Últimas notícias

Fique informado
Biometria pode não ser tão confiável

Biometria pode não ser tão confiável

06/01/2015

Spotlight

Lei da Internet das Coisas segue para sanção presidencial e deve impulsionar o mercado de eIDs

Os equipamentos que utilizam a Internet precisam ser identificados para a autenticação precisa máquina a máquina e, em alguns casos, é primordial estarem blindados contra invasões hackers.

26/11/2020

UAE Pass: a solução de identidade digital que atende mais de 5 mil serviços governamentais nos Emirados Árabes Unidos

UAE PASS é a solução de identidade digital e assinatura digital nacional dos Emirados Árabes Unidos. Os serviços estão disponíveis para cidadãos e residentes dos Emirados Árabes Unidos.

25/11/2020

ITI é um dos representes do Brasil na IV Reunião Ministerial da Red Gealc sobre Governo Digital da América Latina e Caribe

A Rede de Governo Eletrônico da América Latina e Caribe, Red GEALC, reúne – desde 2003 – as autoridades dos órgãos governamentais digitais dos países da região.

19/11/2020

Cidadãos poderão assinar documentos e validar transações com o governo de forma simples e eletrônica

O gestor público poderá adequar o nível de assinatura eletrônica exigido em um serviço levando em consideração o nível de segurança da transação.

18/11/2020

Decreto 14.543/2020 regulamenta o artigo 5º da Lei 14.063/2020

O decreto 14.543/20 define alguns requisitos do artigo 5º Lei 14.063/2020.

16/11/2020

Entenda o Universo dos Certificados de Atributo

# TBT | Este artigo escrito em novembro de 2014, apresenta o que são Certificados de Atributo, como estão regulamentados, na época, para uso na ICP-Brasil, quais suas possíveis utilizações e como se tornar uma EEA – Entidade Emissora de Atributos. 

13/11/2020

Biometria: as pessoas em primeiro lugar

Muitas das soluções de confirmação de identidade de usuários em

15/01/2015

Um dos destaques de segurança dos celulares modernos, a biometria tornou-se assunto na rede e deixou de existir apenas na ficção para fazer parte do mundo real. Apesar de ser bastante citada quando o assunto é praticidade e proteção, parece que essa ferramenta pode não ser assim tão segura.

Quem provou essa tese foi um membro do grupo Chaos Computer Club em uma palestra em Berlim na qual mostrou como clonou a impressão digital da ministra da defesa alemã com uma fotografia e um programa de edição de imagem simples.

Jan Krissler, tirou uma fotografia com zoom do dedo indicador da ministra, durante um pronunciamento em Outubro, e com o auxílio de edição conseguiu reproduzir as linhas do dedo da autoridade de forma clara, apontando assim a facilidade de usá-la de maneira ilícita.

Implementada recentemente em celulares Apple e Sansung, esse tipo de recurso de segurança ganha cada vez mais espaço ao redor do globo, assim como em terras brasileiras quando foram usadas durante as eleições, porém mesmo sendo positivas ainda não são consideradas completamente seguras pelos seus usuários.

A experiência de Krissler  colocou em cheque diversas discussões levantadas sobre a substituição de passwords por biometria, além de apontar uma novo caminho para estudos de segurança da informação, dessa vez utilizando a biometria viva como solução para segurança da informação.

1 comentário até agora

Ir para a discussão
  1. JoseCoura disse:

    A questão da Biometria quando viva, ou seja, relacionada aos requisitos de atividade humana, seja temperatura ou qualquer outro item somente produz a identificação da pessoa, para fazer uma autenticação entendo que só a Biometria não é suficiente.

<