Últimas notícias

Fique informado

União Européia descartou a possibilidade de proibir a tecnologia de reconhecimento facial em locais públicos

31 de janeiro de 2020

Spotlight

Comitê Gestor da ICP-Brasil aprova emissão primária por videoconferência

A aprovação cria o amparo jurídico necessário para a edição da Instrução Normativa que regulamentará e viabilizará o processo operacional da emissão primária de Certificados Digitais através de videoconferência.

22 de janeiro de 2021

Veja o que diz Miguel Martins da AET Europe sobre gerenciamento de eIDS

Como traçar a estratégia de IAM para sua organização? Confira o que diz a AET Europe, líder global em gerenciamento de identidades.

19 de janeiro de 2021

Reconhecimento facial sem prova de vida está com os dias contados, afirma CEO de uma das principais plataformas brasileiras de biometria facial

Conversamos com José Luis Volpini, CEO da CredDefense, uma das pioneiras e mais conceituadas plataformas de biometria facial do mercado brasileiro.

6 de janeiro de 2021

Carimbo do Tempo dá início ao fim da era dos protocolos proprietários na ICP-Brasil. Ouça

Segundo Dr. Roberto Gallo, o fim da era dos protocolos proprietários na ICP-Brasil tem data marcada e deve beneficiar fabricantes, prestadores de serviços e clientes finais.

28 de dezembro de 2020

A polícia de Londres anunciou que vai começar a usar o sistema de reconhecimento facial para identificar criminosos

A decisão de implementar esse tipo de tecnologia surge no momento em que ocorre um grande debate global sobre o uso do sistema de reconhecimento facial no mundo.

27 de janeiro de 2020

A União Européia descartou a possibilidade de proibir a tecnologia de reconhecimento facial em espaços públicos, de acordo matéria publicada na Reuters

Um projeto anterior da Comissão Européia havia abordado a ideia de uma moratória de até cinco anos para dar tempo ao bloco para descobrir como evitar abusos.

BRUXELAS (Reuters) – A inteligência artificial do reconhecimento facial provocou um debate global sobre os prós e os contras de uma tecnologia amplamente usada pelas agências policiais, mas abusada por regimes autoritários de vigilância em massa e discriminatória. Os críticos dizem que a tecnologia pode violar os direitos fundamentais das pessoas e violar as regras de privacidade de dados.

A proposta revisada, parte de um pacote de medidas para enfrentar os desafios da IA, ainda pode ser alterada, pois a comissão está atualmente buscando feedback antes de apresentar seu plano em 19 de fevereiro.

As regras de IA propostas abrangeriam os chamados setores de alto risco, como saúde e transporte.

O governo dos EUA divulgou no início deste mês suas próprias diretrizes regulatórias de IA, com o objetivo de limitar o alcance das autoridades e instou a Europa a evitar abordagens agressivas.

O presidente da Microsoft, Brad Smith, disse que a proibição da IA ​​de reconhecimento facial é semelhante ao uso de um cutelo em vez de um bisturi para solucionar possíveis problemas, enquanto o CEO da Alphabet, Sundar Pichai, manifestou apoio.

Fonte: Thomson Reuters Trust.

Reportagem de Foo Yun Chee; Edição por Leslie Adler

  Quer ler mais sobre reconhecimento facial? Acesse aqui!

Assinatura digital, eletrônica e biometria. Entenda a diferença entre essas formas de identificação  Ouça

A polícia de Londres anunciou que vai começar a usar o sistema de reconhecimento facial para identificar criminosos

Como os países usam o reconhecimento facial