Últimas notícias

Fique informado

Por que a eficiência operacional é indispensável para o gerenciamento de data centers?

10 de janeiro de 2023

Spotlight

Nuvens Tempestuosas: Navegando pelo Panorama Complexo da Cibersegurança na Nuvem

Enquanto as organizações migram cada vez mais dados e serviços para a nuvem, a complexidade e a magnitude das ameaças cibernéticas também crescem.

15 de maio de 2024

Cancelamento de hipotecas – Assinatura avançada versus qualificada – Parte II

Essa segunda parte discute os padrões e requisitos para o processamento eletrônico de documentos no registro de imóveis no Brasil.

15 de maio de 2024

Cancelamento de hipotecas – Assinatura avançada versus qualificada – Parte I

Questão das assinaturas eletrônicas no Registro de Imóveis é incerta, mesclando aspectos tecnológicos e jurídicos.

14 de maio de 2024

Por que é tão complexo se proteger de ataques cibernéticos? Por Rodrigo Fragola

“A meta agora não é alcançar segurança absoluta, mas sim segurança relativa no mercado em que se atua.” Fragola

13 de maio de 2024

Edmar Araujo, o novo diretor-executivo da ANCD concede sua 1ª entrevista ao Crypto ID

Edmar Araujo diretor-executivo da Associação Nacional de Certificação Digital e fala com exclusividade ao Crypto ID.

13 de maio de 2024

Confira 7 dicas para a redução do uso de papel nas empresas

São sete dicas essenciais para ajudar as empresas a reduzirem o uso de papel e promoverem práticas mais sustentáveis.

9 de maio de 2024

O impacto ecológico do processo eletrônico

Estimativa revela que a cada 100 processos judiciais físicos tornados eletrônicos, o corte de uma árvore é evitado

9 de janeiro de 2023

5 tendências para produtos digitais em 2023

Setor de produtos digitais cresce exponencialmente desde 2020 e espera manter índices positivos no próximo ano a partir de novas estratégias

6 de janeiro de 2023

RH 5.0: uma tendência que une tecnologia à uma gestão humanizada

Um dos principais desafios para o avanço do RH 5.0 é conseguir unir as competências humanas às qualidades tecnológicas

6 de janeiro de 2023

Afinal, hard tech e deep tech são a mesma coisa?

Especialista explica as diferenças entre “hard tech” e “deep tech” e como cada uma impacta os negócios e a sociedade

5 de janeiro de 2023

Inteligência Artificial: quais os benefícios do uso no mercado financeiro?

Especialista de infraestrutura de inteligência artificial diz como a tecnologia tem acelerado processos e otimizado a experiência de clientes

5 de janeiro de 2023

Diversão e conexão: entenda como proteger as crianças nas férias 

90% das crianças e adolescentes brasileiros têm conexão à internet – aplicativo da Mercusys garante diversão segura com supervisão dos pais 

5 de janeiro de 2023

Há diversas práticas que auxiliam a construção de uma base de segurança e de eficiência para a gestão da infraestrutura em data centers

Por Tiago Andrade, Gerente de Operação e Manutenção da ODATA

eficiência
Por Tiago Andrade, Gerente de Operação e Manutenção da ODATA

Os rápidos avanços da tecnologia têm impactado diretamente na adoção do processo de transformação digital por empresas dos mais diversos segmentos, em especial o de TI.

Para se ter uma ideia, um relatório recente da Grand View Research prevê que o valor do mercado global de transformação de data centers atingirá mais de US$ 24 bilhões até 2030.

Em 2021, o setor foi avaliado em US$ 7.8 bilhões, ou seja, estamos falando de um nicho que deverá se expandir bastante em relativamente pouco tempo.

Com a transformação digital em ascensão, surgem diariamente grandes demandas de informações, provocando um maior tráfego de armazenamento e transmissão de dados nos data centers.

Consequentemente, eles encaram a necessidade de se adaptar de diferentes maneiras para assegurar a eficiência operacional de toda a sua estrutura.

De modo geral, a eficiência operacional pode ser definida como a capacidade de uma organização em produzir um serviço ou produto de alta qualidade. Isso reduz ao máximo o desperdício de tempo, esforço e materiais em sua operação.

Da mesma forma, essa eficácia é bastante atribuída à métrica de eficiência do lucro obtido por essa organização em relação aos custos operacionais. Portanto, quanto mais lucrativa é uma empresa ou investimento, maior será a eficiência operacional.

A grande questão é: como aumentar a eficiência operacional?

É importante entender, primeiramente, que mudanças nos procedimentos – por meio do incremento de sistemas, processos ou capacidades de gestão de serviços – podem não ser eficazes caso sejam redundantes ou desperdícios.

Na prática, a eficácia nas operações da empresa é obtida com a simplificação das operações básicas do dia a dia. Ela foca especialmente na utilização inteligente de recursos, produção, gerenciamento de estoque e distribuição.

No setor de data centers, há diversas boas práticas que possibilitam a construção de uma base segura e sistemática para a gestão da infraestrutura do local, como:

– Detecção de temperaturas e vazamentos de fluído;

– Monitoramento das condições dos racks, da eficiência energética, das redes de internet e de baterias;

– Controle inteligente de refrigeração de precisão e de energia crítica;

– Gerenciamento de alertas e alarmes de sinalização das condições de desempenhos operacionais;

– Estabelecimento de políticas internas efetivas de ESG e EHS para operações sustentáveis.

Mediante a essas práticas, os sistemas e sensores instalados estrategicamente dentro do espaço físico do data center se tornam imprescindíveis para essa coleta eficiente e automática de dados.

À vista disso, é possível utilizá-los racionalmente para alcançar maior disponibilidade, ampliar a eficiência operacional e elevar o valor da virtualização.

Um exemplo claro de serviços de data center que apoiam a eficiência operacional por meio daautomação é o Smart Hands. Ele é vantajoso pois permite maior agilidade no atendimento das necessidades do cliente final.

Nele é possível incluir atribuições como a instalação de hardwares e softwares, correções de falhas e gerenciamento dos dispositivos. Desse modo, o cliente terá um especialista disponível o tempo todo, com total conhecimento dos processos que envolvem o gerenciamento da estrutura de data centers.

Vale ressaltar que essas práticas devem ser impreterivelmente consideradas por data centers para adaptá-los às novas demandas advindas de tecnologias avançadas, como Inteligência Artificial (IA) e Metaverso.

Portanto, os data centers assumem um novo estágio de maturidade. Já que serão marcados por uma abordagem mais proativa à gestão.

Além disso, à medida que passam a permitir maior eficiência operacional, melhor será o planejamento e mais altos os níveis de serviço.

Sobre a ODATA

Fundada em 2015, a ODATA é uma provedora brasileira de serviços de data center, que fornece infraestrutura de TI escalável, confiável e flexível na América Latina.

Focada em Colocation, a ODATAatende à crescente demanda por energia, espaço e confiabilidade de organizações de diversos setores, sendo completamente qualificada para oferecer soluções de enterprise/retail (desde meio rack, racks inteiros e cages) até projetos built to suit (constrói e opera data centers novos, para um único cliente, na região escolhida).

Painéis elétricos 4.0 podem garantir continuidade de operações em data centers

Os diferenciais da técnica built-to-suit na construção de data centers

5 tendências para produtos digitais em 2023

Escola de programação visa transformar a realidade das favelas brasileiras por meio de tecnologia avançada

Em novembro 2024, o Crypto ID completa uma década de sucesso

E foi um caminho incrível!

Desde o seu início, temos sido acompanhados por uma comunidade apaixonada e engajada, que cresce a cada ano.

Com dois milhões de seguidores por ano, nossa jornada é marcada por conquistas, inovação e colaboração.

As empresas mantenedoras têm sido pilar fundamental para o nosso crescimento contínuo. Seu apoio nos permite manter a qualidade e a relevância das informações que compartilhamos. Agradecemos a cada uma delas por acreditar na nossa missão e nos ajudar a construir uma comunidade forte e informada.

E não podemos esquecer do nosso excepcional time de colunistas! São eles que trazem insights, análises e opiniões valiosas para os nossos leitores. Com suas vozes únicas, eles enriquecem o conteúdo do Crypto ID e nos ajudam a manter a excelência. Expressamos, ainda, nossa profunda gratidão às Assessorias de Imprensa que têm sido parceiras essenciais ao longo dessa incrível jornada.

À medida que nos aproximamos de mais um aniversário, renovamos nosso compromisso em promover a segurança digital, a privacidade e a tecnologia. Obrigado a todos que fazem parte dessa incrível jornada!

Juntos trabalhamos por um mundo digital com mais sigilo, identificação e segurança gerando confiança para que empresas, máquinas e pessoas possam confiar umas nas outras.

CATEGORIAS

Mercado Notícias OT