Menu

Últimas notícias

Fique informado
Windows também está vulnerável a ataques ‘Freak’, alerta Microsoft

Windows também está vulnerável a ataques ‘Freak’, alerta Microsoft

08/03/2015

Spotlight

Serviços eletrônicos proporcionam mobilidade, mas estão seguros?

COVI-19 alterou muitos hábitos de indivíduos e empresas em todo o mundo e nunca a tecnologia da informação foi tão importante quanto agora para disponibilizar serviços eletrônicos seguros.

30/03/2020

Em caráter de urgência ITI publica Instrução Normativa nº 2 para validação dos titulares dos certificados digitais por videoconferência

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 20 DE MARÇO DE 2020 Estabelece os procedimentos de confirmação de cadastro de requerente de certificado digital por meio de videoconferência.

20/03/2020

Diretor-presidente do ITI alerta para a validade de certificados digitais de empresários brasileiros

Marcelo Buz do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI alerta os empresários brasileiros para a validade do certificado digital.

20/03/2020

Governos e o enfraquecimento criptográfico – tiro no pé

Acabamos de sofrer mais um ataque contra o SSL, chamado

05/03/2015

Conheça a falha FREAK que afeta o protocolo HTTPS

Chamado de FREAK a nova falha de segurança, dessa vez

04/03/2015
Inicialmente, brecha de segurança afetaria só dispositivos móveis e Mac.
Sites da Casa Branca e do FBI estavam ameaçados, diz jornal.

Centenas de milhões de usuários do Windows estão vulneráveis ​​a ataques que exploram a recém descoberta vulnerabilidade de segurança conhecida como “Freak”, que inicialmente se acreditava só ameaçar dispositivos móveis e computadores Mac, alertou a Microsoft.

Notícias vieram à tona na terça-feira (3), quando um grupo de nove especialistas em segurança revelou que a tecnologia de criptografia de internet poderia tornar os dispositivos que executam sistemas operacionais iOs e Mac, da Apple, e Android, do Google, vulneráveis ​​a ataques cibernéticos.

A Microsoft lançou um alerta de segurança na quinta-feira (5), avisando os clientes de que seus PCs também podem ser afetados pela vulnerabilidade “Freak”.

Tela do Windows 7 Foto Reprodução G1

Tela do Windows 7 Foto Reprodução G1

A vulnerabilidade pode permitir ataques a PCs que se conectam com servidores da web configurados para usar a tecnologia de criptografia intencionalmente enfraquecida para cumprir os regulamentos do governo dos Estados Unidos que proíbem as exportações de criptografia mais forte.

Se os hackers forem bem sucedidos, poderiam espionar comunicações, bem como infectar PCs com software malicioso, disseram na terça-feira (3) pesquisadores que descobriram a ameaça.

O jornal “Washington Post” disse na terça-feira (3) que os sites da Casa Branca e do FBI estavam entre os locais vulneráveis, mas que o governo havia tomado providências para garantir sua segurança.

A Microsoft aconselhou os administradores de sistema a empregar uma solução alternativa para desabilitar as configurações em servidores Windows que permitem o uso da criptografia fraca. Disse que estava investigando a ameaça e que ainda não tinha desenvolvido uma atualização de segurança que protege automaticamente os usuários de Windows.

Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<

X
Pular para a barra de ferramentas