Últimas notícias

Fique informado

A indústria precisa de um novo perfil de líderes na cibersegurança

23 de janeiro de 2023

Spotlight

Doc9 lança Guia Prático de Prompts para ChatGPT no Jurídico: Como Maximizar a Eficiência com a Inteligência Artificial

Para obter os melhores resultados com o ChatGPT no contexto jurídico, siga as dicas importantes do Guia Prático de Prompts da doc9.

28 de maio de 2024

Governo Federal apoia Rio Grande do Sul na emissão 2ª via da Carteira de Identidade Nacional

O mutirão coordenado pelo Governo do RS começou nos abrigos de Porto Alegre. Expedição da segunda via será imediata

20 de maio de 2024

Os seis principais desafios para cibersegurança em 2023

Com indícios de uma nova desaceleração econômica em 2023 e uma possível recessão, provavelmente esse problema deve se exacerbar ainda mais

19 de dezembro de 2022

Zoom bombing – Empeça que a invasão estrague seu evento virtual

os hackers e os chamados ataques de Zoom bombing – uma invasão incômoda, geralmente feita por trolls de internet e hackers, numa videoconferência – começaram a ganhar força na internet.

31 de outubro de 2022

O que levou as vulnerabilidades dos produtos da Apple crescerem mais de 467%?

De acordo com a Atlas VPN, as vulnerabilidades de produtos da Apple cresceram 467%, para 380 explorações no segundo semestre de 2021.

3 de outubro de 2022

Relatório: Crimes cibernéticos somam equivalente a terceira maior economia

Os mercados de crimes cibernéticos também se dividiram em grupos à medida que os bandidos se esforçam para se reunir em conselhos de discussão secretos e exclusivos

19 de setembro de 2022

LCNC: Simplificar a programação, pode possibilitar buracos na cibersegurança

As ferramentas LCNC podem preencher a lacuna entre a experiência do desenvolvedor e as necessidades de negócios

5 de setembro de 2022

Os desafios quanto ao direito de propriedade no metaverso

A “propriedade” no metaverso nada mais é do que uma forma de licenciamento, ou prestação de serviços

15 de agosto de 2022

Lacunas na atualização de segurança exigem solução Micropatching 

O micropatching usa um pequeno pedaço de código para corrigir uma única vulnerabilidade, sem exigir uma reinicialização do sistema

27 de junho de 2022

Uma liderança alinhada ao campo da cibersegurança propicia um pensamento preventivo e integrado a longo prazo

Por Adriano da Silva Santos

segurança
Jornalista e escritor, Adriano da Silva Santos

A importância da cibersegurança aumentou bastante em meio aos acontecimentos dos últimos dois anos.

Esse movimento fez com que houvesse uma forte expectativa para que essas empresas começassem a abordar questões em torno desse problema de forma mais ativa, principalmente entre os grandes executivos das empresas.

Apesar dos grandes gastos nessa área, indústrias patinam há décadas, sem saber ao certo como direcionar recursos e tomar as rédeas em decisões cruciais.

Dentro desse panorama, muitos membros diretores chegaram à conclusão de que os ataques cibernéticos eram apenas uma questão de “quando”, não “se”.

Projetos transformacionais de grande escala estão começando a se recuperar, onde a maturidade da segurança cibernética está bastante atrasada. Liderar essas iniciativas e entregá-las com sucesso, requer um certo tipo de perfil, que pode ser muito diferente daqueles modelos de gestores mais tradicionais.

Os executivos de segurança cibernética mais eficazes estão continuamente planejando o futuro. Eles avaliam continuamente os riscos para sua organização e tomam medidas para reduzi-los antes que os hackers possam usá-los contra eles.

Como consequência, eles estão cientes de que um ataque à sua organização é inevitável e estão prontos para isso.

Existe um entendimento nesse aspecto de que a melhor maneira é não esperar apenas que alguém resolva o problema quando existe um perigo.

Para isso, é essencial que haja alguém para se esforçar em resolver o problema por conta própria, não hesitando em se colocar em situações de risco ou sujar as mãos. Afinal, os riscos são bastante altos.

Desse modo, ter um bom líder de cibersegurança, permite ter estratégias mais ágeis e adaptáveis, que contrapõem os desafios correntes de maneira mais assertiva. Eles possibilitam e enfatizam que o que funciona hoje, pode não funcionar amanhã.

Isso faz com que as empresas estejam à frente, no que tange a proteger seus negócios contra o que vier a seguir, permitindo um aprendizado e desenvolvimento constante da equipe.

Outro ponto está ligado à comunicação. Um gestor de ponta é capaz de simplificar ideias complicadas para que todos em seus negócios estejam cientes da importância da segurança cibernética e do que devem fazer para estarem seguros.

Para criar um plano completo de segurança cibernética com o qual todos concordem, os executivos de segurança cibernética também devem estabelecer conexões com outras partes interessadas cruciais, incluindo liderança sênior, TI e jurídico.

Uma liderança alinhada ao campo da segurança cibernética propicia um pensamento preventivo e integrado a longo prazo.

Muitos gestores dos setores de cibersegurança deixam seus cargos após dois ou três anos por insatisfação, tendo realizado pouco mais do que o lançamento de alguns projetos técnicos paralelos. Isso contribuiu, por exemplo, para a estagnação de processos de defesas cibernética.

Portanto, para garantir que as operações sejam efetivamente protegidas em termos de prevenção, detecção, reação e recuperação, os executivos de negócios precisam investir em pessoas nas quais possam confiar.

Não há espaço mais para companhias “tecnófobicas”. A Segurança cibernética agora precisa de dar um passo seguinte é ir além dos requisitos técnicos convencionais devido à urgência revolucionária da situação. Eles devem contar com líderes engajados, confiáveis, independentes ​​e audíveis em todos os silos organizacionais.

Sobre Adriano da Silva Santos

O jornalista e escritor, Adriano da Silva Santos é colunista colaborativo do Crypto ID. Formado na Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Reconhecido pelos prêmios de Excelência em webjornalismo e jornalismo impresso, é comentarista do podcast “Abaixa a Bola” e colunista de editorias de criptomoedas, economia, investimentos, sustentabilidade e tecnologia voltada à medicina. 

Adriano Silva (@_adrianossantos) / Twitter 

Adriano Silva | LinkedIn

Leia outros artigos escritos por Adriano da Silva Santos aqui!

Afinal, como unir ESG e cibersegurança em busca de governança efetiva?

A neurodiversidade na cibersegurança

Retrospectiva 2022: Como foi o ano para a tecnologia?

Como as transações em cripto podem contribuir na inclusão bancária?

22mai09:0018:00The Tech Summit 20241ª edição no dia 22 de maio no Palácio Tangará, em São Paulo. 09:00 - 18:00 PALÁCIO TANGARÁ, R. Dep. Laércio Corte, 1501 - São Paulo, SP

28mai09:0012:00Webinar: O que você precisa conhecer da evolução da Criptografia Junte-se aos principais especialistas em cibersegurança do Brasil e explore soluções criptográficas inovadoras para os negócios.09:00 - 12:00

Crypto ID trilhou um caminho incrível!

Em novembro de 2024 completaremos uma Década De Sucesso!

Desde o seu início, temos sido acompanhados por uma comunidade apaixonada e engajada, que cresce a cada ano. Com dois milhões de seguidores por ano, nossa jornada é marcada por conquistas, inovação e colaboração.

As empresas mantenedoras têm sido pilar fundamental para o nosso crescimento contínuo. Seu apoio nos permite manter a qualidade e a relevância das informações que compartilhamos. Agradecemos a cada uma delas por acreditar na nossa missão e nos ajudar a construir uma comunidade forte e informada. Contamos com a colaboração de um excepcional time de colunistas! São eles que trazem insights, análises e opiniões valiosas para os nossos leitores. Com suas vozes únicas, eles enriquecem o conteúdo do Crypto ID e nos ajudam a manter a excelência. E não podemos esquecer de parcerias incríveis que temos com as Assessorias de Imprensa que nos fornecem informações detalhadas e atualizadas sobre as empresas que atendem.

À medida que nos aproximamos de mais um aniversário, renovamos nosso compromisso com a segurança digital, a privacidade e a tecnologia. Obrigado a todos que fazem parte dessa incrível jornada!

Juntos trabalhamos por um mundo digital com mais sigilo, identificação, segurança e gestão gerando confiança para que empresas, máquinas e pessoas possam confiar umas nas outras.