Últimas notícias

Fique informado

Parceria entre Universus e OnePercent é responsável pelo crypto jogo com maior diversidade de blockchain já produzido no mundo 

2 de fevereiro de 2024

Spotlight

Governo Federal apoia Rio Grande do Sul na emissão 2ª via da Carteira de Identidade Nacional

O mutirão coordenado pelo Governo do RS começou nos abrigos de Porto Alegre. Expedição da segunda via será imediata

20 de maio de 2024

Como hackear às empresas de jogos online no próximo ano?

As empresas de jogos online precisam estar cientes das ameaças cibernéticas em evolução e tomar medidas para se proteger

15 de dezembro de 2023

Perigo que crianças e adolescentes correm com crimes em jogos on-line

O mundo eletrônico é uma realidade nas vidas dos filhos, a disputa com o mundo e os riscos dos jogos online torna-se cada vez maior

13 de abril de 2023

Você é gamer? Saiba de vez como se proteger de hackers

Uma parte considerável dos malwares tem como lógica incentivar os gamers a baixar alguma coisa em seus celulares e computadores

30 de setembro de 2021

Saiba como a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais pode afetar o mundo dos games

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGDP) é uma lei transversal e afeta todos os segmentos

28 de dezembro de 2020

O conjunto de soluções da OnePercent foi o fator fundamental na construção do projeto, que faz parte de uma nova geração de jogos play-to-earn

Revolucionar o mercado de crypto jogos. É com esse objetivo que o game Universus chega ao mercado brasileiro e mundial. A plataforma conta com funcionalidades em comum com o módulo de gamificação da  Rarum, da OnePercent, e pretende chegar à cifra de R$ 1 milhão por mês em transações até o fim de 2024.

De acordo com Gab Araujo, CEO da empresa, o Universus é fruto de uma extensa análise do mercado de games em web3. O jogo pretende solucionar as principais dores do seu público: desenvolver um jogo desafiador e divertido com a segurança de um modelo econômico claro e escalável.

Ao contrário dos demais jogos NFT que apresentam uma desvalorização acentuada – mesmo aqueles que alcançaram cifras bilionárias -, nossos NFTs permanecem se valorizando inclusive durante o bear market e o nosso modelo econômico se provou sustentável, dependendo apenas do engajamento dos jogadores que estão no game, como é um jogo normal. Isso só foi possível porque encontramos na OnePercent as pessoas tecnicamente mais qualificadas para nos auxiliar nessa missão“, pondera o executivo.

“O projeto é baseado em uma análise exaustiva do mercado de NFTs e de todo o espaço crypto. O Universus faz parte de uma nova geração de jogos, que busca trazer oportunidades de recompensa através de um modelo divertido para todos e ao mesmo tempo aprofundado em suas estratégias“, completa Matheus Freitas, COO de Universus.

No papel de exploradores intergalácticos, os jogadores utilizam androids para explorar galáxias em naves espaciais em busca de recursos e aventuras por 216 planetas. No Universus, os usuários conquistam o futuro em meio a explorações, batalhas, invenções, comércio, viagens e torneios.

Nossa missão é construir um ambiente sólido tanto para a comunidade de jogos tradicionais quanto para a comunidade Play-to-Earn. A parceria com a OnePercent foi fundamental para que toda essa estratégia fosse executada de forma segura e moderna”, detalha Freitas.

O conjunto de soluções da OnePercent foi o fator fundamental na construção do projeto, que faz parte de uma nova geração de jogos play-to-earn, focada na usabilidade, diversão e economia robusta. 

Universus diferencia-se no mercado de games pela forma como integra a segurança e a escalabilidade da blockchain na experiência do jogo.

O game foi construído em duas grandes camadas: enquanto a exploração dos planetas, viagens e desafios roda nos servidores da Universus, a lógica de negociações e economia acontece na blockchain“, explica André Meirelles, sócio-diretor da OnePercent.

Isto garante transparência e segurança aos ativos e às transações envolvendo valores, ao mesmo tempo em que permite uma maior imersão em tempo de jogo“, acrescenta.

Além de uma oportunidade de mercado através de diferenciais competitivos, o Universus é oriundo de uma vontade de atuar de maneira diferente quando se fala em crypto jogos. Mesmo em um ambiente desafiador, o jogo superou inúmeros desafios tecnológicos em sua produção.

O mercado web3 tem evoluído rápido em termos de usabilidade, mas ainda impõe uma curva de aprendizado grande aos usuários“, comenta Meirelles. 

De acordo com o executivo da OnePercent, construir soluções que possam ser utilizadas por todos, seja público em geral ou público crypto, é um dos princípios da empresa.

Este é um dos maiores desafios na construção de projetos como Rarum e Universus: como dosar a quantidade certa de cada tecnologia para garantir aos usuários todos os benefícios da blockchain, mas com as ferramentas que estão acostumados a usar no dia-a-dia“, analisa.  

Com o lucro obtido através da venda de NFT’s retornado como investimento para o próprio tesouro do jogo, o Universus possui uma rede complexa e criptografada que registra e valida a troca de ativos, gerando segurança em todo o processo. Essa confiabilidade também está presente na geração de tokens no site do jogo. O objetivo dos idealizadores da Universus é atingir a marca de 10.000 jogadores por mês, que podem lucrar com o jogo através da conquista e venda de recursos conquistados para outros jogadores.

“Estamos confiantes que todo esse trabalho irá gerar importantes marcas. A OnePercent foi uma grande parceira nesse planejamento, acreditando que poderíamos fazer algo único em termos de crypto jogos”, conclui Freitas.

Sobre a OnePercent 

A OnePercent é uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções Web3/Blockchain. A empresa é formada por empreendedores que atuam há mais de 20 anos na área de tecnologia e inovação, André Meirelles, Fabio Junges e Fausto Vanin, que uniram-se com o objetivo de explorar as oportunidades de tendências cada vez mais consolidadas: tokenização de ativos, blockchain e criptoeconomia.

Desde 2017, a empresa consolidou um conjunto de soluções que fazem parte de alguns dos principais projetos de blockchain desenvolvidos no Brasil, entre os quais destacam-se projetos de tokenização de mercado imobiliário, tokenização de ativos verdes, créditos de carbono, operações de crowdfunding, projetos na área de educação, da economia criativa e da área financeira.

Como hackear às empresas de jogos online no próximo ano?

Com o novo SSD WD_BLACK™ SN770M NVMe, a Western Digital oferece mais capacidade para os consoles de jogos portáteis favoritos dos gamers

Os três ciberataques mais comuns à indústria de jogos

TAGS

games