Últimas notícias

Fique informado

Mercado financeiro: como a tecnologia impacta a comunicação crítica?

15 de dezembro de 2022

Spotlight

A Transformação Digital do Mercado Imobiliário: Blockchain, Moedas digitais, Cartórios e o Futuro

A tecnologia blockchain tem despertado interesse devido ao seu potencial disruptivo em vários setores, incluindo o setor imobiliário.

8 de abril de 2024

Empresa de Israel traz tecnologia de ponta em cibersegurança para o mercado brasileiro

Com o potencial de crescimento do mercado brasileiro e sua consequente inserção no ambiente digital, os fundadores da Cysfera decidiram trazer as inovações de ponta israelenses ao cenário nacional.

3 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

Tecnologia ICP-Brasil no mercado financeiro brasileiro

Muitas formas de cadastramento das assinaturas manuscritas dos correntistas e do reconhecimento dessas assinaturas foram evoluindo ao longo do tempo. 

26 de setembro de 2022

Como aumentar a segurança dos ativos digitais no mercado financeiro. Por Jean Michel Guillot

As instituições financeiras tradicionais já perceberam o grande potencial das inovações trazidas pelas criptomoedas e a tecnologia blockchain.

14 de setembro de 2022

Como a utilização do Data Science pode impactar o mercado financeiro brasileiro

Data Science tornou-se um aliado indispensável para as instituições bancárias por conta da funcionalidade e do total apoio ao mapear tendências, comportamento do consumidor e o desempenho dos negócios.

13 de setembro de 2022

5 tendências de inovação e tecnologia no mercado financeiro

Por diferentes razões, a inovação e a tecnologia são fundamentais para o desenvolvimento das instituições financeiras

19 de outubro de 2021

A tendência no mercado financeiro é a de que o uso massivo da tecnologia gere conexões mais diretas, dispensando infraestruturas complexas

Por André Nazário

Mercado Financeiro
André Nazário, CEO da BYNE, empresa de Comunicação Crítica da RTM

Os avanços tecnológicos e as mudanças nas formas de se relacionar e trabalhar marcaram o mercado em diferentes setores.

Quando se fala em setor financeiro, não apenas a digitalização, mas diversas iniciativas do Banco Central, como o PIX e o Open Banking, proporcionaram um estímulo à criação de soluções inovadoras e aumento da competitividade no mercado.

Segundo dados da Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2022, no ano passado, o orçamento dos bancos em tecnologia atingiu R$ 30,1 bilhões, um crescimento de 13% em relação a 2020.

Para 2022, a estimativa é a de que esse orçamento seja de  R$ 35,5 bilhões, 18% a mais do em 2021. Ainda conforme a pesquisa, as prioridades dos bancos são segurança cibernética, inteligência artificial, 5G, cloud pública e big data. 

Esse cenário dinamizou ainda mais as negociações, fazendo com que os agentes desse setor precisem de avanços significativos para a comunicação entre traders. Quando falamos em agilidade e alto desempenho na comunicação no mercado financeiro, estamos indicando a possibilidade de conexão de qualquer lugar e não apenas da mesa de operações, utilizando dos avanços tecnológicos para o emprego de ferramentas que proporcionem esse dinamismo. 

Além de vários canais, a realidade pede menos fricção, processos naturais e pouco burocráticos, mantendo alto nível de regulação e governança, indispensável para o mercado financeiro. A tendência é de que o uso massivo da tecnologia proporcione conexões mais diretas entre operadores, dispensando infraestruturas complexas e dispositivos físicos.

Se antes era pré-requisito o uso de um link dedicado para as comunicações, assim como de equipamentos e de linha telefônica, hoje é possível fazer isso remotamente, com busca, conexão e comunicação direta entre os operadores.

Outra tendência na comunicação do mercado financeiro é o aumento do nível de personificação dos usuários, fazendo com que seja possível reduzir a burocracia da busca e conexão entre traders. 

Diante de todas essas mudanças, não se pode esquecer da necessidade de avanços constantes na segurança, que acompanhem esse dinamismo e facilitação da comunicação, fazendo com que esses avanços possam ocorrer de forma totalmente segura e dentro das exigências de governança corporativa e compliance. 

Esse é um ponto que é de fundamental importância dentro da comunicação crítica no mercado financeiro. Ao mesmo tempo em que essa comunicação pede mais agilidade, praticidade e tecnologia, proporcionalmente, a necessidade de recursos que garantam o compliance se tornam ainda mais essenciais.  

Isso porque, há alguns anos, a comunicação do mercado financeiro era muito concentrada em trading turrets, a mesa de operações financeiras, dispositivo ligado aos sistemas de telefonia usado por operadores, bancos comerciais e de investimento, além de outros agentes do setor, como corretoras.

Essas mesas ainda são utilizadas, mas hoje existem diversas opções de ferramentas para realizar uma negociação, e a tendência do mercado é que essa multiplicidade aumente, com soluções de fácil acesso, dinâmicas e práticas. 

Porém, o compliance precisa ser cumprido em qualquer uma delas, ou seja, ele precisa evoluir juntamente com essas ferramentas.

Por isso, é vital que as inovações que são apresentadas para o mercado tenham recursos que possibilitem auditorias e garantam a segurança dos usuários, como elementos de gravação e relatórios.  

Isso reforça também a premente necessidade de segurança, mas com o aumento na quantidade de informações sendo compartilhadas digitalmente, cresceram também as oportunidades de ataques cibernéticos. Evitar que dados sensíveis sejam expostos é um desafio especial para as instituições financeiras. 

Conforme um levantamento  realizado pela Apura, no ano passado as tentativas de roubo de dados bancários aumentaram 141% em comparação ao ano anterior. Nesse sentido, fica claro que as ferramentas mais inovadoras do mercado precisam também ter uma especial atenção para cibersegurança, utilizando recursos como criptografia e firewall, acompanhando a evolução da comunicação no setor com elementos que também a tornem cada vez mais segura.  

Todo esse cenário aponta para que, em 2023, se consolidem ainda mais os investimentos em inovação tecnológica no mercado financeiro, trazendo soluções para antigos e novos desafios que certamente as instituições enfrentarão, e que exigem respostas rápidas e inovadoras dos demais agentes do mercado.

Como aumentar a segurança dos ativos digitais no mercado financeiro. Por Jean Michel Guillot

Como a utilização do Data Science pode impactar o mercado financeiro brasileiro

Qual o impacto do Metaverso no Mercado Financeiro?

Mercado financeiro no Brasil: conheça os principais órgãos reguladores

Somos o maior portal brasileiro sobre Criptografia e Identificação Digital.

Com uma década de existência, temos um público de cerca de 2 milhões de leitores por ano.

As empresas que nos apoiam e nossos colunistas ajudam a criar um mundo digital mais seguro, confiável e tranquilo.

Acompanhe o Crypto ID nas redes sociais!