Menu

Últimas notícias

Fique informado
Sites Seguros: Pesquisa revela quanto e-consumidores já reconhecem

Sites Seguros: Pesquisa revela quanto e-consumidores já reconhecem

10/09/2015

Consumidores reconhecem e priorizam os sites seguros

San Francisco –  O Conselho de Segurança CA  CASC , um grupo comprometido com as boas práticas de segurança de sites e transações on-line, divulgou hoje o resultado da pesquisa –  2015 Consumer Trust Survey, realizada nos USA.

CASC-2015-Consumer-Trust-Survey-Infographic-01

Enquanto os consumidores estão confusos sobre alguns aspectos da segurança, eles já reconhecem e confiam na segurança que os certificados SSL trazem para sites de comércio eletrônico que visitam.

  • 53% dos entrevistados identificam o cadeado como a adição de confiança em um site de e-commerce e 42% identificam a barra verde e o nome da organização na URL como sites que proporcionam maior segurança.
  • Os consumidores compreendem que o símbolo do cadeado atesta a identidade e autenticidade do site e que o tráfego é criptografado.
  • Apenas 2% dos entrevistados avançam na navegação quanto leem a mensagem de “conexão não confiável”  e apenas 3% fornece informações de cartão de crédito sem o ícone de cadeado.
  • As Compras on-line representam mais de 1/3 dos orçamentos dos consumidores e eles entendem que a segurança é uma preocupação.
  • 100% dos entrevistados afirmam conhecer, ou têm conhecimento, de pelo menos uma vítima de crimes cibernéticos.

Apesar de estarem cientes dos riscos, os consumidores precisam estar mais atentos a questões globais de segurança.

  • A maioria tem pelo menos um dispositivo e não se preocupa em proteger sua senha.
  • O  tablet é o dispositivo mais vulnerável. E, 61% dos entrevistados afirmam não usar senhas para proteger seu tablet.
  • 43 % estão felizes em usar o Wi-Fi sem levar em conta as questões de segurança, desde que a conecção seja gratuita.
  • 33 % usam apenas uma senha para entrar em todos os seus sites. Isto é especialmente preocupante quando se considera o número de empresas que experimentam violações que resultaram em senhas roubadas nos últimos anos.
  • 42% dos entrevistados entendem que a barra verde significa mais segurança, embora a confusão permanece quanto à forma como as empresas recebem a validação (EV) de certificação estendida.

Sites Seguros com certificados SSL – EV fornecem pistas visuais, como o nome da organização e a barra verde na URL do navegador. 

Atualmente, os certificados SSL EV  são emitidos pelas Autoridades Certificadoras após um rigoroso processo de verificação de identidade e fornecem o mais alto nível de autenticação disponíveis para os consumidores para validar a legitimidade de propriedade do site.

“Os consumidores reconhecem e priorizam os sites que exibem o símbolo do cadeado, o nome da organização e a barra verde na URL, mas eles ainda poderiam se beneficiar de mais informações a respeito” disse Dean Coclin, Steering Committee, CA Security Council.

“Estamos usando os resultados desse estudo para reunir esforços para aumentar a educação sobre certificados SSL e seus os benefícios de autenticação, e também para destacar porque EV fornece mais valor para empresas e consumidores. Consumidores que detém mais conhecimento não só tem menos probabilidade de ser vítima de ladrões cibernéticos, mas eles são mais propensos a ajudar aos seus amigos e aos seus familiares a adotar comportamentos conscientes, também. “GRAFICO casc

Quais são os segmentos de maior confiança da internet?

  • 1o lugar => instituições financeiras (68%)
  • 2o. lugar => Autoridades Certificadoras (49%)
  • 3o. lugar => Browsers (42%)
  • 4o. lugar => Vendas através de e-commerce (40%)
  • 50 lugar => Estabelecimentos que oferecem acesso Wi-Fi livre (17%)

“A lição para os varejistas é que por meio de um certificado EV você vai tirar uma fatia maior dos mais de 200 milhões de americanos que estão gastando cerca de 6.000 milhões dólares online.

“Os resultados de nossa pesquisa fornecem mais elementos que comprovam que os usuários prestam atenção aos avisos de segurança e indicadores visuais de confiança no navegador. Nós apoiamos o trabalho que o Google e outros pesquisadores estão fazendo para melhorar as mensagens de segurança, como uma forma de ajudar os usuários a navegar um ambiente de segurança muito embora complexo.” disse Jeremy Rowley, Steering Committee, CA Security Council.

Recomendações

Os resultados da pesquisa apontam para cinco melhores práticas que os consumidores devem seguir

  • Atualize seu navegador para a versão mais recente, para que seja tratada a maioria dos riscos online atuais.
  • Procure por “https” na barra de endereços. O “s” significa que é seguro;
  • Você também deve ver se tem um símbolo do cadeado o que significa  que o site é autêntico;
  • Ao mesmo tempo que a barra do navegador deve ser verde bem como o nome do site deve aparecer em verde;
  • Se o seu navegador lhe dá uma mensagem sobre um certificado de segurança não confiável de um site, não prossiga;
  • Sempre que possível, não permita que a organização salve suas informações de pagamento;
  • Indústrias reguladas e e-commerce deve usar o certificado de validação estendida para dar mais confiança e garantia aos clientes e proteção contra fraudes.

Para ver e baixar uma cópia completa do relatório, visite https://casecurity.org/2015-consumer-trust-survey/

Metodologia da Pesquisa

Para este relatório a CASC contratou Survata Consumer Research com o objetivo de levantar como os consumidores americanos avaliam a segurança na internet, mensurar a percepção de segurança e o quanto eles confiam em sua infraestrutura de e-commerce.

A Survata entrevistou 670 adultos com 18 anos ou mais que fazem compras  online varias vezes por ano.

Sobre o Conselho de Segurança da CA

O Conselho de Segurança da CA (CASC) é composto por Autoridades Certificadoras globais líderes que estão comprometidos com a exploração e promoção das melhores práticas que promovam a implantação SSL confiável e operações de CA, bem como a segurança da internet em geral.

Embora não seja uma organização de definição de padrões, o CASC trabalha em colaboração para melhorar a compreensão das políticas de críticas e seu potencial impacto sobre a infraestrutura de internet.

Fonte: CASC

 

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<

Pular para a barra de ferramentas