Últimas notícias

Fique informado
Em Pernambuco, cartórios passam a integrar Central Nacional do Registro Civil

Em Pernambuco, cartórios passam a integrar Central Nacional do Registro Civil

14/07/2015

Spotlight

Guia do NIST sobre como recuperar arquivos perdidos por ransomware e por outros ataques de integridade de dados

Recuperação de ransomware e outros eventos destrutivos pode ajudar as organizações.

28/09/2020

Resolução possibilita reuniões do Comitê Gestor da ICP-Brasil por Videoconferência

Com a Resolução n° 176, de 21 de setembro de 2020, do CG da ICP-Brasil, ficam estabelecidos o prazo de 3 dias úteis para a convocação e a deliberação devendo ocorrer em seguida ao encerramento da Plenária por videoconferência.

28/09/2020

A sanção da Lei 14.063 de 2020, segundo agência Senado.

A nova lei cria dois novos tipos de assinatura eletrônica em comunicações com entes públicos e em questões de saúde: simples e avançada.

25/09/2020

Como gerenciar Identidades Digitais em empresas públicas e privadas? Ouça

Sobre como gerenciar eIDs, conversamos com Luís Correia – Business Development da AET EUROPE, empresa global na área de soluções de segurança digital.

02/09/2020

Arpen-SP apresenta empresas licitadas para a digitalização nos cartórios paulistas

Empresas participantes contam com teto máximo de cobrança, integração com

12/05/2015

Cartórios de Registro Civil de SP já emitiram 100 mil certidões eletrônicas – 2013

CRC atinge a expressiva marca de 100 mil certidões eletrônicas

18/09/2013

Estado de Pernambuco se junta a outros seis Estados na Central Nacional do Registro Civil

Segunda via de certidões agora podem ser solicitadas em qualquer cartório interligado a CRC

Os cartórios de Pernambuco começaram a operar nesta segunda-feira (13) na Central Nacional de Informações do Registro Civil (CRC Nacional). O cidadão agora pode realizar pedidos de certidões de nascimento, casamento ou óbito sem a necessidade de ir até o cartório onde está o registro original.

cartaz-01

Foto Insania Publicidade – Campanha Arpen SP –   www.registrocivil.org.br

“Um usuário pode se dirigir ao balcão de um cartório no Recife, por exemplo, e solicitar a segunda via de uma certidão de nascimento feita em Petrolina.

E qualquer cartório vai poder materializar o documento, após o pagamento do boleto”, explica a tesoureira da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de Pernambuco (Arpen-PE), Luiza Gesilânia Santana, oficial designada do cartório de registro civil de Belo Jardim.

O sistema já está operando em 171 dos 281 cartórios de registro civil do Estado. Apenas os que ainda não têm mecanismos adequados de conexão à internet ficaram de fora.

“O prazo dado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para a adequação é de um ano”, ressalta Luiza.

Pernambuco é o primeiro estado do Nordeste a possibilitar a transmissão eletrônica de certidões de nascimento, casamento e óbito entre os cartórios.

Além disso, Pernambuco também está interligado com outros seis estados: São Paulo, Acre, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina, possibilitando a transmissão interestadual de documentos.

A CRC Nacional começou a funcionar em 2013, em São Paulo. A meta é que até setembro todos os estados brasileiros estejam interligados.

Certidões digitais

Além da transmissão eletrônica de certidões entre os cartórios, o sistema também dá a possibilidade de solicitação de certidões digitais de nascimento, casamento e óbito. Por meio do site www.registrocivil.org.br, o cidadão solicita o documento, recebendo a certidão digital por e-mail criptografado. Com o código em mãos, o usuário baixa a certidão em seu computador, podendo enviá-la a órgãos que já estejam adaptadas ao processo eletrônico, como Receita Federal e as petições eletrônicas para advogados.

Fonte: G1

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<