Últimas notícias

Fique informado
ECF e NFC-e, uma evolução digital

ECF e NFC-e, uma evolução digital

28/08/2015

O mercado de Certificação Digital em amplo crescimento, deve-se ao conhecimento gradativo dos benefícios, confiabilidade e redução de custos que a Certificação Digital proporciona.

Novas obrigações assessórias de registros contábeis passarão a fazer parte da vida das empresas jurídicas de todo o País: a Escrituração Contábil Fiscal (ECF), que se torna obrigatória a partir do próximo mês e a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e), que já está em fase de teste em alguns Estados.

Michel Soluti

Michel Medeiros- CEO da Soluti

A ECF veio em substituição a Declaração de Informações Econômico-fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ). Foi criada como um avanço e possui diferentemente da DIPJ o sistema de rastreabilidade de informações, que proporciona verificar o Imposto de Renda (IR) e a CSLL.

Para o CEO da Soluti Certificação Digital, Michel Medeiros a novidade vem impactando a rotina das organizações e exige profundas adaptações. “Bons softwares de gestão, alinhamento entre as áreas contábil e de Tecnologia da Informação, qualidade e consistência dos dados são fundamentais, por isso temos as melhores ferramentas em certificação digital para atender a essa demanda”, afirma.

Já a NFC-e vai propiciar ganhos de eficiência aos lojistas, pois além de eliminar gastos com equipamentos fiscais, também dispensa as homologações, lacrações, registros, parametrizações, atestados de intervenção e outras exigências. A NFC-e será, em alguns anos, uma solução moderna e definitiva para os atuais documentos fiscais em papel utilizados no varejo, como o cupom fiscal e a própria nota fiscal.

Essas inovações propõe uma verdadeira revolução no varejo brasileiro. É uma transformação nos custos e obrigações acessórias aos contribuintes, ao mesmo tempo que possibilita o aprimoramento do controle fiscal.

“O Certificado Digital torna-se relevante a cada dia, é importante perceber essa evolução tecnológica” conta o CEO da Soluti, Michel Medeiros.

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<