Últimas notícias

Fique informado
15 startups japonesas buscam oportunidades para emplacar negócios e parceiros no Brasil

15 startups japonesas buscam oportunidades para emplacar negócios e parceiros no Brasil

29 de julho de 2022

Spotlight

Heather Vescent, pensadora e futurista do setor de identidade digital fala sobre ID no Metaverso

“Estamos começando a ver empresas de identidade digital aplicarem suas soluções para um mercado metaverso. Faz sentido resolver os casos de uso de hoje e planejar um mercado futuro”

9 de agosto de 2022

Telecomunicações, a raiz para os desafios de segurança cibernética

Alguns dos maiores golpes de inteligência artificial da história foram resultado do comprometimento dos sistemas de telecomunicações

8 de agosto de 2022

O que é criptografia assimétrica – ID Plus #10

No Id Plus dessa semana, a equipe de redação te explica o que é a criptografia assimétrica e como ela se aplica em nosso cotidiano

8 de agosto de 2022

FEBRABAN TECH traz renomados keynotes internacionais e nacionais para a edição 2022

Ban Ki-moon, Paul Krugman, Makaziwe Mandela, Ilan Goldfajn, Roberto Campos Neto e o ex-jogador Cafu estão entre os destaques do tradicional evento de tecnologia, que ocorre de 9 a 11 de agosto, na Bienal de São Paulo

3 de agosto de 2022

CISO Forum Brazil 2022 acontece 100% on line com o apoio do CRYPTO ID

CISO Forum Brazil 2022, a ser realizado nos dias 18, 19 e 20 de outubro de 2022 de forma 100% online.

25 de julho de 2022

Selecionadas pelo ScaleUp in Brazil na primeira fase, as empresas são das áreas de energia, tecnologia limpa, agritech, fintech, healtech

JETRO espera que as empresas possam voltar os seus olhos ao Brasil; selecionadas pelo ScaleUp in Brazil na primeira fase são das áreas de energia, tecnologia limpa, agritech, fintech, healtech.

Os investimentos no mercado de startups no Japão vêm em uma linha crescente nos últimos anos. Há naquele país pouco mais de 10 mil startups.

Em 2014, os aportes totalizaram US$ 10,3 bilhões, número que saltou para US$ 11,43 bilhões em 2015.  Em 2019 foram investidos US$ 25,38 bilhões, como aponta a Venture Enterprise Center, do Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão.

Agora, as startups japonesas, que já vinham até em um movimento tímido para desbravar o mercado brasileiro, especialmente com a ajuda da JETRO São Paulo (https://www.jetro.go.jp/brazil), têm uma excelente oportunidade de conquistar espaço e parceiros no país por meio do ScaleUp in Brazil (SUIB), programa criado em 2019 como uma plataforma de softlanding fruto de uma parceria entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital (ABVCAP) e a Israel Trade and Investment.

Este ano é a primeira vez que o Japão participa do programa, a exemplo de Singapura. Nas edições anteriores, apenas companhias de Israel foram convidadas.

Ao todo, 107 startups fizeram a inscrição nessa edição do programa e 35 (15 japonesas, 15 israelenses e 5 singapurenses) foram selecionadas de acordo com quatro critérios: equipe, grau de inovação, marketing fit e maturidade.

Três delas receberam a nota mais alta durante o processo de avaliação: Corsight AI (Israel), Graymatics (Singapura) e Sagri Co., Ltd (Japão).

A Sagri Co., Ltd é uma agritech que recolhe dados como os índices de química do solo e propõe a alocação ideal de fertilizantes aos agricultores, reduzindo os gases de efeito estufa derivados de fertilizantes químicos.

Nós na Sagri estamos muito felizes em participar desse programa. Esperamos poder entrar no Brasil com o apoio da equipe SUIB. No programa, gostaríamos de ter uma compreensão clara e correta do mercado brasileiro e então encontrar um parceiro ideal para entrarmos no país“, aponta o head de Negócios Internacionais, Satoshi Nagata.

Olhares atentos às oportunidades

Com a seleção de 15 companhias, a JETRO espera que as startups japonesas possam voltar os seus olhos ao Brasil, especialmente porque por questões logísticas e culturais as atenções muitas vezes estão restritas ao Sudeste Asiático.

O Japão e o Brasil são grandes parceiros comerciais, mas as relações nessa área de inovação são tímidas. Nosso papel é diminuir essa lacuna, pois sentimos que há um grande potencial para o incremento de novos negócios“, diz Hiroshi Hara, diretor-presidente da JETRO no Brasil.

Boa parte das startups japonesas selecionadas para a primeira fase do programa, que ocorre entre 26 de julho e 9 de setembro, é da área de energia, tecnologia limpa, agritech, fintech e healtech. São setores em que o próprio Hara já havia sinalizado como sendo de grande interesse dos japoneses. “O ScaleUp in Brazil será importante para que as companhias dos dois países possam fomentar parcerias. O mercado brasileiro de startups é maduro e com muita inovação“, afirma.

Conheça as 15 startups japonesas:

EMPRESASITE
AC Biodehttps://www.acbiode.com/
Ac-Planta Inchttps://ac-planta.com/en/
ad-dice Co., Ltd.https://ad-dice.com/
Agri Info Design Ltd.https://agri-info-design.com/pt-br/
Axelspacehttps://www.axelspace.com/
Bluebee Inc.http://www.blue-bee.co.jp
Credit Engine, Inc.https://global.creditengine.jp/
dreamstock inc.https://dsfootball-dreamstock.com/
FutuRockethttps://futurocket.co
Melody International Ltd.https://www.melodyi.net/
OUI Inc.https://ouiinc.jp/en/
PJP Eye Ltdhttps://pjpeye.tokyo/
Sagri Co., Ltdhttps://sagri.tokyo/
STANDAGE Inc.https://standage.co.jp/en
sustainacraft, Inc.https://sustainacraft.com

Segunda fase a partir de outubro  

Nessa primeira fase do ScaleUp in Brazil as startups japonesas terão acesso a materiais de informação sobre o mercado brasileiro e relatórios customizados do setor em que a companhia opera.

As empresas selecionadas também participarão de webinars com tópicos que vão de “Fazendo Negócios no Brasil”, “Navegando pelo Ambientes Jurídico e Fiscal do Brasil” e “O Ecossistema de Inovação Brasileiro” e, por fim, reuniões com pitchs online com investidores locais.

Do total de 35 empresas selecionadas pela Apex-Brasil e ABVCAP na primeira etapa, uma nova seleção reduzirá para apenas 20.

Das 15 startups japonesas, cinco vão para a próxima fase, a partir de outubro, na chamada imersão no mercado brasileiro com outras cinco de Singapura e dez de Israel.

O Japão quer ajudar, investir e o ecossistema de startups no Brasil é muito mais avançado do que no Japão. Além de fazer negócios, estamos para aprender com os brasileiros também“, enfatiza Hara.

O número de 107 empresas inscritas no SUIB 2022 é recorde, justificável pela introdução de japoneses e singapurenses no programa.

Na primeira edição foram contabilizadas 49 empresas israelenses, sendo que 20 ingressaram na primeira etapa a cinco foram para a final.

Na segunda foram 62, com 16 participantes na etapa inaugural e 10 aceleradas na fase final. No total, já foram 12 contratos assinados e cerca de US$ 10 milhões em investimentos anunciados.

Mais informações pelo site https://www.scaleupinbrazil.com/.

SOBRE A JETRO SÃO PAULO (https://www.jetro.go.jp/brazil)  

A Japan External Trade Organization (Jetro) atua no Brasil há mais de 60 anos no fomento de comércio e investimentos entre empresas dos dois países e na atração de investimentos brasileiros para o Japão, além do aprimoramento do ambiente de negócios. Estabelecida em 1958 em Tóquio, conta com 50 escritórios domésticos e 76 no exterior, em 55 países. No Brasil, só mantém escritório na capital paulista.

Ataques cibernéticos no Brasil aumentaram 46% no segundo trimestre de 2022

Cadastra fala sobre planos de expansão, M&A e novos desafios no Fórum E-commerce Brasil 2022

Chegou a hora de baixar o ingresso digital do Rock in Rio Brasil 2022! Veja como funciona, benefícios e o passo a passo para download

Crypto ID no TikTok? Conheça essa novidade, você vai adorar!!

Ótimo pra você assistir e compartilhar com a família e amigos.

Dá uma olhadinha aqui! e se inscreva no canal.