Últimas notícias

Fique informado

Abinc Summit encerra com premiação de cases de aplicação da IoT

27/06/2019

Abinc também se posicionou com relação a aprovação do Plano Nacional de Internet das Coisas: “A validação do governo traz boas perspectivas para o setor”

O segundo dia do Abinc Summit – Conexão IoT reuniu empresários e especialistas em Internet das Coisas para debater a situação e desafios do setor no Brasil.

Para estimular a troca de experiência, empresas com projetos ou soluções que aplicam tecnologias de Internet das Coisas (IoT) para endereçar desafios de negócios foram selecionadas para apresentar os seus projetos de IoT durante o evento. Um comitê curador avaliou as apresentações e premiou dois cases.

Na categoria “Melhoria operacional”, o destaque foi para o projeto Smart Extrusion na Mexichem, apresentado por Adriano Perboni, Diretor de Manufatura na Mexichem Brasil.

A multinacional líder mundial em tubulações de plástico tem focado na indústria 4.0 e detalhou a implantação do smart extrusion (produção autônoma) que começou a ser implantado na planta de Sumaré (SP) e vai seguir o modelo na planta de Suape.

O processo revisa e qualifica todas as fases do processo industrial. São 55 sensores de controle para avaliar e entender o processo, o que aumenta a produtividade e reduz as peças rejeitadas o que, consequentemente, torna a fábrica mais eficiente.

Já na categoria “Inovação”, o projeto premiado foi a solução Bueiros Inteligentes, apresentado por Carlos Chiaradia, CEO e fundador na Net Sensors do Brasil.

O sistema apresentado é composto por um filtro com um sensor volumétrico que informa, em tempo real, quando um bueiro está cheio e envia um aviso para as equipes de limpeza irem pontualmente ao local e limparem o bueiro.

Com isso, a ideia é minimizar o impacto das grandes chuvas, impedir que o acúmulo de lixo nos bueiros se encaminhe para os rios e reduzir o custo operacional do processo de limpeza.

O autor de cada case premiado foi contemplado com a inscrição no congresso internacional IoT Solution World Congress 2019, a ser realizado em Barcelona (Espanha), do qual a ABINC é embaixadora nos últimos 4 anos.

“Os congressos de IOT até hoje tem tido um caráter muito acadêmico e científico. A Internet das Coisas já é uma realidade no mercado e o objetivo do ABINC Summit é atrair uma audiência interessada, principalmente, em entender como empresas de diversos segmentos já estão aplicando as tecnologias de IoT para obter ganhos em seus processos ou inovando em seus negócios”, destaca Flávio Maeda, Presidente da ABINC.

Abinc se posicionou sobre a aprovação do Plano Nacional de Internet das Coisas 

Entre uma palestra sobre a transformação de negócios de veículos autônomos com Sudha Jamthe, CEO na IoT Disruptions e professora na Stanford University, e apresentação de cases de como utilizar a IoT em benefício da saúde, uma notícia de grande relevância para o setor foi divulgada no Diário Oficial da União: o decreto nº 9.854 que institui o Plano Nacional de Internet das Coisas.

Segundo Flávio Maeda, Presidente da Abinc, a IoT está em um momento propício para uma expansão forte, pois todas as condições para um bom desenvolvimento já foram criadas: “A notícia veio a calhar com o tema de nosso evento pois é de interesse de todo o ecossistema reunido aqui hoje. O estudo para o Plano Nacional de IoT foi muito bem feito e agora todas as ações e políticas públicas que dependiam da assinatura deste decreto serão habilitadas e executadas”, avalia. “Considerando os nossos associados, majoritariamente empresas provedoras de serviços e produtos para a criação de soluções para IoT, ninguém estava esperando o plano ser aprovado para empreender ou fazer negócios, mas a validação do governo traz boas perspectivas para o setor, principalmente nas áreas consideradas prioritárias pelo estudo e que são fortemente dependentes e demandadas pelo governo como saúde e cidades inteligentes”, finaliza.

A Abinc participou desde o início da criação do Plano Nacional de IoT como membro da Câmara de IoT, que foi recriada pelo Decreto.

Sobre a ABINC

A ABINC, Associação Brasileira de Internet das Coisas, foi fundada em dezembro de 2015 como uma organização sem fins lucrativos, por executivos e empreendedores do mercado de TI e Telecom.

A ideia nasceu da necessidade de se criar uma entidade que fosse legítima e representativa, de âmbito nacional, e que permitisse a atuação em todas as frentes do setor de Internet das Coisas.

A ABINC tem como objetivo incentivar a troca de informações e fomentar a atividade comercial entre associados; promover atividade de pesquisa e desenvolvimento; atuar junto às autoridades governamentais envolvidas no âmbito da Internet das Coisas e representar e fazer as parcerias internacionais com entidades do setor.

Sudha Jamthe fala sobre as disrupções para um mundo conectado no primeiro dia do Abinc Summit – Conexão IoT

ABINC incentiva o desenvolvimento e troca de informações sobre a Indústria 4.0