Últimas notícias

Fique informado

Firefox melhora privacidade do DNS através do ECH Encrypted Client Hello

9 de junho de 2021

Spotlight

O que é o open banking e como ele funciona

Saiba o que vai mudar na vida dos brasileiros com

14 de julho de 2021

Incidente na Kaseya chama a atenção para atrativa maneira em propagar de ataques

O incidente na Kaseya resultou na indisponibilização de ativos de mais de mil empresas no início deste mês.

14 de julho de 2021

Marcelo Fernandes da FICO fala sobre a segunda fase do open banking

Em 15 de julho, os bancos passam a operar com sistemas abertos e clientes terão mais acesso aos serviços financeiros.

8 de julho de 2021

Novo serviço desenvolvido pelo ITI permite consultar certificados digitais emitidos pela ICP-Brasil

Os usuários de Certificados digitais da ICP – Brasil agora contam com mais um serviço, o Meu Certificado, com intuito de facilitar seu o uso

25 de junho de 2021

Soluti e BSSP realizam a 2ª edição do Congresso Nacional Online Pensar Contabilidade

Congresso 100% gratuito e online destinado a profissionais e estudantes

21 de maio de 2021

Certisign: o que você precisa saber do Pix cobrança e QR Code para não cair em golpes digitais

Pix Cobrança, modalidade na qual o boleto bancário é substituído por um QR Code ja está em funcionamento

17 de maio de 2021

73,4% dos empreendedores estão vendendo online durante a pandemia, revela pesquisa da Serasa Experian

Redes sociais lideram a lista de canais mais usados pelas micro, pequenas e médias empresas para comercializar produtos e serviços, revela pesquisa da Serasa Experian

12 de maio de 2021

Entrevista com Oscar Zuccarelli da Certisign sobre segurança cibernética

Oscar Zuccarelli, Gerente de Segurança da Informação, Proteção de Dados e Prevenção a Fraudes da Certisign.

22 de abril de 2021

Veja o que diz a Serasa sobre as mudanças na declaração IRPJ 2021. Ouça

A Serasa Experian é líder na América Latina em serviços de informações para apoio na tomada de decisões das empresas.

3 de fevereiro de 2021

Veja o que diz Miguel Martins da AET Europe sobre gerenciamento de eIDS. Ouça

Como traçar a estratégia de IAM para sua organização? Confira o que diz a AET Europe, líder global em gerenciamento de identidades.

19 de janeiro de 2021

Tudo o que os comerciantes precisam saber sobre o PIX pela Soluti. Ouça

A Soluti, especialista em tecnologia da informação, explica em detalhes o funcionamento do PIX para os comerciantes

14 de dezembro de 2020

AET Europe e AARB reunem-se para gerar negócios para as ARs

AET Europe é uma empresa global na área de soluções de segurança digital. Com matriz na Holanda, escritórios na Suíça e em Portugal e representação no Brasil.

12 de abril de 2019

Por Adriano Frare

Os usuários que habilitaram o ESNI anteriormente no Firefox podem notar que a opção about: config para ESNI não está mais presente

Adriano Valério L. Frare – Pki consultant / BlockChain / Security / Pen Test

Desde 2018, o mercado e a própria Mozilla, através do Firefox, vêm se preocupando com a privacidade no acesso a informações trafegadas por meio do protocolo de DNS (porta 53 UDP/TCP).

Neste sentido, está implementado no DNS over TLS com ECH.

Então, a Mozzila anunciou o suporte experimental para a extensão ESNI (Encrypted Server Name Indication) para proteção da privacidade no Firefox Nightly.

A extensão TLS do Server Name Indication (SNI) permite a seleção do servidor e do certificado, transmitindo uma cópia em texto não criptografado do nome do host do servidor na mensagem TLS Client Hello.

Isso representa um vazamento de privacidade semelhante ao do DNS e, assim como o DNS sobre HTTPS impede que as consultas DNS exponham o nome do host para observadores no caminho, o ESNI tenta evitar vazamentos do nome do host do próprio handshake do TLS.

Desde a publicação do projeto de especificação ESNI no IETF, a análise mostrou que criptografar apenas a extensão SNI fornece proteção incompleta.

Apenas como um exemplo: durante a retomada da sessão, a extensão de chave pré-compartilhada poderia, legalmente, conter uma cópia em texto não criptografado exatamente com o mesmo nome de servidor criptografado por ESNI.

A abordagem ESNI exigiria uma variante criptografada de cada extensão com potenciais implicações de privacidade e até mesmo isso expõe o conjunto de extensões anunciadas. Por último, o uso do ESNI no mundo real expôs os desafios de interoperabilidade e implantação que o impediram de ser habilitado em uma escala mais ampla.

O que é Encrypted Client Hello (ECH)?

Para resolver as deficiências do ESNI, as versões recentes da especificação não criptografam mais apenas a extensão SNI e, em vez disso, criptografam uma mensagem de saudação do cliente inteira (portanto, o nome muda de “ESNI” para “ECH”).

Quaisquer extensões com implicações de privacidade agora podem ser relegadas a um “ClientHelloInner” criptografado, que por sua vez é anunciado como uma extensão de um “ClientHelloOuter” não criptografado. Caso um servidor suporte ECH e decifre com sucesso, o “Inner” Client Hello é então usado como base para a conexão TLS.

Isso é explicado com mais detalhes na excelente postagem do blog da Cloudflare no ECH.

O ECH também muda a distribuição de chaves e as histórias de criptografia: um servidor TLS com suporte para ECH agora anuncia sua chave pública por meio de um registro DNS HTTPSSVC, enquanto o ESNI usava registros TXT para essa finalidade.

A derivação e a criptografia da chave são mais robustas, pois o ECH emprega a especificação Hybrid Public Key Encryption em vez de definir seu próprio esquema. É importante ressaltar que o ECH também adiciona um mecanismo de repetição para aumentar a confiabilidade em relação à rotação de chaves do servidor e ao cache de DNS.

Enquanto o ESNI pode falhar após o recebimento de chaves obsoletas do DNS, o ECH pode se recuperar com segurança, pois o cliente recebe as chaves atualizadas diretamente do servidor.

ECH na versão Firefox 85

Para manter a missão de proteger sua privacidade online, a Mozilla está trabalhando ativamente com a Cloudflare e outros na padronização da especificação Encrypted Client Hello na IETF.

O Firefox 85 substitui o ESNI pelo ECH draft-08, e outra atualização do draft-09 (que é direcionada para testes de interoperabilidade mais amplos e implantação) está por vir.

Os usuários que habilitaram o ESNI anteriormente no Firefox podem notar que a opção about: config para ESNI não está mais presente.

Embora seja recomendável que os usuários esperem até que o ECH seja habilitado por padrão, alguns podem querer habilitar essa funcionalidade antes. Isso pode ser feito em about: config definindo network.dns.echconfig.enabled e network.dns.use_https_rr_as_altsvc como true, o que permitirá ao Firefox usar ECH com servidores que o suportem.

Enquanto o ECH está em desenvolvimento ativo, sua disponibilidade pode ser intermitente, pois requer que o cliente e o servidor suportem a mesma versão. Como sempre, as configurações expostas apenas em about: config são consideradas experimentais e estão sujeitas a alterações. Por enquanto, o Firefox ESR continuará a oferecer suporte à funcionalidade ESNI anterior.

Conclusão

ECH é uma evolução importante e robusta do ESNI, e o suporte para o protocolo está chegando ao Firefox.

A Mozilla através do Firefox trabalhando muito para garantir que ele seja interoperável e implantável em grande escala e estamos ansiosos para que os usuários percebam os benefícios de privacidade desse recurso.

Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD e a Criptografia Homomórfica

As tendências da criptografia para 2021

Coletar de dados com privacidade