Últimas notícias

Fique informado

Médicos podem interagir com pacientes através de uma base de conhecimento

12/12/2018

Chatbot é um aplicativo de conversa por texto ou voz, baseado em tecnologia de Inteligência Artificial (AI) que simula um ser humano na conversação com as pessoas.

Por Nilo Silva 

Nilo Silva – Diretor de Desenvolvimento de Negócios

O objetivo é responder as perguntas de tal forma que as pessoas tenham a impressão de estar conversando com outra pessoa e não com um programa de computador. Após o envio de perguntas em linguagem natural, o programa consulta uma base de conhecimento e em seguida fornece uma resposta que tenta imitar o comportamento humano.

Os Chats, aplicativos amplamente utilizados nos sites e nas redes sociais

Como facebookSkype e WhatsApp, estão evoluindo graças a tecnologia AI para melhorar a experiência do usuário no contato com as empresas. Na área da saúde, os Chatbots representam um grande auxílio para melhorar a experiência do paciente, abrindo um grande leque de aplicações na área da saúde.

Os Chatbots são ótimas ferramentas para que os hospitais possam oferecer cuidados mais personalizados, reduzindo os tempos de espera e atendendo rapidamente a milhares de pacientes. Desempenham um papel valioso na personalização do atendimento ao paciente e na melhoria da retenção e lealdade dos pacientes. Os Bots podem estar disponíveis 24 horas por dia para oferecer acesso ao paciente para todos os tipos de suporte de saúde, incluindo conselhos de medicação, recargas de prescrição, resultados de testes e tarefas, como agendar uma consulta ou exame.

“Multiplicidade e personalização do atendimento aos pacientes estão entre as vantagens de utilizar a Inteligência Artificial na área da saúde”

Os pacientes também podem experimentar serviços semelhantes ao que um cuidador em casa oferece ao usar um chatbot. Os pacientes podem se interagir com esta enfermeira virtual para obter planos de cuidados personalizados e lembretes para medicamentos e compromissos. Com a ajuda de perguntas personalizadas arquivadas por médicos, este chatbot pode analisar os riscos através do reconhecimento de voz e pela compreensão das entradas dos pacientes.

Pesquisas já demonstraram que hospitais obtiveram melhores resultados nos tratamentos quando médicos e enfermeiras mantem contato com os pacientes após alta. Um chatbot projetado para lidar com atendimento médico de acompanhamento pode ajudar o hospital a oferecer melhores cuidados e até diminuir a taxa de reingresso do hospital.

Os médicos podem interagir com o bot para obter as informações mais recentes sobre os resultados do diagnóstico do paciente, medicação, equipe de cuidados e tratamentos recentes. Isso tornaria muito mais fácil para os médicos se lembrar de detalhes para discutir durante a consulta do paciente. Em última análise, os chatbots podem ajudar os médicos a aumentar a produtividade e a dar uma resposta mais rápida aos pacientes.

Mas os Chatbots não fazem isso sozinhos, eles precisam estar integrados e serem alimentados a partir de uma base de conhecimento do paciente, como por exemplo um software CRM (Customer Relationship Management), que por sua vez é alimentado pelos profissionais da área da saúde.

Em resumo, chatbots oferecem uma ótima experiência de usuário para os pacientes, sem que eles tenham que baixar ou instalar um aplicativo. Tudo o que eles têm a fazer é conversar com o bot para obter respostas relevantes às suas consultas.

Nilo Silva