Últimas notícias

Fique informado

Conselho de Cibersegurança da CompTIA visa fortalecer a defesa cibernética do Brasil

05/02/2020

Spotlight

Serviços prestados pelas Autoridades Certificadoras e de Registro da ICP-Brasil são considerados essenciais segundo decreto 10.282

Pelo decreto, são considerados essenciais os serviços relacionados a certificação digital ICP-Brasil: Art. 3º, §1º, XXI do Decreto nº 10.282/2020.

23/03/2020

Em caráter de urgência ITI publica Instrução Normativa nº 2 para validação dos titulares dos certificados digitais por videoconferência

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 20 DE MARÇO DE 2020 Estabelece os procedimentos de confirmação de cadastro de requerente de certificado digital por meio de videoconferência.

20/03/2020

Diretor-presidente do ITI alerta para a validade de certificados digitais de empresários brasileiros

Marcelo Buz do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI alerta os empresários brasileiros para a validade do certificado digital.

20/03/2020

Brasília receberá maior evento de Segurança e Defesa do país

O evento foi concebido para promover o debate de assuntos da Defesa e Segurança entre as Forças Armadas e de Segurança Pública.

19/06/2019

Política de Defesa Cibernética será avaliada pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) decidiu nesta quinta-feira (9) avaliar durante o ano de 2019 a Política de Defesa Cibernética, que está sob a alçada do Exército brasileiro

09/05/2019

A criação de um esforço para melhorar o ambiente de cibersegurança no país, é um reflexo da necessidade que o governo e as empresas enfrentam contra as ameaças existentes, e traz à tona reflexões sobre como mudar o cenário atual com a elaboração de novas leis

Pensando nisso, a CompTIA (The Computing Technology Industry Association), principal associação da indústria de tecnologia no mundo, e líderes do setor de tecnologia, além da comunidade empresarial brasileira, formaram o Conselho Empresarial de Segurança Cibernética da CompTIA no Brasil (CSEC).

O CSEC inclui executivos de diversas organizações, todas ligadas à setores críticos de infraestrutura e cibersegurança, como serviços bancários e financeiros; consultoria e serviços profissionais; defesa; varejo; aço e telecomunicações.

Leonard Wadewitz – Diretor de desenvolvimento de negócios da CompTIA na América do Sul e no Caribe

“As organizações estão enfrentando desafios de segurança cibernética que são cada vez mais complexos e representam sérias ameaças às suas operações”, pontua Leonard Wadewitz, diretor de desenvolvimento de negócios da CompTIA na América do Sul e no Caribe.

O Conselho também inclui executivos de muitos dos maiores provedores de serviços de segurança gerenciados do Brasil. O grupo se reunirá trimestralmente para discutir o cenário da cibersegurança que passa por rápidas mudanças, focando em estratégias para manter seguros os indivíduos e as organizações. Foram estabelecidos 5 pilares que serão o foco das reuniões:

• Cooperação Público/Privada – tem como objetivo discutir e propor medidas legais ou regulação setorial para melhorar a segurança cibernética

• Cooperação e Culturas Corporativas – visa integrar e estimular a cooperação e a troca de experiências para melhorar a segurança

• Governança Internacional – tem o propósito de fazer a ponte entre as melhores práticas e referências entre as organizações, e propor padrões e estruturas internacionais

• Novas Tecnologias – promover a inovação, pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias em cibersegurança

• Força de trabalho – desenvolver campanhas de conscientização e propor políticas públicas que aprimorem a força de trabalho de segurança cibernética do país

“A cada nova tecnologia lançada aumentam as possibilidades de novos negócios, além de trazer benefícios inimagináveis para a vida das pessoas. Mas, toda inovação também traz ameaças intrínsecas à estas tecnologias. As ameaças cibernéticas são uma realidade com a qual teremos sempre que lidar.”

“O que precisamos a partir de agora é nos conscientizar, e investir em segurança de uma forma organizada. E é para isso que criamos o novo Conselho da CompTIA, que apoiará legisladores e empresas e será fonte de consulta sobre cibersegurança.”, finaliza Leonard Wadewitz.

Sobre a CompTIA

A CompTIA é uma das principais vozes na defesa do ecossistema global que gira em torno de US 5 trilhões em tecnologia da informação; e dos mais de 50 milhões de profissionais da indústria e tecnologia que projetam, implementam, gerenciam e salvaguardam a tecnologia que alimenta a economia mundial. Por meio de educação, treinamento, certificações, advocacia, filantropia e pesquisa de mercado, a CompTIA é o centro de avanço da indústria tecnológica e de sua força de trabalho. Visite o site para saber mais.

Autenticação de dois fatores está entre as medidas de cibersegurança que você deve aplicar em 2020

Os desafios da cibersegurança aplicada a banco de dados

Política de Defesa Cibernética será avaliada pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional

Navegue mais em nosso portal, você com certeza vai gostar! (cibersegurança)

  Explore outros artigos!