Últimas notícias

Fique informado

Emerson Coelho, em entrevista exclusiva, dá detalhes sobre sigilo e identificação no setor bancário durante o Febraban Tech

30 de junho de 2023

Spotlight

O Halving do Bitcoin: Entendendo o Evento que Redefine a Oferta da Criptomoeda. Por Susana Taboas

Uma visão geral do que é o halving do Bitcoin e sua importância no contexto da economia digital.

17 de abril de 2024

Bertacchini da Nethone compartilha sua visão sobre o cenário atual de fraudes digitais

Tivemos a oportunidade de conversar com Bertacchini, especialista em Desenvolvimento de Negócios Sênior na Nethone, sobre como as empresas podem se blindar contra ciberameaças.

17 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024
Emerson Coelho, Chief Sales Officer da Invillia

A Invillia é uma multinacional brasileira que estava presente na Febraban Tech 2023 para falar sobre tecnologia no setor bancário e mostrar o lançamento da empresa que mostra inovação dentro do setor financeiro.

Em entrevista exclusiva ao Crypto ID, Emerson Coelho, Chief Sales Officer da Invillia, dá mais detalhes sobre sigilo, identificação, criptografia e autenticação no setor bancário.

Crypto ID: Com a chegada das novas tecnologias, como o setor bancário pode se preparar para garantir o sigilo e identificação dos dados dos clientes?

Emerson Coelho: Segurança é um assunto que tratamos desde o momento zero e é uma preocupação constante durante todo o desenvolvimento. Recomendamos sempre:

– Capacitar pessoas criando uma cultura de segurança em qualquer processo;

-Fortalecer as áreas de segurança de dados;

-Estabelecer regras rígidas de compliance, garantindo que os padrões de utilização dos dados sejam seguidos, como exemplo a LGPD;

-Investir em serviços de criptografia e anonimização de dados em processos de trânsito de informações sensíveis;

-Implementar arquiteturas de infraestrutura e de aplicações que privilegiem o isolamento de camadas de dados, não permitindo acessos diretos aos repositórios;

-Aplicar métodos e práticas de segurança no desenvolvimento de aplicações, garantindo que nenhum código seja publicado sem passar pelas etapas de checagem de segurança. Isso pode passar por atividades manuais e durante o processo de codificação, mas perseguir a automação destas validações;

-Considerar soluções de identificação e autorização baseadas em biometria, duplo fator de autenticação, entre outros;

-Pensar em soluções antifraude que garantam ao usuário que a sua identidade ou mesmo dados financeiros, não sejam utilizados de maneira indevida ou que transações não sejam feitas em seu nome.

Crypto ID: Em relação a criptografia e autenticação, como a Invillia ajuda clientes do setor financeiro nestas questões?

Emerson Coelho: É premissa na Invillia criar soluções de software que sigam rígidos padrões de segurança no desenvolvimento do código. Isso passa por:

-Implementar arquiteturas baseadas em padrões de mercado, como por exemplo o uso de serviços de nuvem (ex. AWS, Google Cloud, Microsoft Azure) que já trazem camadas de segurança com certificações (Ex. iso e pci), altamente testadas e que sejam escaláveis;

-Aportar conhecimento e melhores práticas de desenvolvimento seguro, através de frameworks como OWASP;

-Desenvolver pipelines de integração e deploy que se integre a ferramentas que fazem validações de vulnerabilidades de código;

-Ajudar os clientes a pensar na melhor forma de utilizar os dados das aplicações, garantindo que nenhuma informação sensível seja exposta fora de contexto ou permitindo o acesso indevido;

-Monitorar o uso das aplicações e buscar identificar possíveis tentativas de acesso indevido;

-Criar soluções baseadas em dados e algoritmos de Machine Learning para que possamos identificar potenciais ameaças e fraudes.

Crypto ID: Quais são as principais tendências que a empresa visualiza em termos de sigilo bancário, identificação dos usuários e criptografia de informações?

Emerson Coelho: Tanto nós quanto as outras empresas, que fazem parte do grupo Compass UOL, fazemos pesquisas constantes com os nossos clientes para identificar caminhos e tendências e com aplicações imediatas.

Nos assuntos levantados por vocês, destacamos nesse momento a adoção de tokenização (para substituição de dados sensíveis por tokens/hashs não significativos). A identificação de usuários para login por biometria e duplo fator de autenticação.

O uso de serviços de gestão de API que garantam controle de acesso e criptografia dos dados. E o uso de tecnologias como Blockchain para garantir a inviolabilidade de dados e transações.

Crypto ID: A Invillia consegue personalizar produtos e soluções digitais de acordo com a necessidade de cada cliente. Diante disso, quais produtos digitais os clientes mais têm buscado para endereçar questões como as citadas acima?

Emerson Coelho: Essa é uma pergunta bastante interessante. Nos últimos 6 meses temos recebido uma alta demanda de clientes dos setores de varejo, agro, saúde e logística procurando soluções customizadas de serviços e aplicações financeiras.

São perfis de empresas que já têm um negócio consolidado, mas que querem ampliar o portifólio, proporcionando aos clientes uma experiência completa e segura. 

A maior procura é por soluções que utilizem A.I. (inteligência artificial) e dados para jornadas anti-fraude e para serviços autônomos, por exemplo: chatbots para atendimento a cliente, renegociações, vendas, entre outros. 

Em segundo lugar, estão os pedidos de criação de serviços financeiros que aumentem o portfólio de ofertas, sejam com produtos próprios ou integrando parceiros (embedded finannce).

Também vale o destaque para: 

-Digitalização de produtos existentes, ampliando canais e buscando novos mercados, por exemplo: produtos de Crédito, Programas de Fidelidade, Marketplaces, entre outros;

-Modernização de aplicações legadas, migrando para arquiteturas baseadas em Micro-serviços/APIs e serviços de cloud;

-E por fim, criação de produtos financeiros baseados na tecnologia blockchain, como, por exemplo, a tokenização de ativos.

Crypto ID: Vocês estão com um lançamento aqui no evento Febraban Tech que prevê facilitar o caminho para quem não é do setor financeiro, mas quer criar um braço de negócio neste segmento. Qual que é o principal diferencial de mercado que vocês têm a oferecer e como isso beneficia os clientes?

Emerson Coelho: É um lançamento e, também, uma evolução natural do nosso modelo de inovar dentro de um mercado que atuamos há mais de 20 anos, com os principais players de banking e game changers de fintech.

Um segmento complexo e que a maioria absoluta das empresas precisará entrar nos próximos anos para ser mais competitiva e oferecer mais opções de serviços e conveniência aos seus clientes.

Um setor que requer conhecimento profundo do seu ecossistema, integrações, regulamentações e possibilidades. O nosso GGF™ for banking vem para transformar essa profundidade necessária em simplicidade.

Queremos ser um facilitador desse processo de agregar serviços financeiros ao negócio. 
E um acelerador que se adapta a cada desafio. Sem uma solução pronta. E, sim, um leque de caminhos que encaixamos na estratégia de cada um.

Indo para a prática, o nosso Global Growth Framework™ (GGF™) é um conjunto de metodologias, boas práticas e ferramentas que otimizam a criação de produtos e serviços digitais financeiros.

Do ponto de vista de tecnologia, como já fizemos inúmeros aplicativos bancários, plataformas de investimento, soluções de antifraude e risco, entre outros, acumulamos uma expertise única de arquitetura e usabilidade, soluções de desenvolvimento, processos de segurança, que podem ser aplicadas a diferentes cenários. 

Sobre Invillia

A Invillia é uma multinacional brasileira que cria e desenvolve produtos e serviços digitais nas tecnologias mais emergentes do mundo para game-changers como PagSeguro, Gympass, Sofisa, QuintoAndar, Tembici, Dafiti, VIA, AME, OLX, PicPay, Yamaha, Fiagril, entre outros. 

Seu exclusivo Global Growth Framework™ – plataforma de criação de soluções de tech – foi estruturado para ampliar a capacidade de inovação de cada cliente ao somar data, people e action. Com mais de 1.000 colaboradores atuando de forma distribuída e conectada em 9 países e 260 cidades, a Invillia mantém hubs estratégicos na América Latina, Portugal, Reino Unido, México e Holanda.

Crypto ID entrevista Solange da Silva, empresária do segmento de identificação digital

Entrevistamos Felipe Campos Barroso, Chief Revenue Officer (CRO) da Payface

Entrevistamos Paula Renata Nogueira, fundadora da ATIVE

AUTENTICAÇÃO

Autenticação forte faz parte da estratégia de segurança da informação de todas as empresas que utilizam meios eletrônicos. No Crypto ID temos muitos artigos e matérias sobre o tema para complementar seu conhecimento. Leia sobre Autenticação nesse link!