Últimas notícias

Fique informado

Federação Assespro sugere medidas para evitar a mortalidade das empresas e perda de empregos no setor de TI

26/03/2020

Spotlight

Presidente do ITI fala sobre a CertLive que abordou as MPs 951 e 983

Conversamos com Carlos Roberto Fortner sobre a primeira CertLive recebeu parlamentares e integrantes do governo brasileiro em torno das MPs 951 e 983 de 2020.

31/07/2020

Associações da Sociedade Civil manifestam seu apoio à aprovação da MP 951/2020

A MP autoriza a emissão dos certificados digitais, no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil, por meio de videoconferência.

31/07/2020

O pequeno herói e sua conexão com a tecnologia para acesso ilimitado e seguro

Neste ebook apresentamos a história do pequeno herói neerlandês e sua conexão com a tecnologia do SafeSign e todo o ecossistema de soluções da AET – Unlimited access to your world.

22/07/2020

Cresce a oferta e a procura por cursos superiores na área de computação

Só no Paraná, em um ano o número de vagas na área de computação subiu 14% e 13%, aponta estudo da Assespro-PR feito em parceria com a UFPR.

07/01/2020

A Federação Assespro lançou um manifesto com sugestões de medidas adicionais que visam evitar a mortalidade das empresas e a perda de empregos no setor

Com o confinamento de milhares de pessoas por conta da pandemia da Covid-19 (coronavírus), o setor de TI se mostra essencial para o funcionamento de serviços públicos e privados. Representante de mais de 2.500 empresas do setor.

Italo Nogueira – Presidente da Assespro Nacional

“Apoiamos as medidas trabalhistas e creditícias tomadas até agora e sugerimos propostas firmes para passarmos por esse momento mais duro, bem como preservação dos empregos no nosso setor”, afirma Italo Nogueira, presidente da Assespro Nacional.

Entre as propostas para a manutenção do emprego está o uso da Rais (Relação Anual de Informações Sociais) para o pagamento de até R$ 2.500 por empregado, até três meses, alternativa ou complementarmente, a liberação de crédito pré-aprovado pelos bancos públicos, com a retirada da necessidade de comprovação de “garantia real” para a concessão desses empréstimos.

Com o objetivo de manter o funcionamento dos mais diversos serviços prestados à população, outra proposta é a manutenção dos contratos de TI com os órgãos públicos e a rápida liberação do pagamento das dívidas com as empresas do setor.

A Entidade também defende a postergação da data de vencimento dos tributos de IRPJ, CSLL, PIS e COFINS em 180 (cento e oitenta) dias, sem incidência de multas, juros e correções.

Assespro aproxima-se do Governo Federal para promover avanços no setor de tecnologia

Empresários de Tecnologia da Informação vão ao Congresso para entregar propostas do setor

Inteligência Artificial: como a TI pode fazer mais com menos

O Crypto ID está sempre acompanhando o mercado para te atualizar!

  Explore outros artigos! setor