Últimas notícias

Fique informado

Thales assume o controle do satélite de demonstração da ESA no primeiro exercício de segurança cibernética do seu tipo

28 de abril de 2023

Spotlight

Doc9 lança Guia Prático de Prompts para ChatGPT no Jurídico: Como Maximizar a Eficiência com a Inteligência Artificial

Para obter os melhores resultados com o ChatGPT no contexto jurídico, siga as dicas importantes do Guia Prático de Prompts da doc9.

28 de maio de 2024

Governo Federal apoia Rio Grande do Sul na emissão 2ª via da Carteira de Identidade Nacional

O mutirão coordenado pelo Governo do RS começou nos abrigos de Porto Alegre. Expedição da segunda via será imediata

20 de maio de 2024

A ESA desafiou empresas de segurança cibernética no ecossistema do setor espacial e a Thales assumiu o controle do satélite de demonstração

A Agência Espacial Europeia (ESA) desafiou os especialistas em segurança cibernética no ecossistema do setor espacial a interferir na operação do nanossatélite OPS-SAT de demonstração da agência.

Os participantes utilizaram várias técnicas éticas de ataques hackers para assumir o controle do sistema usado para gerenciar o sistema de posicionamento global da carga útil, sistema de controle de atitude1 e câmera integrada.

O acesso não autorizado a estes sistemas pode causar danos graves ao satélite ou levar a uma perda de controle sobre sua missão.

A equipe de segurança cibernética ofensiva da Thales trabalhou com a Instalação de Avaliação da Segurança de Tecnologia da Informação (ITSEF2) do Grupo para este exercício singular, que demonstra a necessidade de um alto nível de resiliência cibernética no ambiente operacional muito específico do espaço.

A equipe da Thales de quatro pesquisadores de segurança cibernética acessou o sistema de bordo do satélite, utilizou os direitos de acesso padrão para obter controle de seu ambiente de aplicativos e depois explorou diversas vulnerabilidades para a introdução de códigos maliciosos nos sistemas dos satélites.

Isso tudo tornou possível comprometer os dados enviados de volta à terra, modificando especificamente as imagens capturadas pela câmera do satélite, e alcançar outros objetivos como mascarar áreas geográficas selecionadas nas imagens de satélite, ocultando suas atividades para evitar a detecção pela ESA.

A demonstração foi organizada especificamente para o CYSAT para ajudar a avaliar o impacto potencial de um ataque cibernético real e as consequência para os sistemas civis.

Durante todo o exercício, a ESA teve acesso aos sistemas de satélite para permanecer no controle e garantir o retorno às operações normais.

Pierre-Yves Jolivet, vice-presidente de Soluções Cibernéticas na Thales

“A Thales tem muito a agradecer à ESA e aos organizadores do CYSAT por oferecer esta oportunidade única para demonstrar a capacidade de nossos especialistas em identificar vulnerabilidades em um sistema de satélites. Com o crescente número de aplicações militares e civis que atualmente dependem de sistemas de satélite, a indústria espacial precisa considerar a segurança cibernética em todas as fases do ciclo de vida do satélite, desde o projeto inicial até o desenvolvimento e manutenção de sistemas. Este exercício inédito foi uma chance para aumentar a conscientização sobre falhas e vulnerabilidades potenciais para que possam ser eliminadas de forma mais eficaz e adaptar soluções atuais e futuras para aprimorar a resiliência cibernética de satélites e programas espaciais em geral, incluindo os segmentos terrestres e sistemas orbitais”. Pierre-Yves Jolivet, vice-presidente de Soluções Cibernéticas, Thales.

Em uma apresentação de especialistas da Thales e de membros da equipe ESA que será realizada em 27 de abril, os participantes do CYSAT podem saber mais sobre o cenário de ataque utilizado nesta primeira demonstração de técnicas, táticas e procedimentos ofensivos de segurança cibernética.

Recursos de segurança cibernética da Thales para a indústria espacial

Com mais de 40 anos de experiência em segurança cibernética e atividades espaciais, a Thales aplica os princípios de “cybersecurity by design” (segurança cibernética por design) aos produtos que desenvolve para operadoras de satélites e agências espaciais.

Seu empreendimento conjunto com Leonardo, o Thales Alenia Space, projeta e oferece soluções inovadoras para telecomunicações, navegação, observação da Terra, monitoramento ambiental, exploração espacial, pesquisa científica e infraestruturas orbitais.

Com mais de 3.500 especialistas em segurança cibernética, a Thales ajuda a garantir a segurança dos sistemas de satélite para programas espaciais nacionais e europeus, particularmente o programa europeu de navegação do satélite Galileo, e a nível internacional.

Com sua experiência combinada em sistemas de satélite de ponta e soluções de segurança cibernética baseadas nas mais recentes tecnologias militares, a Thales oferece aos governos, instituições e clientes corporativos uma ampla variedade de soluções de segurança cibernética para garantir proteção robusta a todos os elementos de um sistema espacial.

Os recursos ofensivos de segurança cibernética demonstrados pela Thales no CYSAT permitem aos clientes antecipar e responder melhor às ameaças atuais e futuras.

As soluções de segurança cibernética do Grupo para o setor espacial abrangem tudo, desde a avaliação de riscos e ameaças até a proteção dos dados e segurança de rede, detecção e resposta a incidentes e manutenção da segurança durante todo o ciclo de vida do sistema.

Governo dos EUA contrata Infineon e Thales como fornecedores de soluções de segurança para o passaporte americano

A Thales expande a autenticação sem senha para clientes do Active Directory do Microsoft Azure com novos autenticadores híbridos resistentes a phishing

Thales apresentou sua nova oferta no IAM Tech Day e ainda contou com a participação da Trasmontano para debater os riscos de ataques na área de Saúde

Crypto ID trilhou um caminho incrível!

Em novembro de 2024 completaremos uma Década De Sucesso!

Desde o seu início, temos sido acompanhados por uma comunidade apaixonada e engajada, que cresce a cada ano. Com dois milhões de seguidores por ano, nossa jornada é marcada por conquistas, inovação e colaboração.

As empresas mantenedoras têm sido pilar fundamental para o nosso crescimento contínuo. Seu apoio nos permite manter a qualidade e a relevância das informações que compartilhamos. Agradecemos a cada uma delas por acreditar na nossa missão e nos ajudar a construir uma comunidade forte e informada. Contamos com a colaboração de um excepcional time de colunistas! São eles que trazem insights, análises e opiniões valiosas para os nossos leitores. Com suas vozes únicas, eles enriquecem o conteúdo do Crypto ID e nos ajudam a manter a excelência. E não podemos esquecer de parcerias incríveis que temos com as Assessorias de Imprensa que nos fornecem informações detalhadas e atualizadas sobre as empresas que atendem.

À medida que nos aproximamos de mais um aniversário, renovamos nosso compromisso com a segurança digital, a privacidade e a tecnologia. Obrigado a todos que fazem parte dessa incrível jornada!

Juntos trabalhamos por um mundo digital com mais sigilo, identificação, segurança e gestão gerando confiança para que empresas, máquinas e pessoas possam confiar umas nas outras.

CATEGORIAS

Destaques Thales