Últimas notícias

Fique informado

Fraudes cibernéticas por roubo de identidade digital devem aumentar em 2023, segundo a iProov

18 de janeiro de 2023

Spotlight

Governo Federal apoia Rio Grande do Sul na emissão 2ª via da Carteira de Identidade Nacional

O mutirão coordenado pelo Governo do RS começou nos abrigos de Porto Alegre. Expedição da segunda via será imediata

20 de maio de 2024

Volta às aulas: compras online de material escolar acende alerta para as fraudes

Veja cinco dicas de especialista em direito digital para uma compra segura de material escolar em plataformas digitais

15 de janeiro de 2023

Violação de políticas e fraudes em aplicativos de delivery são objetos de estudo

O abuso dessas políticas levam ao uso de contas falsas para aproveitar promoções de primeira compra e vouchers de desconto

13 de janeiro de 2023

Fraudes impulsionam indústria de verificação de identidade

Verificação de identidade diz respeito aos serviços e produtos usados ​​para validar a identidade física de uma pessoa ou de sua documentação

13 de janeiro de 2023

2022 foi mais um de mudança sísmica na verificação de identidade digital. Os ciberataques continuaram a evoluir dramaticamente

A demanda do consumidor por maior proteção online contra roubo de identidade e outros crimes cibernéticos aumentou exponencialmente, e organizações dos setores público e privado em todo o mundo aceleraram significativamente os programas de verificação de identidade destinados a aumentar a confiança online e permitir que os consumidores provem quem dizem ser com segurança, mas com facilidade.

Em 2023, a verificação de identidade digital deve avançar em um ritmo ainda mais rápido, impulsionada pela inovação e regulamentação em finanças, governo, viagens e muitos outros setores.

Para dar uma ideia do que está por vir em autenticação biométrica, fraude de identidade sintética, falsificações profundas, credenciais verificáveis e muito mais, a iProov – líder mundial em autenticação biométrica facial online – apresenta dez tendências que devem permear o setor de identificação este ano.

Biometria + Dispositivo substituirá Senha + Dispositivo na autenticação de dois fatores

A aceitação da autenticação em dois fatores e em multifatores continuará, mas com uma mudança. O modelo de senha + dispositivo passará para o de dispositivo + biometria, como a combinação preferida pelas pessoas para garantir a máxima segurança e usabilidade.

As senhas e outras técnicas baseadas em conhecimento muitas vezes não atingem o equilíbrio certo entre segurança e facilidade de uso.

A segurança baseada em legado (também conhecida como biometria) pode fornecer a proteção necessária para tornar a 2FA (autenticação de dois fatores) e a MFA (autenticação de múltiplos fatores) verdadeiramente seguras, além de proporcionar uma experiência de usuário sem esforço.

A fraude de identidade sintética quebrará recordes

A fraude de identidade sintética, na qual os criminosos criam uma identidade a partir do zero a partir da combinação de dados reais ou falsos para fraudar governos e empresas sem dinheiro, disparou em muitas regiões no ano passado, tornando-se até mesmo uma indústria própria.

Isso continuará em 2023, com cerca de US$ 2,42 bilhões em fundos fraudulentos a serem obtidos apenas nos EUA.

Quase todas as organizações correm o risco de integrar uma persona falsa e as implicações que a acompanham: perda financeira, roubo de dados, penalidades regulatórias e muito mais.

As organizações precisarão aumentar sua segurança online para identificar ataques de crimes de identidade sintética.

A confirmação de vida torna-se obrigatória para verificação de identidade online em serviços financeiros

Novas diretrizes da Autoridade Bancária Europeia (EBA) tornarão obrigatório que os provedores de serviços financeiros regulamentados na União Europeia (UE) concluam verificações biométricas de vida ao registrar clientes remotamente.

À medida que a Europa reforça sua segurança e vê um declínio na fraude de novas contas, roubo e lavagem de dinheiro, organizações e órgãos reguladores em outros mercados terão que se adaptar de forma semelhante.

Os governos evitarão o caos nas viagens ao permitir verificação remota de identidade

A “fronteira do futuro” deve se tornar a “fronteira de hoje” ainda em 2023. As agentes de imigração nas fronteiras se moverão para permitir que os viajantes concluam as verificações de documentos com antecedência via smartphone, tablet ou computador, ou ainda em quiosques disponíveis nos centros de viagens.

Sem essas verificações antecipadas e como os cortes nos gastos do setor público em determinadas regiões pode haver um aumento significativo no tempo de processamento de passageiros, com atrasos inevitáveis e frustração dos cidadãos.

Os programas de identidade digital apoiados pelo governo para melhorar a privacidade serão acelerados e interoperáveis

Consumidores de todo o mundo estão percebendo que não querem fornecer seus endereços e outros detalhes pessoais a todos os sites, locadoras de veículos ou seguranças na porta de um bar.

À medida que a demanda por serviços de identidade segura cresce, mais governos estaduais e federais começarão a implementar programas de identificação digital interoperáveis que usam credenciais verificáveis para permitir que os cidadãos confirmem criptograficamente detalhes sobre si mesmos.

Deepfakes se tornarão onipresentes e a próxima geração de ataques digitais se estabelecerá

A tecnologia para criar deepfakes convincentes agora está tão amplamente disponível que até mesmo os criminosos virtuais com menos recursos podem causar sérios danos.

Qualquer organização que não esteja protegendo seus sistemas contra deepfakes precisará fazê-lo com urgência.

Os cibercriminosos mais sofisticados já passaram para métodos avançados e, em 2023, veremos uma proliferação de trocas de face e deepfakes 3D sendo usadas para encontrar vulnerabilidades de segurança e burlar os protocolos de organizações em todo o mundo.

O Metaverso verá uma explosão de roubo de identidade e outros crimes cibernéticos

Sem salvaguardas para proteção contra roubo de identidade e fraude de identidade sintética, o Metaverso se tornará um canal de distribuição de crimes em 2023, visando um grupo demográfico mais jovem e organizações sem medidas adequadas de segurança cibernética.

A verificação de identidade será necessária para evitar isso, e a biometria desempenhará um papel crítico na proteção de usuários genuínos e na responsabilização de criminosos por suas ações online.

Verificação de identidade se tornará uma ferramenta defensiva para plataformas de internet

O ano de 2023 será altamente significativo para a forma como as plataformas de Internet — em particular as redes de mídia social — são regulamentadas na UE, no Reino Unido e nos EUA.

Eles precisarão ter um controle mais confiável sobre quem está criando o conteúdo, e a verificação de identidade irá proporcionar as proteções que eles necessitam. 

A falsificação de dispositivos crescerá exponencialmente

A crescente dependência de dispositivos como fator de segurança tem atraído a atenção de cibercriminosos, que exploram vulnerabilidades para roubo e outros danos.

Em 2023, veremos um aumento na sofisticação dos criminosos falsificando metadados para ocultar seus ataques (por exemplo, um laptop que se parece com um dispositivo móvel), em um esforço para burlar os protocolos de segurança corporativos.

Este ano, as organizações, especialmente aquelas que dependem da internet móvel, reconhecerão as limitações dos dados de dispositivos antes confiáveis e moverão os serviços de verificação para a nuvem.

As agências do setor público podem esperar mais regulamentação para proteger infraestruturas críticas

A agitação econômica e política global em 2022 levantou questões sobre vulnerabilidades nas infraestruturas públicas.

Este ano, as agências do setor público em todos os níveis podem esperar um aumento na regulamentação de como eles protegem seus sistemas contra agentes mal-intencionados altamente sofisticados e com bons recursos, tanto internos quanto externos.

Sobre a iProov

A iProov é líder mundial em autenticação biométrica facial online, trabalhando com governos, bancos e outras empresas para verificar com segurança a identidade do cliente.

Suas soluções são utilizadas para integração e autenticação sem esforço, e seus clientes incluem o U.S. Department of Homeland Security, o UK Home Office, o UK National Health Service (NHS), o Australian Taxation Office, GovTech Singapore, Rabobank, ING e outros. 

As tecnologias da iProov incluem Liveness Assurance™ e Genuine Presence Assurance®, que garantem que um cliente online é a pessoa certa, uma pessoa real, e que está fazendo a autenticação naquele momento. Isso protege contra os ataques de falsificação de fotos, vídeos, máscaras e ataques digitaia e a ameaça emergente de deepfakes. A

iProov foi reconhecida pelo Gartner com um fornecedor de soluçõe de Identity Access Management & Fraud Detection.

Identidade soberana: Cibersegurança evolui e fornece soluções contra casos de roubo de identidade

Identidade digital é tendência e desafio para 2023

Fortalecendo identidades confiáveis com biometria de impressão digital

Crypto ID é o maior canal sobre criptografia no Brasil!

O QUE É CRIPTOGRAFIA?

A criptografia protege a segurança pessoal de bilhões de pessoas e a segurança nacional de países ao redor do mundo.

A criptografia de ponta-a-ponta (end-to-end encryption ou E2EE) é um recurso de segurança que protege os dados durante a troca de mensagens, de forma que o conteúdo só possa ser acessado pelos dois extremos da comunicação: o remetente e o destinatário. 

Criptografia Simétrica

Criptografia Simétrica utiliza uma chave única para cifrar e decifrar a mensagem. Nesse caso o segredo é compartilhado.

Criptografia Assimétrica

Criptografia Assimétrica utiliza um par de chaves: uma chave pública e outra privada que se relacionam por meio de um algoritmo.  O que for criptografado pelo conjunto dessas duas chaves só é decriptografado quando ocorre novamente o match.  

Criptografia Quântica

Criptografia Quântica utiliza algumas características fundamentais da física quântica as quais asseguram o sigilo das informações e soluciona a questão da Distribuição de Chaves Quânticas – Quantum Key Distribution.

Criptografia Homomórfica

Criptografia Homomórfica refere-se a uma classe de métodos de criptografia imaginados por Rivest, Adleman e Dertouzos já em 1978 e construída pela primeira vez por Craig Gentry em 2009. A criptografia homomórfica difere dos métodos de criptografia típicos porque permite a computação para ser executado diretamente em dados criptografados sem exigir acesso a uma chave secreta. O resultado de tal cálculo permanece na forma criptografada e pode, posteriormente, ser revelado pelo proprietário da chave secreta.

Acompanhe como o reconhecimento facial e impressões digitais, de íris e voz estão sendo utilizados para garantir a identificação digital precisa para mitigar fraudes e proporcionar aos usuários conforto, mobilidade e confiança. Crypto ID, o maior canal brasileiro sobre identificação digital. Leia outros artigos aqui!

Learn how facial recognition and iris, voice and fingerprints are being used to ensure accurate digital identification to mitigate fraud and provide users with comfort, mobility and trust. Read other articles here! Crypto ID, the largest Brazilian channel on digital identification. Read other articles here!

Descubra cómo se utilizan el reconocimiento facial y el iris y las huellas dactilares del voz para garantizar una identificación digital precisa para mitigar el fraude y brindar a los usuarios comodidad, movilidad y confianza. Crypto ID, el mayor canal brasileño de identificación digital. ¡Lea otros artículos aquí!

Em novembro de 2024 completaremos Uma Década De Sucesso!

Crypto ID trilhou um caminho incrível!

Desde o seu início, temos sido acompanhados por uma comunidade apaixonada e engajada, que cresce a cada ano. Com dois milhões de seguidores por ano, nossa jornada é marcada por conquistas, inovação e colaboração.

As empresas mantenedoras têm sido pilar fundamental para o nosso crescimento contínuo. Seu apoio nos permite manter a qualidade e a relevância das informações que compartilhamos. Agradecemos a cada uma delas por acreditar na nossa missão e nos ajudar a construir uma comunidade forte e informada.

E não podemos esquecer do nosso excepcional time de colunistas! São eles que trazem insights, análises e opiniões valiosas para os nossos leitores. Com suas vozes únicas, eles enriquecem o conteúdo do Crypto ID e nos ajudam a manter a excelência.

À medida que nos aproximamos de mais um aniversário, renovamos nosso compromisso com a segurança digital, a privacidade e a tecnologia. Obrigado a todos que fazem parte dessa incrível jornada!

Juntos trabalhamos por um mundo digital com mais sigilo, identificação e segurança gerando confiança para que empresas, máquinas e pessoas possam confiar umas nas outras.