Últimas notícias

Fique informado

Instituições de ensino utilizam tecnologia para agilizar processos internos e reduzir despesas

8 de março de 2023

Spotlight

A Transformação Digital do Mercado Imobiliário: Blockchain, Moedas digitais, Cartórios e o Futuro

A tecnologia blockchain tem despertado interesse devido ao seu potencial disruptivo em vários setores, incluindo o setor imobiliário.

8 de abril de 2024

Empresa de Israel traz tecnologia de ponta em cibersegurança para o mercado brasileiro

Com o potencial de crescimento do mercado brasileiro e sua consequente inserção no ambiente digital, os fundadores da Cysfera decidiram trazer as inovações de ponta israelenses ao cenário nacional.

3 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

Implementação do diploma digital nas universidades reduz custos e é tema de webinar da DINAMO Networks

A DINAMO Networks, especialista em segurança digital, promove no próximo dia 16 de fevereiro

13 de fevereiro de 2023

Os rumos do diploma digital na educação superior

O diploma digital não pretende confrontar ou revogar a legislação que hoje dita a emissão e registro de diploma

20 de junho de 2022

Certificação garante autenticidade do diploma digital

A portaria 1095, de 25 de outubro de 2018, trouxe dados que devem constar obrigatoriamente no diploma digitalv

25 de abril de 2022

Diploma digital e modernização dos processos acadêmicos

Uma das primeiras instituições comunitárias a emitir o Diploma Digital, a UPF trabalha para ampliar e melhorar os serviços

28 de março de 2022

As instituições também conseguem ter mais agilidade em outras atividades operacionais, desde matrícula, rematrícula e meio de pagamentos

Boletim digital, entrega de atividades e até conselho de classe automático, que decide se o aluno passará ou não de ano.

Sim! Essas são algumas das evoluções que a tecnologia trouxe para as escolas nos últimos anos, inovações aceleradas pelas exigências que a pandemia da Covid-19 gerou no Brasil e no mundo. 

O uso dos chamados sistemas de gestão integrados tornou-se cada vez mais comum em instituições de ensino, automatizando tarefas e organizando todas as áreas, fazendo, até mesmo, as escolas ganharem competitividade no mercado, já que, com tempo e mão de obra de sobra, é possível focar boas estratégias, como melhorar o atendimento aos alunos. 

Uma pesquisa feita pela IDG Research Services, por exemplo, revela que empresas de pequeno e médio porte dos Estados Unidos que utilizam um sistema de gestão são 10% mais produtivas que as que não usam, além de crescerem 35% mais rápido. 

Prova desse crescimento da digitalização no setor educacional são os números da Matheus Soluções. A plataforma, que permite automatizar 80% dos processos internos de uma escola, registra 100 mil alunos impactados em 119 unidades de ensino, grande parte dessas, adquiridas nos últimos dois anos. 

O software, que funciona em nuvem, propõe-se justamente a auxiliar alunos, funcionários, professores e gestores educacionais em diversas tarefas cotidianas, como realização e entrega de trabalhos e lições de casa, gerenciamento de notas, de faltas e muito mais.

A tecnologia também auxilia no conselho de classe, mensurando qualitativa e quantitativamente o desempenho dos discentes no ambiente escolar e respondendo ao questionamento mais delicado do ano: se o aluno reprova ou não.

Instituições
Tiago Rafael, gestor de operações da empresa

“Com o sistema integrado, o professor consegue inserir os dados individuais do aluno ao longo do ano, como notas, faltas, rendimento em classe, desenvolvimento em sala de aula e o que é preciso melhorar. Essas informações são levadas ao conselho de classe, e, de maneira democrática, definem-se os próximos passos de cada discente”, diz Tiago Rafael, gestor de operações da empresa. 

As instituições também conseguem ter mais agilidade em outras atividades operacionais e estratégicas, desde matrícula, rematrícula, meio de pagamentos das mensalidades e inadimplências. 

As dúvidas e as requisições dos alunos ou dos responsáveis, por exemplo, passam a ser resolvidas com mais rapidez e precisão por meio da plataforma.

“Imagine o volume de decisões que uma escola ou uma faculdade, por exemplo, precisa tomar. Automatizar esses fluxos representa mais agilidade à rotina, otimização do tempo, mensuração da performance das atividades e organização das finanças”, ressalta Thiago.

Expansão para pequenas escolas

Para o ano de 2023, a Matheus Soluções pretende expandir o uso de seu sistema para escolas com uma quantidade menor de alunos, estejam eles na educação infantil, estejam no fundamental, médio ou técnico.

“Calcula-se que existem no país 40 mil escolas privadas com até 8.136.345 alunos, e muitas vezes, nessas instituições, gestores estão sobrecarregados de funções e tarefas que poderiam ser automatizadas, trocando-se o operacional diário para pensar estrategicamente tanto no bem-estar do aluno quanto no negócio como um todo”, destaca Tiago.

Segundo Tiago, pensar de forma estratégica passou de para fundamental após o período de pandemia do novo coronavírus, quando entre 30% a 50% das escolas da rede privada de pequeno e médio porte entraram em risco de falência devido a cancelamentos de matrículas e atrasos nas mensalidades.

Os dados são da União das Escolas Particulares de Pequeno e Médio Porte, uma organização sem fins lucrativos criada durante o período de crise para dar suporte às instituições. 

Uma pesquisa realizada pela consultoria de gestão escolar Rabbit, que tem como base mais de 1.500 escolas particulares em todo o Brasil, mostra que essas instituições de ensino perderam um terço das matrículas, ou seja, 2,7 milhões, no ano de 2021.

“A automatização vem ajudar as escolas a reverterem esse quadro, quando garantem melhores condições de ensino e liberam professores e gestores para focar os alunos e o aprendizado”, finaliza o gestor da Matheus Soluções. 

Implementação do diploma digital nas universidades reduz custos e é tema de webinar da DINAMO Networks

Os rumos do diploma digital na educação superior

Certificação garante autenticidade do diploma digital

Diploma digital e modernização dos processos acadêmicos

Somos o maior portal brasileiro sobre Criptografia e Identificação Digital.

Com uma década de existência, temos um público de cerca de 2 milhões de leitores por ano.

As empresas que nos apoiam e nossos colunistas ajudam a criar um mundo digital mais seguro, confiável e tranquilo.

Acompanhe o Crypto ID nas redes sociais!

Você quer acompanhar nosso conteúdo? Então siga nossa página no LinkedIn!