Últimas notícias

Fique informado

Insegurança digital: pesquisa NordVPN aponta que 68% dos brasileiros acreditam que são rastreados por cibercriminosos

28 de fevereiro de 2023

Spotlight

O Halving do Bitcoin: Entendendo o Evento que Redefine a Oferta da Criptomoeda. Por Susana Taboas

Uma visão geral do que é o halving do Bitcoin e sua importância no contexto da economia digital.

17 de abril de 2024

Bertacchini da Nethone compartilha sua visão sobre o cenário atual de fraudes digitais

Tivemos a oportunidade de conversar com Bertacchini, especialista em Desenvolvimento de Negócios Sênior na Nethone, sobre como as empresas podem se blindar contra ciberameaças.

17 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

Dados de 351 mil brasileiros estão à venda em mercados ilegais

Pesquisa da NordVPN aponta que as identidades digitais de 5 milhões de pessoas no mundo podem ser vendidas aos mercados de bots

18 de janeiro de 2023

Ei, Google: como hackear uma conta no Facebook? Essa pesquisa pode parecer estranha, mas o estudo da NordVPN explica

Hoje, aproximadamente 15% de todos os usuários de mídia social lidaram com atividades não autorizadas em suas contas nas redes sociais

8 de dezembro de 2022

Axur lança rastreador de base de dados para ajudar empresas a cumprir LGPD

A nova ferramenta da AXUR permite às empresas terem o melhor controle possível sobre dados vazados por meio de ‘sensores’ que são embutidos nas bases ou nestes dados.

27 de julho de 2021

Descobertas falhas de segurança em rastreadores GPS que expõem a localização de mais de meio milhão de crianças e idosos

Laboratório de Ameaças da Avast confirmou que os dados viajam sem criptografia da rede GSM para o servidor, sem nenhuma autorização.

6 de setembro de 2019

 Especialista da NordVPN explica que brasileiros podem ser rastreadas por quase todos os dispositivos conectados à internet 

Uma nova pesquisa da empresa de segurança cibernética NordVPN revelou que 33% dos brasileiros acham que são rastreados quase o tempo todo.

No mesmo sentido, 88% dos entrevistados apontaram estar preocupados em serem rastreados online. Especialistas afirmam que as pessoas estão se tornando rastreáveis aceitando cookies, usando Wi-Fi público e até mesmo tendo um relógio inteligente. E essas são apenas algumas das maneiras entre muitas. 

Outra parte da pesquisa mostrou que os brasileiros têm principalmente medo de que suas senhas (60%) e informações bancárias ou financeiras (58%) sejam hackeadas.

Eles também têm medo de e-mails hackeados (23%), contas de mídia social (21%) e fotos e vídeos pessoais ou íntimos (21%). 

A mesma pesquisa mostra que a maioria dos brasileiros acredita que são rastreados principalmente por criminosos (68%) e gigantes de mídia social, como o Facebook (33%).

Mais da metade dos brasileiros (59%) sente ainda que os aplicativos estão pedindo mais informações do que o necessário.

Eles também sentem que Facebook (67%), WhatsApp (52%) e Instagram (50%) coletam a maior quantidade de dados. Ironicamente, todos os três aplicativos pertencem à mesma empresa.  

Embora os brasileiros tenham medo de que suas informações financeiras sejam hackeadas, quase metade (47%) salva seus dados de login bancário em vários dispositivos, o que é altamente arriscado.

“Inserir os dados do seu cartão de crédito toda vez que você compra algo online pode não parecer conveniente, mas é a coisa certa a fazer. A internet não é um lugar seguro e você não deve confiar seus detalhes a terceiros”, diz Daniel Markuson, especialista em privacidade digital da NordVPN. 

Boa parte dos brasileiros se preocupa ainda com as gigantes da mídia social (33%), seguidas de governo (32%), agregadores de informação e publicidade como o Google (28%) e marcas ou agências de publicidade (16%) acompanhando suas atividades online. 

“Não são apenas os cibercriminosos que estão interessados em seus dados. Redes de mídia social, ISPs, organizações terceirizadas, sites e instituições governamentais coletam regularmente dados pessoais e hábitos de navegação dos usuários para marketing ou outros fins. Eles frequentemente usam cookies para rastrear suas pegadas digitais”, explica Daniel Markuson. 

Como os brasileiros estão sendo rastreados? 

As pessoas usam smartphones o dia todo, todos os dias – para trabalhar, se divertir, entrar em contato com amigos ou fazer compras.

Talvez seja por isso que 84% dos brasileiros acreditam que seus celulares são a melhor maneira de rastreá-los online, seguidos por laptops ou desktops (66% e 56%, respectivamente) e tablets (49%).

Ao mesmo tempo, eletrodomésticos inteligentes não são considerados altamente capazes de espionagem – eles foram nomeados os culpados menos prováveis.

Quase metade dos brasileiros (40%) sente-se ouvida por seus aparelhos e reafirma a preocupação com o fato de gadgets poderem espionar as pessoas. 

Quando se trata de utilização de dados online, a maioria dos brasileiros acredita que eles são usados pelas plataformas de mídia social para encontrar as informações mais relevantes sobre elas (50%) e que são usados por anúncios direcionados (44%).

Além disso, os brasileiros acham que seus dados são analisados por sites para uso interno (44%) e que estão sendo vendidos para outras empresas (38%). 

O estudo também descobriu que quase um quarto (22%) dos brasileiros “sempre” aceita cookies e 26% o fazem “a menos que pareça suspeito” – apenas 5% “nunca” aceitam. 

“Outra área em que as pessoas costumam ser pegas é aceitar cookies – eles podem rastrear e coletar dados do seu navegador e enviar esses dados de volta ao proprietário do site – e, se você não ‘recusar’ cookies de terceiros, o site pode vender sua navegação a terceiros”, comenta Daniel. 

O Wi-Fi é outro sistema que coloca as pessoas online em troca de valiosos dados pessoais de inscrição. “Quando você usa o Wi-Fi ‘gratuito’, há uma boa chance de que ele seja gerenciado por um provedor terceirizado que o coloca online em troca de seus valiosos dados de login, como endereços de e-mail, perfis de mídia social e números de telefone. O que pode surpreendê-lo é que alguns provedores de hotspot estão levando a coleta de dados um passo adiante e rastreando silenciosamente o paradeiro de milhões de usuários, mesmo depois que eles deixaram o estabelecimento”, acrescenta. 

“Embora sempre sejamos rastreados de uma forma ou de outra quando estamos online, para minimizar os riscos, você pode usar uma VPN, que ocultará seu IP e sua localização, e em geral, tenha cuidado online. Mantenha seus bons hábitos de higiene cibernética para ficar seguro no universo digital”, acrescenta Daniel. 

Sobre a NordVPN  

A NordVPN é o provedor de serviços VPN mais avançado do mundo, usado por milhões de usuários da internet. A NordVPN fornece criptografia de VPN dupla, Onion Over VPN e garante privacidade com rastreamento zero.

Um dos principais recursos do produto é a Proteção contra Vírus e Ameaças, que bloqueia sites maliciosos, malware, rastreadores e anúncios.

A NordVPN é muito fácil de usar, oferece um dos melhores preços do mercado e possui mais de 5 mil servidores em 60 países em todo o globo.

Criptografia está entre as 7 tecnologias em destaque em 2023 diz especialista em privacidade digital da NordVPN

Ei, Google: como hackear uma conta no Facebook? Essa pesquisa pode parecer estranha, mas o estudo da NordVPN explica

Pesquisa da NordVPN evidencia que já foram vendidas mais de 700 mil informações pessoais, movimentando R$88 milhões

ChatGPT pode hackear o cérebro humano?

CLM alerta: anúncios no Google podem esconder ciberataques dinâmicos

Aqui no Crypto ID você encontra reunidos os melhores estudos e pesquisas sobre o universo da Segurança da Informação aplicada a diversas verticais de negócios. Acesse nossa coluna e conheça!

Somos o maior portal brasileiro sobre Criptografia e Identificação Digital.

Com uma década de existência, temos um público de cerca de 2 milhões de leitores por ano.

As empresas que nos apoiam e nossos colunistas ajudam a criar um mundo digital mais seguro, confiável e tranquilo.

Acompanhe o Crypto ID nas redes sociais!