Últimas notícias

Fique informado

Varonis expande proteção ao Exchange Online para impedir vazamento de e-mails

10 de novembro de 2023

Spotlight

Governo Federal apoia Rio Grande do Sul na emissão 2ª via da Carteira de Identidade Nacional

O mutirão coordenado pelo Governo do RS começou nos abrigos de Porto Alegre. Expedição da segunda via será imediata

20 de maio de 2024

As equipes de segurança podem reduzir a superfície de ataque de e-mail e reduzindo o risco imposto pela adoção da IA generativa

A Varonis Systems, Inc. (Nasdaq: VRNS), líder em segurança de dados, acaba de anunciar a adição de novos recursos de proteção ao Microsoft 365, com o objetivo de detectar e prevenir continuamente exposições no principal serviço de e-mail baseado em nuvem do mundo. A solução já conta com tecnologia para proteção de dados no OneDrive, SharePoint Online e Teams.

Com este lançamento, a Varonis estende sua tecnologia patenteada de classificação de dados para mensagens de e-mail, anexos e eventos de calendário, adicionando contexto vital aos melhores recursos de detecção de ameaças e análise de exposição do Exchange Online.

“Ao menos 91% dos ataques cibernéticos começam com email. As caixas de correio são uma fonte de dados confidenciais que podem facilmente cair em mãos erradas sem a proteção adequada. Apesar de ser a fonte de algumas das violações de dados mais significativas de todos os tempos, o email continua a ser um ponto cego para muitas empresas“, explica Carlos Rodrigues, vice-presidente da Varonis para América Latina.

O risco da IA generativa

A ascensão do Microsoft 365 Copilot e de outras ferramentas de IA que aproveitam as permissões do usuário para verificar e-mails vai exigir das organizações um nível de proteção de email que muitos, hoje, não adotam.

Com a solução de proteção da Varonis, as equipes de segurança podem reduzir proativamente a superfície de ataque de e-mail, impedindo a exfiltração de dados, e reduzindo o risco imposto pela adoção da IA generativa.

A ferramenta possibilita realizar a identificação das caixas de correio expostas a usuários convidados e externos, bem como não proprietários e delegados, além da detecção e sinalização de violações de privacidade de dados, ou seu manuseio impróprio, entre outras funcionalidades.

“A Varonis verifica milhões de e-mails, mapeia permissões de caixas de correio e monitora atividades em uma escala incomparável. Como resultado, nossos clientes podem reduzir drasticamente a probabilidade de uma violação de dados relacionada a e-mail com a mesma plataforma nativa da nuvem que usam para proteger dados em SaaS, IaaS e dados em nuvem híbrida“, explica Rodrigues.

4 melhores práticas para proteção do e-mail corporativo

Cibercriminosos atacam e-mails de C-Levels para acessar informações sensíveis de companhias, revela ISH Tecnologia  

O tweet do profissional de segurança força uma grande mudança na autenticação de e-mail do Google

Acompanhe o melhor conteúdo sobre Inteligência Artificial publicado no Brasil.