Últimas notícias

Fique informado

Data Marketplace permite navegação documentada por todos os dados

30 de novembro de 2022

Spotlight

Como o Tether (USDT) se tornou a principal criptomoeda no Brasil 

No dinâmico cenário das criptomoedas em 2023, o Tether (USDT) conquistou a posição de destaque como a principal escolha entre os brasileiros.

23 de fevereiro de 2024

Entrevista com Marco Zanini, CEO da DINAMO Networks, sobre sigilo e assinatura digital

O CEO da DINAMO Networks, Marco Zanini, destacou o sigilo e as assinaturas digitais, além de abordar os principais marcos de 2023 e expectativas para 2024

19 de fevereiro de 2024

FIDO redefine a segurança online com a autenticação sem senhas

As senhas perduram, apesar do crescente consenso de que seu uso precisa ser reduzido, se não substituído.

16 de fevereiro de 2024

1º Insurance Mega Trends

O evento Insurance Mega Trends trará as principais tendências em seguros com personalidades nacionais e internacionais.

15 de fevereiro de 2024

Open Finance, ou Sistema Financeiro Aberto, e suas variações por setor econômico. Por Susana Taboas

Sistema Financeiro Aberto permite que as empresas e os indivíduos acessem dados financeiros de diversas fontes em um único lugar.

6 de fevereiro de 2024

Uso de assinaturas eletrônicas cresce 140% e deve chegar a 2 milhões/mês

Dados da ZapSign mostram ainda que adoção de assinaturas eletrônicas por empresas quase dobrou no ano de 2023

29 de janeiro de 2024

eIDAS – REGULAMENTO (UE) N.o 910/2014 DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO

eIDAS – REGULAMENTO (UE) Nº 910/2014 DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO

20 de outubro de 2020

Virtualização de dados mapeia todas as origens das informações, usuários passam a ter acesso aos dados de forma ordenada e rastreável 

Os dados de autoatendimento por usuários de negócios se tornaram um requisito básico para acelerar a tomada de decisões, que é quando a plataforma oferece ao usuário normal (e não um cientista de dados) uma maneira de entregar dados de maneira fácil.

Essa necessidade é cada vez mais comum nas empresas, pois um colaborador de uma determinada área, uma hora ou outra, vai precisar acessar informações de outro setor para definir o andamento dos processos.

“A empresa determina o tipo de acesso de cada usuário. Infelizmente, cada setor tem sua metodologia e tecnologia para acessar determinados dados, o que, muitas vezes, acaba tornando o dado inacessível ou simplesmente perdido”, destaca Patricia França, Business Development da Denodo.

Ela acrescenta que fica ainda mais complicada a democratização do acesso às informações, já que todos os arquivos estão espalhados em vários lugares.

É importante que o usuário tenha um ponto único para acessar qualquer dado, o que o leva a um conceito fundamental que é o Data Marketplace, isto é, navegar por todos os dados de maneira documentada.

“É importante que permita a fácil localização do dado e que conte com camadas de segurança e de governança, mostrando apenas aquilo que cada usuário pode acessar”, explica Patricia.

Governança e segurança de dados

A virtualização de dados tem um catálogo na camada virtual que mapeia todas as origens. Desse modo, o usuário procura informações facilmente e a plataforma entrega com governança e segurança. “O usuário só acessa o que é permitido, garantindo a privacidade e segurança das informações”, ressalta a executiva da Denodo.

Do ponto de vista do usuário de negócio, o marketplace acelera as decisões, uma vez que oferece mais agilidade na busca de qualquer informação. Além do mais, caso um dado esteja dentro de um CRM, por exemplo, o usuário não precisa logar e nem saber a linguagem dessa plataforma, pois o marketplace oculta a complexidade das fontes.

Patricia ainda ressalta que o usuário passa a ter mais confiança nos dados, à partir da documentação, linhagem e governança integrada. “E, caso um outro usuário busque os mesmos dados novamente, não há duplicação de esforço e de arquivos do Excel, por exemplo.”

Centralização da segurança

Com o marketplace é possível oferecer uma série de benefícios também às equipes de TI. Primeiro, toda a parte de segurança é centralizada, ou seja, há apenas um ponto único para auditar todo mundo que está acessando as informações.

Segundo, há maior controle de onde estão sendo feitas as consultas, elencando qual informação é a mais consumida, o que facilita o entendimento sobre em qual fonte é necessário colocar mais capacidade de processamento, o que acaba reduzindo o custo.

“Numa plataforma de marketplace de dados, a equipe de TI não precisa ficar ingerindo qualquer arquivo SSV em um repositório único. Eles podem trabalhar dentro de uma camada virtual, poupando esforços dos analistas de dados”, finaliza Patricia França, Business Development da Denodo.

O que o caos no Twitter nos revela sobre a segurança dos nossos dados? 

Kaspersky faz recomendações sobre o suposto vazamento de dados no WhatsApp

Inteligência Artificial: como o cruzamento de dados beneficiou as empresas no período pós-pandemia

Sequestro de dados das empresas – saiba se sua empresa está em risco

SOBRE CRYPTO ID

Somos o maior portal brasileiro sobre Criptografia e Identificação Digital.

Desde 2014 levamos as melhores e mais atualizadas informações sobre o mercado brasileiro e internacional de segurança digital para mais de 2 milhões de usuários únicos por ano.

As empresas que nos apoiam contribuem para a construção de um mundo digital mais seguro, confiável e tranquilo.

Acompanhe o Crypto ID nas redes sociais!

Você quer acompanhar nosso conteúdo? Então siga nossa página no LinkedIn!