Últimas notícias

Fique informado
Terminal do Porto de Suape investe em tecnologia para otimizar sua operação

Terminal do Porto de Suape investe em tecnologia para otimizar sua operação

06/08/2015

Spotlight

Consentimento: dádiva ou presente de grego?

Obteve o consentimento? Então, seus problemas acabaram. Será?

06/09/2019

O que vai rolar no próximo CertForum? Programação atualizada. Confira!

A 17ª edição do CertForum será realizada em Brasília entre os dias 24 e 26 de setembro.

05/09/2019

Ataques por email são a maior ameaça para as empresas revela estudo

É realmente surpreendente que empresas contratem seguros contra ciberataques por invasão via emails corporativos e não adotem simples soluções para prevenção.

04/09/2019

Solução de IoT da Gemalto otimiza a segurança e eficiência nos portos

A Gemalto  líder mundial em segurança digital, está habilitando a

01/07/2015

Porto sem papel

A integração entre a Janela Única Portuária JUP e o

30/06/2015
 O Tecon Suape, terminal do Porto de Suape, em Pernambuco, investiu na tecnologia Cisco para otimizar sua operação.

Tecon Suape, terminal de contêineres e carga geral de Suape, em Pernambuco, implanta central de comunicação e gerenciamento de redes, reduzindo custos e agilizando processos

O terminal implantou a central de comunicação Cisco Business Edition 6000 (Cisco BE6000), um pacote de soluções avançadas de colaboração, e a arquitetura Cisco Prime, que oferece gerenciamento completo do ciclo de vida de redes cabeada e sem fio. O Tecon Suape também renovou seus switches core e borda com a tecnologia Cisco, aumentando a disponibilidade da rede, reduzindo custos e agilizando processos.

O Tecon Suape é um dos principais terminais do Porto de Suape, um dos mais movimentados do Nordeste do Brasil. Implantado em uma área de 380 mil metros quadrados, o terminal atua na operação de contêineres e carga geral, e tem na comunicação uma ferramenta fundamental para o provisionamento de serviços alfandegários para importadores e exportadores. A companhia faz parte do grupo filipino ICTSI – International Container Terminal Service Inc., presente em mais de 20 países.

O projeto da Cisco incluiu a substituição da antiga central analógica de PABX e a segmentação das redes. Além da central Cisco BE6000 integrada ao IP Communicator e ao Jabber (aplicações de colaboração da Cisco), o Tecon está utilizando a telefonia IP da Cisco (Cisco Unified IP Phone), sendo que a infraestrutura roda no servidor Cisco Unified Computing System (UCS).

Ana Claudia Plihal, diretora de Comercial da Cisco do Brasil

Ana Claudia Plihal, diretora de Comercial da Cisco do Brasil

“A modernização da infraestrutura dos portos brasileiros está na pauta do dia e a tecnologia pode ser um de seus maiores aliados”, aponta Ana Claudia Plihal, diretora de Commercial da Cisco do Brasil.

Com soluções de colaboração avançadas, como as da Business Edition 6000 e a excelência da arquitetura de rede da Cisco, é possível produzir mais com menos, aumentando a produtividade. Estamos muito satisfeitos em poder contribuir para a modernização do Tecon Suape e para o desenvolvimento do Porto de Suape como um todo”, afirma executiva.

Na infraestrutura de redes, foram utilizados switches Cisco da linha Catalyst combinados com a ferramenta de gerenciamento Cisco Prime. Com a tecnologia, que integra as soluções Prime LAN Management Solutions (LMS) e o Cisco Prime Network Control System (NCS) em um único pacote, foi possível elevar a capacidade de tráfego para 10GB, além de facilitar o gerenciamento do Wi-Fi e simplificar o monitoramento.

Somado aos benefícios da modernização da comunicação, o projeto melhorou a eficiência operacional e o fluxo de atividades do terminal portuário.

Dado o tamanho do Tecon Suape nem todos os setores eram atendidos com o cabeamento de telefonia analógica. Além disso, com o aumento da movimentação do terminal, as operações de carga e descarga de contêineres, que são realizadas com coletores via Wi-Fi, vinham demandando mais capacidade de rede.

Com a telefonia IP e a atualização das redes com a tecnologia Cisco, foi possível diminuir o delay nas informações, aprimorar a comunicação entre os setores e reduzir custos e deslocamentos desnecessários”, afirma Diogo Santos, Supervisor de Infraestrutura Sênior do Tecon Suape.

A implantação e o serviço de suporte ficaram ao cargo da QE2 Tecnologia, parceira certificada da Cisco. A integradora sugeriu a tecnologia Cisco durante a concorrência do terminal e seu projeto acabou vencedor por reunir todas as especificações do Tecon Suape com o melhor custo-benefício do mercado.

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<