Últimas notícias

Fique informado

O seu novo carro está a vigiá-lo. Pela sua segurança, à custa da sua privacidade

7 de janeiro de 2024

Spotlight

A Transformação Digital do Mercado Imobiliário: Blockchain, Moedas digitais, Cartórios e o Futuro

A tecnologia blockchain tem despertado interesse devido ao seu potencial disruptivo em vários setores, incluindo o setor imobiliário.

8 de abril de 2024

Empresa de Israel traz tecnologia de ponta em cibersegurança para o mercado brasileiro

Com o potencial de crescimento do mercado brasileiro e sua consequente inserção no ambiente digital, os fundadores da Cysfera decidiram trazer as inovações de ponta israelenses ao cenário nacional.

3 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

Segurança em IoT: conheça três maneiras de evitar ataques virtuais

Aumento no roubo de dados e informações no ambiente virtual tem desafiado as empresas a elevar a proteção e segurança de suas operações

28 de fevereiro de 2023

IoT: entenda como essa tecnologia impulsiona negócios

Seja na indústria ou nas cidades, a Internet das Coisas (IoT) tem impactado positiva e diretamente os mais variados processos

15 de fevereiro de 2023

IoT, IA, cadeias de suprimentos: quais setores devem enfrentar mais desafios de segurança em 2023?

O ano de 2022 foi marcado por diversos ataques cibernéticos, e foi de grande turbulência para equipes de segurança de organizações pelo mundo

9 de fevereiro de 2023

Os veículos modernos são cada vez mais equipados com tecnologias avançadas que melhoram a segurança e a facilidade da condução — mas que levantam também sérias preocupações com a privacidade dos condutores

Atualmente, os carros usam câmaras e sensores para monitorizar inúmeros aspetos da experiência de condução, incluindo a atividade na cabine, a posição na faixa de rodagem e a velocidade.

Estas tecnologias são usadas, por exemplo, para alertar os condutores sobre fadiga do condutor, possíveis distrações ou excesso de velocidade — com grande impacto na segurança rodoviária e efeitos notórios na diminuição da sinistralidade.

Alguns veículos permitem mesmo que se use reconhecimento facial ou das impressões digitais para desbloquear a viatura.

Também as aplicações de GPS, como o Google Maps e o popular Waze são um apoio precioso à condução, recolhendo os nossos hábitos de deslocação e adivinhando com facilidade qual o nosso próximo destino.

No entanto, realça o Study Finds, esta vasta recolha de dados representa um significativo risco para a privacidade dos condutores.

Informações como identidade, hábitos de condução, locais visitados, local de trabalho e residência, podem ser reveladas, causando preocupação sobre como estes dados são utilizados e armazenados.

Um relatório recente da Fundação Mozilla criticou os fabricantes de automóveis pelas suas políticas de privacidade imperfeitas, e o uso dado pelas tecnológicas aos dados recolhidos está a ser debatido no Senado dos EUA.

O dilema enfrentado pelos condutores é o compromisso entre desfrutar destas funcionalidades avançadas e manter a privacidade.

Os carros recolhem dados através de sensores que monitorizam o ambiente, o estado do veículo e a condição do condutor.

Embora alguns destes dados não sejam pessoalmente identificáveis, outros tipos envolvem preocupações diretas com a privacidade, como câmaras que rastreiam os movimentos dos olhos do condutor.

Para equilibrar privacidade e conveniência, investigadores e especialistas da indústria estão a explorar tecnologias que preservam a privacidade.

Uma abordagem é a chamada aprendizagem automática federada, que permite a análise de dados sem centralizar informações sensíveis.

Um estudo da Universidade Internacional da Flórida, recentemente publicado na IEEE, sugere também o uso de blockchain com aprendizagem automática federada para aumentar a privacidade e segurança nos dados dos veículos.

Outras técnicas de preservação da privacidade incluem a ofuscação de localização, que mascara os dados exatos da localização dos utilizadores.

Apesar destes eventuais avanços tecnológicos, não há neste momento ainda forma de escapar a uma situação de compromisso: se quer mais segurança na estrada e mais comodidade, saiba que as está a trocar pelo possível incómodo de uma quebra de segurança… dos seus dados privados.

Fonte: Zap.aeiou

O Reconhecimento facial chega aos carros de Luxo. Hyundai Genesis

É mais fácil seu carro ser hackeado do que você pensa

Adeus porta-luvas: Conheça o app que cuida dos documentos do carro no celular mesmo sem internet

Somos o maior portal brasileiro sobre Criptografia e Identificação Digital.

Com uma década de existência, temos um público de cerca de 2 milhões de leitores por ano.

As empresas que nos apoiam e nossos colunistas ajudam a criar um mundo digital mais seguro, confiável e tranquilo.

Acompanhe o Crypto ID nas redes sociais!