Últimas notícias

Fique informado

Pesquisa da Nozomi Networks revela fortalecimento da segurança aumenta diante da gravidade das ameaças cibernéticas a ambientes OT

31 de outubro de 2022

Spotlight

O Halving do Bitcoin: Entendendo o Evento que Redefine a Oferta da Criptomoeda. Por Susana Taboas

Uma visão geral do que é o halving do Bitcoin e sua importância no contexto da economia digital.

17 de abril de 2024

Bertacchini da Nethone compartilha sua visão sobre o cenário atual de fraudes digitais

Tivemos a oportunidade de conversar com Bertacchini, especialista em Desenvolvimento de Negócios Sênior na Nethone, sobre como as empresas podem se blindar contra ciberameaças.

17 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

A Nozomi Networks Inc, líder em segurança OT e IoT, anunciou hoje o relatório SANS 2022 OT/ICS Cybersecurity Report

O resultado da pesquisa foi compilado a partir de 332 respostas de representantes de indústrias da área de energia, química, manufatura crítica, nuclear, gestão de água entre outras, e constatou-se que as ameaças à segurança cibernética do sistema de controle industrial (ICS) continuam elevadas, já que os adversários estão de olho nos componentes desse sistema de controle.

Em contrapartida, as organizações amadureceram significativamente suas posturas de segurança desde o ano passado.

Apesar do progresso, mais de um terço (35%) não sabe se suas organizações foram prejudicadas, já que os ataques às estações de trabalho de engenharia dobraram nos últimos 12 meses.  

No último ano, os pesquisadores da Nozomi Networks e a comunidade de cibersegurança de ICS testemunharam ataques como o agente malicioso Incontroller indo além dos alvos tradicionais em redes empresariais para atingir diretamente a OT”, diz o cofundador da Nozomi Networks e CPO Andrea Carcano. “Enquanto os criminosos cibernéticos estão aperfeiçoando suas habilidades de ICS, as tecnologias e estruturas especializadas para uma defesa sólida estão disponíveis. A pesquisa constatou que um número maior de organizações está utilizando as estruturas de defesa pro-ativamente. Ainda assim, há trabalho a ser feito e encorajamos cada vez mais as empresas a adotarem medidas de segurança para minimizar os riscos e maximizar a resiliência“. 

Riscos de cibersegurança de ICS permanecem altos 

– 62% dos entrevistados classificaram o risco para seu ambiente OT como alto ou grave (um pouco abaixo do 69,8% em 2021).  

– Os crimes cibernéticos com fins lucrativos e de ransomware encabeçaram a lista de vetores de ameaça (39,7%) seguidos por ataques patrocinados pelos Estados-nação (38,8%). Ataques criminosos não relacionados ao ransomware ficaram em terceiro lugar (citados por 32,1%), seguidos de perto pelos riscos da supply chain de hardware/software (30,4%). 

– Enquanto o número de respondentes que disseram ter sofrido um ataque nos últimos 12 meses caiu para 10,5% (contra 15% em 2021), 35% deles afirmaram que a estação de trabalhao de engenharia foi um vetor inicial de infecção (dobrando de 18,4% no ano passado). 

– 35% não sabiam se suas organizações haviam sido prejudicadas (contra 48%) e 24% estavam confiantes de que não haviam tido um incidente (uma melhora de 2x em relação ao ano anterior) 

– Em geral, os comprometimentos com TI continuam sendo o vetor de acesso principal (41%) seguido de replicação através de mídia removível (37%)  

As posturas de segurança cibernética de ICS estão em maturação 

– 66% dizem que seu orçamento de segurança do sistema de controle aumentou nos últimos dois anos (acima dos 47% do ano passado). 

– 56% dizem estar agora detectando vulnerabilidades dentro das primeiras 24 horas de um incidente (acima dos 51% em 2021). A maioria (69%) diz passar da detecção para a contenção no prazo de 6 a 24 horas.  

– 87,5% realizaram uma auditoria de segurança de seus sistemas ou redes OT/controle no ano passado (acima dos 75,9% do ano passado) – um terço (29%) implementou agora um programa de avaliação contínua.  

– A esmagadora maioria (83%) monitora a segurança de seu sistema OT. Destes, 41% utilizaram um SOC OT dedicado  

– As organizações estão investindo em treinamento e certificação ICS.  83% dos entrevistados são detentores de certificação de sistemas de controle profissional – um salto significativo em relação aos 54% nos últimos 12 meses  

– Quase 80% desempenham funções com destaque para as operações da ICS, contra 50% em 2021  

Para saber mais sobre as últimas tendências em cibersegurança OT/ICS, baixe o relatório:The State of OT/ICS Cybersecurity in 2022 and Beyond 

Sobre a Nozomi Networks   

A Nozomi Networks acelera a transformação digital protegendo a infraestrutura crítica mundial, organizações industriais e governamentais contra ameaças cibernéticas.

Nossa solução oferece visibilidade excepcional da rede e ativos, detecção de ameaças e insights para ambientes OT e IoT.

Os clientes confiam em nós para minimizar o risco e a complexidade, maximizando a resiliência operacional.    

www.nozominetworks.com   

Sobre SANS Institute 

O Instituto SANS foi criado em 1989 como uma organização cooperativa de pesquisa e educação. O SANS é o mais confiável e, de longe, o maior fornecedor de treinamento e certificação para profissionais em governos e instituições comerciais em todo o mundo.

Instrutores renomados do SANS ensinam mais de 50 cursos diferentes em mais de 200 eventos ao vivo de treinamento de segurança cibernética, bem como on-line. 

GIAC, uma afiliada do Instituto SANS, valida as qualificações dos funcionários através de 30 certificações técnicas e práticas em segurança da informação.

O Instituto de Tecnologia SANS, uma subsidiária independente acreditada regionalmente, oferece mestrados em segurança cibernética.

O SANS oferece uma infinidade de recursos gratuitos à comunidade InfoSec, incluindo projetos de consenso, relatórios de pesquisa e boletins informativos; ele também opera o sistema de alerta precoce da Internet – o Internet Storm Center.

No coração do SANS estão os muitos profissionais de segurança, representando diversas organizações globais, de corporações a universidades, trabalhando juntos para ajudar toda a comunidade de segurança da informação. (www.SANS.org) 

42% dos profissionais brasileiros admitem que não melhoraram suas práticas de segurança digital

Problemas com cibersegurança’ é uma das maiores preocupações das PMEs

Gartner prevê que 85% dos líderes de infraestrutura e operações esperam aumentar a automação em três anos  

Seguro Cyber cresce mais de 73% entre janeiro e agosto após explosão de ataques virtuais

Aqui no Crypto ID você encontra reunidos os melhores estudos e pesquisas sobre o universo da Segurança da Informação aplicada a diversas verticais de negócios. Acesse nossa coluna e conheça!

Você quer acompanhar nosso conteúdo? Então siga nossa página no LinkedIn!