Últimas notícias

Fique informado

IA nos negócios: segurança cibernética ganha reforço com a tecnologia

20 de janeiro de 2024

Spotlight

O Halving do Bitcoin: Entendendo o Evento que Redefine a Oferta da Criptomoeda. Por Susana Taboas

Uma visão geral do que é o halving do Bitcoin e sua importância no contexto da economia digital.

17 de abril de 2024

Bertacchini da Nethone compartilha sua visão sobre o cenário atual de fraudes digitais

Tivemos a oportunidade de conversar com Bertacchini, especialista em Desenvolvimento de Negócios Sênior na Nethone, sobre como as empresas podem se blindar contra ciberameaças.

17 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

InterSystems discute Inteligência Artificial na saúde no HIMSS2023

A InterSystems estará na nova edição de 2023 do HIMSS Global Health Conference & Exhibition, o mais influente evento sobre tecnologia

17 de abril de 2023

Inteligência Artificial: os benefícios da IA no dia a dia do usuário de ERP

A inteligência artificial é cada vez mais presente no cotidiano das pessoas e tem se mostrado uma ferramenta para melhorar a produtividade

14 de abril de 2023

Você confia nas Inteligências Artificiais?

Atualmente, estamos vivendo uma onda de solucionismo com as tecnologias de inteligência artificial, buscando um problema a ser resolvido

12 de abril de 2023

Especialista em cibersegurança explica como a tecnologia pode garantir as melhores práticas e mitigar riscos relacionados a ataques virtuais

Em tempos de fake news, é muito comum ver notícias do mau uso da Inteligência Artificial, que acabam prejudicando empresas, celebridades e as notícias em geral. São fotos e vídeos manipulados que levam a desinformação e confusões.

Por outro lado, a IA também vem atuando como aliada da segurança cibernética corporativa, automatizando processos e penetrando camadas profundas da internet para mapear ataques cibernéticos.

De acordo com um estudo do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), a Inteligência Artificial pode detectar até 85% dos ciberataques. 

“São diversas as aplicações da tecnologia na segurança da informação. Ela pode ser usada para analisar dados de tráfego de rede, comportamento de usuários e logs de eventos para identificar atividades suspeitas. Isso pode ajudar a detectar ataques antes que eles causem danos”, explica Cristiano Ribeiro de Souza, gerente de TI da Microservice, empresa que oferece soluções para segurança da informação para empresas.

A resposta aos incidentes também pode ser automatizada para reduzir o tempo de inatividade e prejuízos de um ataque à segurança da companhia.

Assim, a identificação da fonte do ataque, a recuperação de dados e a restauração dos sistemas são feitos de forma mais ágil e com maior acesso a informações com uso da Inteligência Artificial.

“Ela pode analisar padrões, identificar anomalias e antecipar possíveis ameaças, permitindo respostas instantâneas a incidentes. Com a tecnologia é possível realizar análises de vulnerabilidades de maneira mais abrangente e precisa. A Inteligência Artificial pode ser treinada para penetrar a deep web e captar as mais sutis ameaças de ataques em andamento, identificando os riscos antecipadamente e implementando soluções em tempo real”, reforça o especialista.

Cenário nacional de ameaças cibernéticas

Um relatório do FortiGuard Labs, divulgado em novembro de 2023, mostra que o Brasil registrou cerca de 328 mil ataques cibernéticos no primeiro semestre deste ano. O número representa quase metade do total de incidentes sofridos em toda a América Latina.

Apesar de mostrar uma queda de 3% em relação ao mesmo período do ano passado, o Brasil ainda é o principal alvo de ataques na região.

Cristiano afirma que atualizar as estratégias de proteção constantemente, como o investimento em soluções que contam com apoio da Inteligência Artificial, é essencial para mitigar riscos e evitar problemas.

“A tecnologia e todas as ferramentas desenvolvidas e colocadas no mercado podem ser igualmente usadas para o bem e para o mal. Cabe aos executivos de TI estarem atentos às possíveis ameaças e também olhar para a segurança cibernética como um investimento essencial para garantir o bom funcionamento da corporação e evitar perda de dados e prejuízos para a empresa e seus clientes”, diz o especialista da Microservice.

A empresa vem investindo em pesquisas para a aplicação da Inteligência Artificial em suas soluções a fim de aprimorar suas estratégias de proteção cibernética.

“Vemos que o tema está cada vez mais presente no dia a dia das corporações e nas ameaças. Portanto, estamos trazendo soluções neste sentido para os clientes, já para 2024. Afinal, com a rapidez da transformação digital, é importante entender a fundo as novas tecnologias e tendências disponíveis, para estar sempre um passo à frente dos criminosos”, diz Cristiano.

Sobre a Microservice

Com três décadas de atuação, mais de 950 clientes e presença em todo o país, a Microservice é uma empresa de tecnologia que oferece serviços e soluções para segurança da informação, backup em nuvem, além de soluções Microsoft.

Tem sede em Blumenau (SC) e conta com uma equipe de especialistas que analisam e propõem as melhores tecnologias para otimizar o modelo de negócio  de cada cliente.

Cibersegurança como estratégia nos negócios

IA Generativa nos Negócios: Oportunidades, Riscos e o Futuro do Trabalho

IA, IoT e tecnologia verde seguem em alta nos negócios em 2024

Somos o maior portal brasileiro sobre Criptografia e Identificação Digital.

Com uma década de existência, temos um público de cerca de 2 milhões de leitores por ano.

As empresas que nos apoiam e nossos colunistas ajudam a criar um mundo digital mais seguro, confiável e tranquilo.

Acompanhe o Crypto ID nas redes sociais!

TAGS

negócios