Últimas notícias

Fique informado

Crescimento de edtechs brasileiras esbarra na expansão do 5G

27 de março de 2023

Spotlight

Entenda o que mudou na assinatura eletrônica em documentos a partir do Decreto nº 68306

Qual o impacto do Decreto nº 68.306 na assinatura eletrônica, simplificação de processos e nos avanços da digitalização dos serviços públicos?

24 de abril de 2024

AX4B impulsiona a resiliência cibernética de Pequenas e Médias Empresas

Conheça como a AX4B está revolucionando a Segurança Cibernética para PMEs.

24 de abril de 2024

O Halving do Bitcoin: Entendendo o Evento que Redefine a Oferta da Criptomoeda. Por Susana Taboas

Uma visão geral do que é o halving do Bitcoin e sua importância no contexto da economia digital.

17 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

Escola de programação visa transformar a realidade das favelas brasileiras por meio de tecnologia avançada

Iniciativa atua em favelas do Rio de Janeiro e São Paulo com o objetivo de democratizar o acesso de jovens ao mercado de trabalho

7 de janeiro de 2023

Diversão e conexão: entenda como proteger as crianças nas férias 

90% das crianças e adolescentes brasileiros têm conexão à internet – aplicativo da Mercusys garante diversão segura com supervisão dos pais 

5 de janeiro de 2023

Transformação digital e acessibilidade: pequenos e grandes negócios devem estar atentos à inclusão

Apesar do aumento de visibilidade do tema, muitas empresas ainda não incorporaram medidas inclusivas na rotina e no ambiente digital

4 de janeiro de 2023

A força da robótica nas escolas e o poder da tecnologia para o processo de aprendizagem

A robótica educacional estimula aptidões fundamentais e o desenvolvimento de novas gerações de engenheiros e pesquisadores

23 de dezembro de 2022

A expansão de um dos setores mais promissores da TI no Brasil, o das edtechs, especializadas em criar soluções inovadoras para a área da educação

Depois de atender à demanda provocada pela pandemia, setor defende um processo mais rápido e linear de ativação do sistema.

A expansão de um dos setores mais promissores da TI no Brasil, o das edtechs, especializadas em criar soluções inovadoras para a área da educação, enfrenta um problema: a falta de legislações municipais para o novo modelo de conectividade previsto com a implantação do 5G.

É que após a instalação de antenas em todas as capitais brasileiras, a meta é a ativação da rede em cidades com mais de 500 mil habitantes.

No entanto, levantamento da Conexis Brasil, que reúne empresas de telecomunicações e de conectividade, mostrou que 10 cidades desse porte não têm leis de antenas preparadas para o 5G.

O cenário coloca um freio em um setor que conseguiu responder rapidamente à demanda imposta pela pandemia de covid-19 e mostrou que pode muito mais em um país que ainda registra defasagem no nível de maturidade tecnológica corporativa, especialmente o sistema educacional.  

“A velocidade prometida pelas redes 5G tornam os serviços oferecidos pelas edtechs muito mais eficientes. A diferença para o usuário, seja o gestor educacional ou o aluno, está na duração de transferência das informações. Em um mundo cada vez mais digitalizado isso faz toda a diferença”, afirma o diretor de operações da F10, Rafael Moreira.

A empresa, especializada em gestão e performance operacional para escolas, projeta crescer 37% nos próximos meses em número de clientes e no faturamento, mas o número, segundo Moreira, poderia ser ainda mais expressivo se o acesso à conexão 5G fosse mais efetivo, especialmente no interior do país. 

Após o setor crescer 26% durante o período mais intenso da pandemia, segundo levantamento realizado pelo CIEB (Centro de Inovação para a Educação Brasileira) e pela Abstartup (Associação Brasileira de Startups do Brasil), agora permanece focado em apresentar para as instituições de ensino plataformas que atendam às características da sociedade digitalizada, como ferramentas que englobam sistemas de gestão e de comunicação, tecnologia para atividades em sala de aula e sistema de análise de dados no ensino.

“Estamos falando de soluções que dependem da velocidade de conexão. Assim como o mercado teve que compreender a existência de um estudante multimídia, está na hora dos gestores públicos compreenderem a importância da chegada da 5G e promoverem uma expansão rápida e linear”, reflete.  

No Brasil, a principal frequência do 5G será com o uso da faixa 3,5 GHz, que já conta com a autorização da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) para a ativação comercial, mas a efetivação depende, entre outros fatores, de legislações municipais.

A meta de atendimento de todas as cidades com mais de 500 mil habitantes foi estabelecida em leilão, mas para atender a próxima etapa as operadoras de rede móvel terão que superar os desafios das instalações.

Sobre a F10 Software

A F10 Software é uma edtech que desenvolve soluções para o setor educacional na área de Tecnologia da Informação.

Fundada há 20 anos, tem como objetivo se tornar um centro de excelência em soluções inovadoras na gestão escolar, contribuindo para a transformação digital e para o ecossistema de inovação do setor.

Com sede em Curitiba-PR, a empresa tem atuação nacional, atendendo escolas e grupos educacionais em todo o Brasil, por meio de seus softwares e aplicativos.  https://www.f10.com.br

Por que é tão importante que as edtechs entrem no mundo do games?

Tecnologia aliada a educação: a era das “Edtechs” chegou ao Brasil

Educação: um dos setores negligenciados na Cibersegurança

Somos o maior portal brasileiro sobre Criptografia e Identificação Digital.

Com uma década de existência, temos um público de cerca de 2 milhões de leitores por ano.

As empresas que nos apoiam e nossos colunistas ajudam a criar um mundo digital mais seguro, confiável e tranquilo.

Acompanhe o Crypto ID nas redes sociais!

Você quer acompanhar nosso conteúdo? Então siga nossa página no LinkedIn!

TAGS

5G educação