Últimas notícias

Fique informado

Você sabe o que é Rug Pull? Previna-se do golpe que mais cresce entre criptomoedas 

2 de janeiro de 2023

Spotlight

Governo Federal apoia Rio Grande do Sul na emissão 2ª via da Carteira de Identidade Nacional

O mutirão coordenado pelo Governo do RS começou nos abrigos de Porto Alegre. Expedição da segunda via será imediata

20 de maio de 2024

Deputados concluem votação de projeto que regulamenta criptomoedas

Câmara dos Deputados concluiu a votação do projeto que prevê a regulamentação, por órgão do governo federal, da prestação de serviços de ativos virtuais

29 de novembro de 2022

ESET alerta sobre o dusting attack cujo objetivo é identificar o proprietário de uma carteira de criptomoedas

Para entender melhor como evitar um dusting attack, a equipe de investigação da ESET analisou passo a passo como ele funciona

28 de novembro de 2022

Criptomoedas garantem agilidade e segurança na operação logística graças a tecnologia blockchain

As criptomoedas já estão no mercado de investimento, no varejo físico e on-line e, num futuro próximo, também no setor logístico com as entregas de delivery.

28 de outubro de 2022

Momento histórico no mercado de criptomoedas

A atualização do Ethereum vai alterar o processo de mineração de criptomoedas dessa blockchain, e, segundo especialistas, esse é um momento histórico em nível global

15 de setembro de 2022

O que faz o golpe Rug Pull ser bem-sucedido é que na maioria dos casos não é fácil identificar que se trata de uma fraude

Por John Blount 

Rull Pull
John Blount, CEO da FMI Minecraft Managament   

O que é Rug Pull?  

A expressão “puxar o tapete” faz todo o sentido nesse tipo de golpe porque a ideia é justamente enganar usuários e possíveis interessados em criptoativos.

O objetivo é promover uma fraude nas transações, para que as pessoas invistam em tokens que não possuem valor e finalidade. 

É um golpe que pode acontecer em qualquer ambiente, porém é mais comum que ocorra em corretoras descentralizadas de criptomoedas.

Afinal, nesses ambientes as operações são totalmente automáticas e praticamente qualquer um pode incluir, negociar e vender um criptoativo. Já as corretoras centralizadas costumam analisar o token e sua viabilidade financeira antes de colocá-lo à venda.  

Como funciona na prática? 

Quem está acostumado com o mercado financeiro certamente conhece a sigla FOMO, que em inglês significa “medo de perder algo”. Basicamente, é o receio que investidores têm de não aproveitar boas oportunidades quando elas aparecem. O Rug Pull lida justamente com essa questão.  

Nele, um grupo de investidores cria um token e o disponibiliza em uma corretora. A partir daí, eles estimulam a entrada de diversas pessoas para aumentar o valor e a percepção do mercado.

Depois, quando já tiverem levantado uma quantia considerável, esses desenvolvedores simplesmente abandonam o projeto e o token perde totalmente o valor. 

Quais são os principais tipos?  

Basicamente, o Rug Pull pode acontecer de três formas. O golpe mais comum é o puro roubo de liquidez. Nele, os desenvolvedores fazem as vítimas investirem no projeto, diretamente ou com estímulos nas redes sociais. Depois, simplesmente pegam esse dinheiro e desparecem.  

A figura dos investidores falsos também é bastante comum. O projeto golpista aparece com um número considerável de pessoas participantes, o que atrai justamente aqueles que não têm tanta experiência.

Com a entrada de mais gente, o token se valoriza, permitindo ganhos maiores, até que os responsáveis simplesmente vendem sua parte, derrubando a cotação e deixando todos no prejuízo.  

Por fim, há também a própria manipulação do projeto, em que os desenvolvedores conseguem impedir que as vítimas vendam seus ativos. Assim, o preço daquele criptoativo sobe e os criminosos simplesmente pegam o lucro e desaparecem.  

Como evitar? 

O que faz o golpe Rug Pull ser bem-sucedido é que na maioria dos casos não é fácil identificar que se trata de uma fraude. Os desenvolvedores conseguem simular bem toda a movimentação comum aos criptoativos e enganam até mesmo aqueles investidores bem mais experientes no segmento.  

Entretanto, algumas dicas são eficazes para identificar projetos sólidos. O primeiro passo é analisar quem está por trás do desenvolvimento da criptomoeda. Evite projetos de pessoas e/ou empresas que já tiveram problemas anteriores.

Além disso, desconfie sempre de promessas boas demais – porque quase sempre são falsas! Por fim, confira a flutuação do valor e certifique-se de que altas súbitas são justificáveis.  

Era natural que novos golpes iriam surgir cedo ou tarde nesse segmento. Nos últimos anos, o mercado de criptoativos cresceu de forma substancial.

Se por um lado isso estimula a entrada de novos investidores e empresas dispostas a melhorar o segmento como um todo, por outro também atrai pessoas interessadas apenas em aplicar golpes e cometer crimes.

Assim, como em todas as áreas, é preciso saber separar o joio do trigo para não ter maiores problemas no futuro. 

Sobre FMI Minecraft Management     

Fundada por John Blount em 2022 – executivo de família brasileira, residente em Santa Catarina – a FMI se destaca no ramo de mineração de Bitcoin.

Blount está no negócio de criptomoedas desde 2018. A empresa tem como principais parceiros instituições como TGS, Camuzzi, MSU, Tecpetrol, além da Zona Franca de Zapala, localizada na Argentina.     

Quais as perspectivas para o bitcoin e outras criptomoedas em 2023?

Marco Legal das criptomoedas passa a existir na Lei brasileira

Deputados concluem votação de projeto que regulamenta criptomoedas

ESET alerta sobre o dusting attack cujo objetivo é identificar o proprietário de uma carteira de criptomoedas

Leia outros artigos sobre Criptomoedas, Criptoativos e Tokenização aqui!

Em novembro de 2024 completaremos Uma Década De Sucesso!

Crypto ID trilhou um caminho incrível!

Desde o seu início, temos sido acompanhados por uma comunidade apaixonada e engajada, que cresce a cada ano. Com dois milhões de seguidores por ano, nossa jornada é marcada por conquistas, inovação e colaboração.

As empresas mantenedoras têm sido pilar fundamental para o nosso crescimento contínuo. Seu apoio nos permite manter a qualidade e a relevância das informações que compartilhamos. Agradecemos a cada uma delas por acreditar na nossa missão e nos ajudar a construir uma comunidade forte e informada.

E não podemos esquecer do nosso excepcional time de colunistas! São eles que trazem insights, análises e opiniões valiosas para os nossos leitores. Com suas vozes únicas, eles enriquecem o conteúdo do Crypto ID e nos ajudam a manter a excelência.

À medida que nos aproximamos de mais um aniversário, renovamos nosso compromisso com a segurança digital, a privacidade e a tecnologia. Obrigado a todos que fazem parte dessa incrível jornada!

Juntos trabalhamos por um mundo digital com mais sigilo, identificação e segurança gerando confiança para que empresas, máquinas e pessoas possam confiar umas nas outras.

Você quer acompanhar nosso conteúdo? Então siga nossa página no LinkedIn!