Últimas notícias

Fique informado
Os cibercriminosos também estão atentos à LGPD

Os cibercriminosos também estão atentos à LGPD

08/08/2019

Spotlight

Serviços prestados pelas Autoridades Certificadoras e de Registro da ICP-Brasil são considerados essenciais segundo decreto 10.282

Pelo decreto, são considerados essenciais os serviços relacionados a certificação digital ICP-Brasil: Art. 3º, §1º, XXI do Decreto nº 10.282/2020.

23/03/2020

Em caráter de urgência ITI publica Instrução Normativa nº 2 para validação dos titulares dos certificados digitais por videoconferência

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 20 DE MARÇO DE 2020 Estabelece os procedimentos de confirmação de cadastro de requerente de certificado digital por meio de videoconferência.

20/03/2020

Diretor-presidente do ITI alerta para a validade de certificados digitais de empresários brasileiros

Marcelo Buz do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI alerta os empresários brasileiros para a validade do certificado digital.

20/03/2020

Tempest identifica fraude que capturou dados de mais de 2,3 milhões de cartões

Malware foi instalado em 2.600 pontos de vendas de estabelecimentos comerciais em todo o Brasil
A equipe de Threat Intelligence da Tempest identificou uma campanha de malware direcionada à captura de dados de cartões de pagamento

23/05/2019

Tempest Security Intelligence orienta consumidores sobre compras online com segurança

Com a proximidade de uma das datas mais importantes do ano para o varejo, a Tempest alerta os consumidores com dicas e cuidados para não cair em golpes.

09/05/2019

Durante o Gartner, executivo da Tempest fará palestra sobre os efeitos colaterais do vazamento de dados com a chegada da nova lei e como os cibercriminosos estão se preparando para aumentar seus ganhos neste novo cenário

A sua empresa está preparada para a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entra em vigor em agosto de 2020? Esta é uma das principais perguntas feitas às companhias de todo o país.

E a Tempest Security Intelligence, maior empresa de cibersegurança do Brasil, não apenas tem muitas respostas a dar como tem dedicado grande parte dos seus esforços a compartilhá-las, do ponto de vista da cibersegurança, com o mercado sempre que possível.

E fará isso novamente durante a Conferência Gartner Segurança e Gestão de Risco 2019, que ocorrerá nos dias 13 e 14 de agosto, em São Paulo (Sheraton São Paulo WTC Hotel – Av. das Nações Unidas, 12.559, Brooklin Novo).

No segundo dia de evento, 14/08, às 10h30, Aldo Albuquerque, vice-presidente da área de Customer Delivery da Tempest, fará a palestra “Vazamento de dados em tempos de LGPD: percepções e efeitos colaterais”.

Nela, além de abordar o cenário de ameaças recentes com uma série de vazamentos de dados ocorridos no Brasil, e como a nova lei é um passo importante em direção à preservação da privacidade, o executivo destacará também a atividade do cibercriminoso e seu modo de atuação para aumentar seus ganhos.

Aldo Albuquerque, vice-presidente da área de Customer Delivery da Tempest

“Os cibercriminosos também estão se preparando para este novo cenário. O medo, a incerteza e a dúvida que permeiam o dia-a-dia dos responsáveis pela segurança das corporações trazem percepções e implicações nem sempre tão óbvias. Hoje, já existem cibercriminosos especulando como é possível atuar a partir do momento que a lei entrar em vigor. E as empresas que não se anteciparem a isso poderão pagar um preço muito alto”, explica Aldo.

A preocupação da Tempest com a LGPD vem desde que a lei foi sansionada, em 14 de agosto de 2018. Em novembro do mesmo ano, a empresa dedicou toda a edição do Tempest Talks, evento semestral gratuito oferecido para debater temas de grande relevância com o mercado, para abordar a LGPD.

Entre os palestrantes estavam Charles Bradley, fundador da Adapt, de Londres; Cristiano Adjuto, da B3; Ronaldo Lemos, advogado e pesquisador; e Gustavo Monteiro, da Tempest.

Na sequência, a LGPD foi abordada novamente em pesquisa inédita realizada pela Tempest. Nela, a conformidade regulatória ficou em quarto lugar no ranking de prioridade das empresas.

E o crescimento disso, segundo a empresa, se deve à preocupação das companhias com regulamentações como a LGPD, que está influenciando a priorização nos investimentos em segurança.

Já em 2019, outro grande passo da empresa nesse sentido foi a criação do Simulador LGPD. Para levar mais conhecimento sobre o tema e auxiliar empresas e profissionais a terem uma visão mais ampla sobre a lei, do ponto de vista de cibersegurança, a Tempest disponibilizou um texto online no site da empresa.

Com base no resultado, o profissional tem algumas percepções sobre o cenário atual e a maturidade de sua empresa no contexto LGPD para criar seu próprio plano de trabalho.

Ainda durante o Gartner, a Tempest estará presente com um estande e diversos profissionais para auxiliar e oferecer soluções para os principais desafios do mercado do momento, como Cloud Security, Data Security, LGPD e MSS (Managed Security Services).

ITI divulga Nota Oficial sobre suposto vazamento de dados

LGPD – Como os colégios se preparam para segurança das plataformas utilizadas por alunos e professores