assinatura do candidato ou condutor, dá mais celeridade ao atendimento. “São ações que vão impactar nos novos procedimentos para a realização dos exames solicitados pelo órgão para a expedição da carteira de habilitação, que são a avaliação psicológica, exame médico, prova de legislação de trânsito e prova de prática de direção veicular”, acrescentou o coordenador.

O projeto propõe também a implantação da biometria nos processos de formação de condutor, ou seja, nos cursos teóricos e de prática de direção veicular que são realizados pelos Centro de Formação de Condutores. A frequência do candidato será apurada por meio da biometria, visando a qualificação adequada para o cidadão que vai ser habilitado para conduzir veículos automotores.

O objetivo da direção geral é incluir o máximo de serviços na página virtual da autarquia, a fim de otimizar a operacionalização dos serviços prestados e diminuir a necessidade de o usuário se deslocar até o órgão.

Descentralização

Há também projetos em andamento para reativação dos terminais de autoatendimento, com acompanhamento diário de atendentes para orientação aos usuários, além de implantação dessas unidades em vários pontos da capital, como shopping centers, e em municípios como Ananindeua, Santarém, Marabá, Castanhal, Redenção, Parauapebas e Paragominas, entre outros.

Outra meta da nova direção do Detran é a descentralização de atividades com a implantação de serviços de habilitação na unidade do órgão localizada na travessa Antônio Barreto, em Belém, para atender aos cidadãos que residem na área mais central da cidade. Hoje, este posto oferece serviços apenas na área de veículo.

Grande parte das ações propostas deverá ser implementada de forma gradual, a partir do lançamento do novo site do Detran, previsto para ocorrer ainda neste semestre. “Este projeto é o resultado de um longo e minucioso processo de planejamento e possibilita diversas melhorias, como o aproveitamentro dos espaços físicos de nossas unidades, a diminuição do tempo de atendimento ao público, a descentralização, rapidez e segurança no atendimento, maior e permanente integração entre as diretorias operacionais e a redução do tempo de entrega de documentos de veículos e da habilitação dos condutores”, frisou o diretor geral do órgão, Nilton Jorge Barreto Atayde.

Com estas mudanças a direção do Detran pretende dar um importante salto de qualidade nas atividades desenvolvidas pela instituição. “A segurança e a presevação de vidas no trânsito são questões que precisam ser tratadas de forma séria e como prioridade na gestão institucional. E este projeto caminha exatamente nessa direção, ou seja, promove a melhoria de ações e serviços realizados pelo Detran, promovendo um esforço organizado e coletivo dos seus servidores e buscando o envolvimento, a conscientização e a mobilização da sociedade, em favor de um trânsito civilizado”, acrescentou o diretor geral.
Fonte:Departamento de Trânsito do Pará

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<