Últimas notícias

Fique informado

Transformação digital: segurança cibernética já integra o centro da estratégia de negócio das empresas

8 de fevereiro de 2023

Spotlight

Nuvens Tempestuosas: Navegando pelo Panorama Complexo da Cibersegurança na Nuvem

Enquanto as organizações migram cada vez mais dados e serviços para a nuvem, a complexidade e a magnitude das ameaças cibernéticas também crescem.

15 de maio de 2024

Cancelamento de hipotecas – Assinatura avançada versus qualificada – Parte II

Essa segunda parte discute os padrões e requisitos para o processamento eletrônico de documentos no registro de imóveis no Brasil.

15 de maio de 2024

Cancelamento de hipotecas – Assinatura avançada versus qualificada – Parte I

Questão das assinaturas eletrônicas no Registro de Imóveis é incerta, mesclando aspectos tecnológicos e jurídicos.

14 de maio de 2024

Por que é tão complexo se proteger de ataques cibernéticos? Por Rodrigo Fragola

“A meta agora não é alcançar segurança absoluta, mas sim segurança relativa no mercado em que se atua.” Fragola

13 de maio de 2024

Edmar Araujo, o novo diretor-executivo da ANCD concede sua 1ª entrevista ao Crypto ID

Edmar Araujo diretor-executivo da Associação Nacional de Certificação Digital e fala com exclusividade ao Crypto ID.

13 de maio de 2024

Confira 7 dicas para a redução do uso de papel nas empresas

São sete dicas essenciais para ajudar as empresas a reduzirem o uso de papel e promoverem práticas mais sustentáveis.

9 de maio de 2024

5 tendências para a transformação digital em 2023

Tecnologia sustentável, soluções low-code/no-code e hiperautomação estão entre as citadas tendências para transformação digital em 2023

26 de dezembro de 2022

Como a Transformação Digital pode ajudar a impulsionar a Indústria no Brasil

Para avançar nesse ponto, contudo, é preciso deixar claro que a Transformação Digital não precisa ser uma disrupção completa e futurística

21 de dezembro de 2022

Transformação digital governamental requer cuidados com a segurança da informação

Diretor do programa que integra a Secretaria de Governo Digital declarou, que a responsabilidade pela segurança cibernética é multidisciplinar.

3 de outubro de 2022

O risco de segurança cibernética é um negócio que cada vez mais é conhecido e demanda atenção dos executivos e do conselho de administração

Por Leonardo Lemes

O risco de segurança cibernética é um negócio que cada vez mais é conhecido e demanda atenção dos executivos e do conselho de administração
Leonardo Lemes, sócio-diretor de Security da Service IT

O Fórum Econômico Mundial publicou mais uma edição do prestigiado Global Risk Report e – como era de se esperar – alerta novamente para a importância da segurança cibernética como parte da estratégia de negócio das organizações.

A mensagem é clara: as ameaças estão cada vez mais sofisticadas, o crime é organizado e a adoção de novas tecnologias e modelos de negócios têm potencial de expandir a superfície de ataque das instituições.

Neste cenário, o Gartner, líder mundial em pesquisa e aconselhamento para empresas, indica que investimentos em segurança de informação irão atingir US $187 bilhões em 2023, o que representa um aumento de 11,1%, em relação a 2022.

Isso quer dizer que os executivos líderes de segurança deverão adotar novas posturas e desenvolver novos conhecimentos para se prepararem para cenários de ameaças emergentes nos próximos anos, visto que as exigências e as tecnologias de cibersegurança continuarão crescendo de forma acelerada.

É fato mundial que os ataques cibernéticos relacionados a terceiros estão aumentando. Segundo a nova pesquisa The State of Ransomware 2022, no Brasil, 55% das 200 empresas entrevistadas foram alvo de ransomware ao longo de 2021, bem acima dos 38% verificados no ano anterior.

No mundo, o percentual foi ainda maior: 66% das 5,6 mil entrevistas, em 31 países, contra 37%, em 2020.

E o Brasil segue na mira dos criminosos cibernéticos, com um aumento de 46% no índice semanal de ataques contra as corporações.

O total está acima da média global de crescimento, que foi de 32% no segundo trimestre de 2022, na comparação com o mesmo período do ano passado. 

No entanto, pesquisas do Gartner indicam que apenas 23% dos líderes de segurança e risco monitoram atividades de terceiros, em tempo real, no que se refere à exposição à segurança cibernética.

Fato é que há cada vez mais criminosos atuando na disseminação de ransomware, com roubo e criptografia de dados.

O roubo de credenciais, cada vez mais explorado pelos criminosos, tem um potencial de dano devastador uma vez que o criminoso pode interromper operações, tornar público dados sigilosos, sequestrar dados e outros ativos, além claro de se fazer passar pelo dono das credenciais e assim realizar golpes de toda ordem.

O roubo de identidades tem crescido muito com a adoção da nuvem é o que indica os inúmeros e recentes incidentes de segurança ocorridos no Brasil e no mundo.

Como adotar a nuvem com segurança desde o início

A visão de segurança de uma organização geralmente depende de sua maturidade. Organizações menos maduras apontam a segurança como um gargalo para a rápida adoção da nuvem corporativa.

Já organizações mais maduras falam sobre “mudança para a esquerda”, com DevSecOps (desenvolvimento, segurança e operações) e adotam modelos que garantem que segurança e privacidade dos usuários e clientes serão incorporados às soluções e ambientes já no estágio de planejamento.

Migração de dados, sistemas e infraestruturas para nuvem sem a adoção de práticas que reduzam o risco de exposição é um erro estratégico, que pode comprometer o negócio de forma irreparável.

Ambientes on cloud demandam controles, como gestão de vulnerabilidade e das configurações de segurança, controle de acesso, auditoria, monitoramento, entre outros, tal como ambientes on premise.

A adoção de tecnologias para gerenciamento da postura de segurança na nuvem ajuda a implementar o security by design e identificar os riscos aos quais a organização está suscetível.

Assim, os executivos têm tempo e informação para tomar decisão referente a estratégia mais adequada para o tratamento desses riscos.

O risco de segurança cibernética é um risco de negócio que cada vez mais é conhecido e demanda atenção dos executivos e do conselho de administração.

60% das empresas no Brasil já usam Data & Analytics para apoiar estratégia de negócios

As dez maiores prioridades para as empresas em privacidade e proteção de dados em 2023

Quatro maneiras de utilizar a inteligência de dados para o crescimento dos negócios

22mai09:0018:00The Tech Summit 20241ª edição no dia 22 de maio no Palácio Tangará, em São Paulo. 09:00 - 18:00 PALÁCIO TANGARÁ, R. Dep. Laércio Corte, 1501 - São Paulo, SP

28mai09:0012:00Webinar: O que você precisa conhecer da evolução da Criptografia Junte-se aos principais especialistas em cibersegurança do Brasil e explore soluções criptográficas inovadoras para os negócios.09:00 - 12:00

Em novembro 2024, o Crypto ID completa uma década de sucesso

E foi um caminho incrível!

Desde o seu início, temos sido acompanhados por uma comunidade apaixonada e engajada, que cresce a cada ano.

Com dois milhões de seguidores por ano, nossa jornada é marcada por conquistas, inovação e colaboração.

As empresas mantenedoras têm sido pilar fundamental para o nosso crescimento contínuo. Seu apoio nos permite manter a qualidade e a relevância das informações que compartilhamos. Agradecemos a cada uma delas por acreditar na nossa missão e nos ajudar a construir uma comunidade forte e informada.

E não podemos esquecer do nosso excepcional time de colunistas! São eles que trazem insights, análises e opiniões valiosas para os nossos leitores. Com suas vozes únicas, eles enriquecem o conteúdo do Crypto ID e nos ajudam a manter a excelência. Expressamos, ainda, nossa profunda gratidão às Assessorias de Imprensa que têm sido parceiras essenciais ao longo dessa incrível jornada.

À medida que nos aproximamos de mais um aniversário, renovamos nosso compromisso em promover a segurança digital, a privacidade e a tecnologia. Obrigado a todos que fazem parte dessa incrível jornada!

Juntos trabalhamos por um mundo digital com mais sigilo, identificação e segurança gerando confiança para que empresas, máquinas e pessoas possam confiar umas nas outras.