Últimas notícias

Fique informado
Equifax pagará cerca de US $ 700 milhões pela violação de dados em 2017

Equifax pagará cerca de US $ 700 milhões pela violação de dados em 2017

22/07/2019

Equifax fecha acordo para pagar cerca de US $ 700 milhões para quitar as indenizações pela violação de dados dos EUA em 2017

O Wall Street Journal na última sexta-feira, publicou que a Equifax pagará o valor a ser liquidado junto à US Federal Trade Commission (FTC) – Comissão Federal de Comércio, departamento de Proteção Financeira ao Consumidor e à maioria dos procuradores gerais do Estado, informou o WSJ.

A violação de dados de 2017 na empresa afetou mais de 143 milhões de pessoas em todo o mundo.

O valor a ser pago pela empresa pode mudar dependendo do número de reclamações eventualmente feitas pelos consumidores, de acordo com o relatório, que acrescentou que o acordo pode ser anunciado hoje, segunda-feira.

O acordo exigirá que a empresa de relatórios de crédito faça mais alterações na forma como protege e lida com os dados do consumidor, disse o WSJ.

Um fundo será estabelecido para compensar os consumidores pelos danos que eles sofreram como resultado da violação, de acordo com o acordo relatado pelo jornal.

Congresso Americano

No ano passado alguns parlamentares pediram por exigências mais rígidas para as firmas de relatórios de crédito para corrigir imprecisões nos relatórios.

A Equifax e as duas outras grandes empresas de geração de relatórios de crédito, a Experian Plc e a TransUnion ,compilaram longos dossiês financeiros sobre centenas de milhões de americanos que incluem suas contas de crédito e históricos de pagamento.

Eles também têm acesso a endereços, números de seguro social e outras informações necessárias para solicitar crédito. Esses detalhes pessoais são o que os hackers roubaram.

Com informações de REUTERS e WSJ

A violação de dados de 2017 na empresa afetou mais de 143 milhões de pessoas em todo o mundo.

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<