Últimas notícias

Fique informado

IoT: saiba como a Internet das Coisas já está presente no dia a dia

27 de março de 2023

Spotlight

Entenda o que mudou na assinatura eletrônica em documentos a partir do Decreto nº 68306

Qual o impacto do Decreto nº 68.306 na assinatura eletrônica, simplificação de processos e nos avanços da digitalização dos serviços públicos?

24 de abril de 2024

AX4B impulsiona a resiliência cibernética de Pequenas e Médias Empresas

Conheça como a AX4B está revolucionando a Segurança Cibernética para PMEs.

24 de abril de 2024

O Halving do Bitcoin: Entendendo o Evento que Redefine a Oferta da Criptomoeda. Por Susana Taboas

Uma visão geral do que é o halving do Bitcoin e sua importância no contexto da economia digital.

17 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

Segurança em IoT: conheça três maneiras de evitar ataques virtuais

Aumento no roubo de dados e informações no ambiente virtual tem desafiado as empresas a elevar a proteção e segurança de suas operações

28 de fevereiro de 2023

IoT: entenda como essa tecnologia impulsiona negócios

Seja na indústria ou nas cidades, a Internet das Coisas (IoT) tem impactado positiva e diretamente os mais variados processos

15 de fevereiro de 2023

IoT, IA, cadeias de suprimentos: quais setores devem enfrentar mais desafios de segurança em 2023?

O ano de 2022 foi marcado por diversos ataques cibernéticos, e foi de grande turbulência para equipes de segurança de organizações pelo mundo

9 de fevereiro de 2023

Benefícios do IoT impulsiona mercado de “Casas Conectadas”

Estudo indica que o mercado global de casas inteligentes foi avaliado em US$ 79,13 bilhões em 2021, e espera-se US$ 313,95 bilhões até 2027

16 de janeiro de 2023

Minsait é reconhecida como líder mundial na oferta de serviços IoT para o setor público

Companhia conquistou o título após avaliação de suas capacidades e estratégias voltadas à oferta industrial de IoT para serviços públicos

1 de janeiro de 2023

Do varejo ao agro, IoT tem potencial para expandir economia brasileira

A integração e conexão da tecnologia oferece oportunidades para diversos setores, que vão desde o varejo até atividades agrícolas

15 de dezembro de 2022

A metragem do ataque cibernético em IoT e OT

Qual é o desafio de segurança cibernética para as partes interessadas em tecnologia operacional OT e IoT?

26 de outubro de 2022

Especialista projeta que, em 2023, tecnologia 5G vai levar Internet das Coisas (Iot) a um patamar jamais visto

A capacidade superior para tráfego de dados, a baixa latência e a envergadura para suportar uma grande quantidade de dispositivos conectados com 5G irá levar a Internet das Coisas (IotT) a um novo patamar de possibilidades

7 de outubro de 2022

HC3 – Centro de Coordenação de Segurança Cibernética de Saúde dos USA orienta como manter a segurança da IoT na área da saúde

À medida que a saúde se torna cada vez mais interconectada, os dispositivos IoT se tornam cruciais para os fluxos de trabalho e a funcionalidade.

15 de agosto de 2022

A Internet das Coisas já revoluciona setores como Indústria, Agro, Saúde e Telecomunicações, e pode abrir cada vez mais portas

O mundo cada vez mais conectado depara com novas tecnologias. Uma delas é a IoT, a Internet of Things, ou Internet das Coisas, em português.

Hoje, já é possível dizer que esse é um conceito consolidado, que deixou de ser algo do futuro. Mas como a IoT evolui e de que forma ela vem sendo utilizada em áreas diversificadas?

A TriggoLabs, startup brasileira focada em inovação, Service Design Thinking, UX e UI, atua com plataformas que ajudam a gerir a revolução tecnológica necessária para as grandes empresas, e está à frente de importantes inovações nesse segmento, vai trazer, neste artigo, uma visão 360º sobre o avanço da conectividade.

Antes, é importante explicar que a IoT engloba dispositivos conectados à internet para gerar automação, com sua estrutura dividida em três pilares: Edge, ou borda, em tradução literal, é responsável pela captura de dados com o uso de inteligência artificial, faz análises, identifica padrões e dispara uma ação; a comunicação/rede, que transporta e processa essa informação; e a plataforma, sistemas, programas e mecanismos criados para a interação com os dados gerados, criando a ingestão dessas informações, ou seja, a absorção desse conteúdo para a perfeita aplicação.

É na plataforma que se dá a atuação da TriggoLabs, empresa parceira na aplicabilidade desta tecnologia nas mais diversas frentes.

“Um ponto importante para entender é que IoT já é presente, e não mais uma ‘tecnologia do futuro’. Já se têm grandes projetos e cases de sucesso, como na saúde, indústria, agro e, principalmente, telecomunicações. O 5G, por exemplo, é um tema que alavanca as tecnologias por trás da IoT. Então, o cenário para 2023 é de um crescimento acelerado. A interconexão digital de objetos já provou seu valor e só tende a evoluir com o avanço da qualidade da transmissão de dados com o padrão da tecnologia de quinta geração. Para os gestores das empresas, fica o alerta de como não ficar para trás e ingressar nessa modernidade. É aí que entra o nosso trabalho”, explica Matheus Barreto, diretor de Inovação da TriggoLabs.

O executivo lista o papel da Internet das Coisas em alguns dos mais diversos setores:

IoT na indústria

Na Indústria, a Internet das Coisas chega para competir com algo que já existe há mais de 30 anos, o Controlador Lógico Programável (em inglês, PLC – Programmable Logic Controller), computador projetado para controlar e automatizar processos específicos, máquinas ou até mesmo linhas de produção, monitora, toma decisões e comanda o estado dos dispositivos por ele controlado.

Com a IoT, é possível realizar tudo isso conectando equipamentos, ferramentas, máquinas e demais objetos em uma linha de produção com sensores e chips para transmissão dos dados capturados por esses sensores.

É a chamada “Indústria 4.0”, uma verdadeira revolução no setor, capaz de conectar, gerar dados e levar inteligência de mercado a coisas antes offline.

Essa abordagem permite mais automação, monitoramento e eficiência, o que ajuda na tomada de decisões e correção em tempo real de problemas que atrapalhem o andamento dos sistemas.

IoT na saúde

A área da Saúde é uma das mais beneficiadas com a IoT. Com o IoMT, sigla para Internet of Medical Things (Internet das coisas médicas), é possível conectar pacientes, médicos e dispositivos, como equipamentos hospitalares e de diagnóstico, para transmitir informações por uma rede segura.

Os sensores são utilizados para coletar dados que auxiliem no bem-estar dos pacientes, gerando indicadores para monitoramento de infecções hospitalares e riscos de vida, por exemplo.

É possível também classificar os diagnósticos e avaliar os riscos que algum paciente poderia ter em determinados exames.

Oferece um nível de vigilância avançado, com a geração de dados clínicos precisos, o que pode salvar vidas.

Entre os principais ganhos para as empresas estão o controle de custos, monitoramento aprimorado dos pacientes, já que é possível acompanhar pessoas em estado grave de forma remota, 24 horas por dia, e ainda a possibilidade de executar operações com técnicas mais modernas e minimamente invasivas, criando um controle mais fácil e centralizado, fornecendo aos médicos novas tecnologias, como auxiliares cirúrgicos robóticos, além de sistemas de imagens digitais completos e de alta resolução.

IoT na Agricultura

Na agricultura, a IoT é utilizada também para fornecer a cartografia de terrenos completos com o uso de vários elementos conectados, seja no solo, com os sensores de irrigação, por exemplo, ou até mesmo no ar, a partir do uso de drones, para saber se o terreno já está no momento certo para a realização de plantio, colheita ou terraplanagem, além do controle da qualidade de solo e cuidados com a biodiversidade.

Com as colheitadeiras automatizadas, já é possível utilizar a IoT no processo de colher e separar as frutas, com informações completas em tempo real e separação do que é colhido.

Com a telemetria, é possível controlar e gerenciar até mesmo os gastos com combustível das máquinas. Além disso, com robôs inteligentes e máquinas automáticas, a tecnologia é usada para o plantio indoor, com o planejamento da horta, plantio de sementes, destruição de ervas daninhas e pragas, regar, entre outras possibilidades que otimizam todo o procedimento.

Na pecuária, o Bluetooth Low Energy (BLE) é uma tecnologia já muito utilizada para adicionar chip nos animais, que podem ser inseridos em brincos ou colares de BLE, o que ajuda a armazenar informações importantes sobre saúde do animal, localização via GPS ou armazenamento de informação de vacina, entre outras possibilidades. Tudo perfeitamente conectado à Internet das Coisas com total harmonia.

IoT em telecomunicações

Com a IoT, as empresas de telecomunicação estão desenvolvendo novas tecnologias que ajudam a saber mais sobre o perfil de público atingido.

Por exemplo, uma das grandes empresas do segmento em atuação no Brasil possui uma parceria com uma fabricante de carros e fornece chip para os veículos já saírem conectados com a empresa.

Assim, é possível fornecer interatividade e conectividade ao cliente e ainda reter informações relevantes para o crescimento da empresa, como em quais regiões a demanda por Internet é maior, qual o público-alvo da empresa, para o uso em publicidade, ou até mesmo áreas que são mais saturadas e precisam de uma atenção maior, como mais antenas, por exemplo.

A análise desse cenário é extremamente relevante para o setor de Telecom que já está diretamente ligado à evolução da Internet, como provedores, e assim conseguem aprimorar a tecnologia e abrir ainda mais possibilidades.

Expectativas para o futuro próximo

Muitas novidades estão por vir. Com o StarLink, do magnata Elon Musk, será possível circular o planeta e distribuir internet para todo o mundo, o que deve expandir ainda mais a IoT.

Estão previstos cerca de 65 mil satélites ao todo, de acordo com a empresa. Já com o NeuroLink, voltado à saúde, será possível cuidar melhor de pacientes com problemas degenerativos, como o Mal de Parkinson, com o uso de chips no cérebro que emitem aos neurotransmissores comandos que ajudam a melhorar o bem-estar desses pacientes a partir da tecnologia.

Hoje em dia, um bom exemplo dessa evolução tecnológica e acessível ao público geral, é o monitor glicêmico que, conectado via Bluetooth, é capaz de armazenar informações importantes para pessoas com diabetes diretamente no celular, auxiliando no controle da doença e em uma melhor qualidade de vida.

Sobre a TriggoLabs

A TriggoLabs é uma empresa brasileira focada em inovação, Service Design Thinking, UX e UI, que atua oferecendo diferentes soluções para fomentar e desenhar a transformação digital.

Por excelência, é uma empresa viva, que se reinventa e evolui. Disruptiva e sempre à frente das transformações, é a soma de conhecimento e atitude, a mistura do racional com o intuitivo.  

Do varejo ao agro, IoT tem potencial para expandir economia brasileira

IoT, IA, cadeias de suprimentos: quais setores devem enfrentar mais desafios de segurança em 2023?

IoT: entenda como essa tecnologia impulsiona negócios

Acompanhe os principais conteúdos sobre Internet of Things (Internet das coisas)!

Somos o maior portal brasileiro sobre Criptografia e Identificação Digital.

Com uma década de existência, temos um público de cerca de 2 milhões de leitores por ano.

As empresas que nos apoiam e nossos colunistas ajudam a criar um mundo digital mais seguro, confiável e tranquilo.

Acompanhe o Crypto ID nas redes sociais!

CATEGORIAS

IoT Notícias