Últimas notícias

Fique informado

Token é pendrive? Afinal, o que é token? – Ouça

06/03/2020

Spotlight

Como confirmar a validade das assinaturas digitais ICP-Brasil?

Com o isolamento social a tecnologia da certificação digital vem possibilitando com que pessoas e empresas resolvam alguns procedimentos por meio de documentos eletrônicos, mas como ter segurança?

21/05/2020

Multi-cloud é o novo normal, mas é um desafio maior à segurança de dados

A preocupação com o controle de identidades digitais nos ambientes corporativos se intensifica entre os CIOs do mundo todo na mesma proporção em que surgem as aplicações em Nuvem.

18/05/2020

Autenticação eletrônica: a validade jurídica do documento eletrônico – Ouça

O uso da Internet para transações e trocas de todo o tipo criou uma necessidade pelo meio eletrônico cada vez mais robustos de autenticação.

23/01/2020

Previsões para 2020 são válidas? Por Eder Souza

Eder Souza, colunista do Crypto ID, destaca os aspectos mais relevantes que devem ser considerados por profissionais de segurança da Informação em 2020.

08/01/2020

Afinal, o que é o token? Desvende o mistério por trás de um dos principais meios de armazenamento de certificado digital e saiba suas vantagens nesse artigo

Por Valid

Se você tem um certificado digital, ou está pesquisando para adquirir o seu, provavelmente já se deparou com as diferentes opções de modelo e armazenamento.

Enquanto o certificado A1 é instalado diretamente no computador do titular do certificado, o A3 exige um mídia física de armazenamento, que pode ser um cartão com chip ou o token.

Token e pendrive são a mesma coisa?

Não. Eles são fisicamente parecidos, mas não são a mesma coisa. Um pendrive nada mais é que um dispositivo móvel de armazenamento. Basicamente, qualquer tipo de arquivo pode ser colocado e retirado livremente de um pendrive comum e, via de regra, eles não são protegidos por senha.

Ok, mas o que é o token?

O token é um hardware (dispositivo físico) criptográfico, protegido por senha e com um software instalado (um programa), de uso exclusivo para o armazenamento do Certificado Digital. Uma vez armazenada no token, a chave criptográfica está absolutamente protegida e não pode ser transferida ou copiada para um outro dispositivo qualquer.

Em outras palavras, o token é mais seguro, menos propenso a ataques e não pode ser usado para armazenamentos diversos ou qualquer movimentação de arquivo. A ideia é que você está protegido por duas etapas distintas, o que só você tem (o seu token) e o que só você sabe (suas senhas PIN e PUK).

Ainda, os tokens devem respeitar os padrões de segurança da ICP-Brasil, a primeira autoridade na cadeia de certificação do Brasil e responsável pelas normas técnicas e operacionais da certificação digital.

Além de proporcionar mobilidade no transporte do certificado e de ser altamente seguro, o certificado armazenado em token — ou no cartão — pode ter validade de até 36 meses, contra 12 daquele instalado diretamente no computador do usuário.

Quais os cuidados com o token?

Os cuidados que você deve tomar com o seu token são básicos: não molhe, não use nenhum tipo de produto abrasivo na limpeza e não exponha-o a temperaturas extremas.

Lembre-se, também, que em caso de perda, você deve informar a Autoridade Certificadora para proceder com a revogação do certificado e que será necessário adquirir um novo.

Por fim, você pode conferir os modelos de token e cartões criptográficos homologados pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação aqui.

E, então, dúvidas esclarecidas? O token até parece um pendrive comum, mas é muito mais seguro e de uso exclusivo para garantir a segurança da sua identificação digital.

Fonte: Pode Contar por Valid Certificadora

Entrevista com Márcio Nunes, da Valid Certificadora, sobre a certificação digital em 2019 e 2020 – Ouça

Como verificar a validade de uma assinatura digital?

Valid apresenta soluções para o mercado notarial e registral – Ouça

Navegue mais em nosso portal, você com certeza vai gostar! 

  Explore outros artigos!