Últimas notícias

Fique informado

Lei dos Bitcoins: saiba o que muda com a nova sanção do governo

26 de dezembro de 2022

Spotlight

Governo Federal apoia Rio Grande do Sul na emissão 2ª via da Carteira de Identidade Nacional

O mutirão coordenado pelo Governo do RS começou nos abrigos de Porto Alegre. Expedição da segunda via será imediata

20 de maio de 2024

Chega ao Brasil antena que aprimora sinal 4G e acelera o 5G

Tecnologia dinamarquesa combina antena outdoor 4G/ 5G e roteador WiFi, possibilitando acesso à internet de alta qualidade a qualquer hora

26 de dezembro de 2022

A força da robótica nas escolas e o poder da tecnologia para o processo de aprendizagem

A robótica educacional estimula aptidões fundamentais e o desenvolvimento de novas gerações de engenheiros e pesquisadores

23 de dezembro de 2022

Varejo registra 28 milhões de transações realizadas por biometria facial e evita R$ 1 bilhão em fraudes

Setor do varejo é um dos que mais cresceu na adoção da tecnologia para autenticação de identidade, segundo levantamento da IDTech Unico

23 de dezembro de 2022

Entrou em vigor ontem a Lei que regulamenta a prestação de serviços de ativos virtuais no país, como Bitcoins e Ethereum

Por Rafael Franco

Bitcoins
Por Rafael Franco, CEO da Alphacode

E no apagar das luzes do atual governo foi sancionada a lei que regula as criptomoedas no Brasil. Entrou em vigor ontem a Lei 14.478/2022 que regulamenta a prestação de serviços de ativos virtuais no país, as famosas criptomoedas (Bitcoins, Ethereum etc).

Mas o que foi definido?

Penalidades. A lei criou uma modalidade de estelionato com pena de prisão de quatro a oito anos para quem organizar, gerir, ofertar ou distribuir carteiras ou intermediar operações envolvendo ativos virtuais, valores mobiliários ou quaisquer ativos financeiros com a finalidade de obter vantagem ilícita, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil ou qualquer outro meio fraudulento.

Foi definido também que as empresas atuantes no setor deverão manter os registros de todas as transações para repasse de informações ao órgão de combate ao crime organizado e à lavagem de dinheiro. Ou seja, quem não mantiver o histórico das transações vai ferir a lei.

As empresas do segmento também devem sempre observar as seguintes diretrizes:

   I – Livre iniciativa e livre concorrência;

   II – Boas práticas de governança, transparência nas operações e abordagem baseada em riscos;

   III – Segurança da informação e proteção de dados pessoais;

   IV – Proteção e defesa de consumidores e usuários;

   V – Proteção à poupança popular;

   VI – Solidez e eficiência das operações e

   VII – Prevenção à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo e da proliferação de armas de destruição em massa, em alinhamento com os padrões internacionais.

A lei definiu inclusive quem ela considera como empresas prestadoras do serviço de ativos digitais e o devido enquadramento para a oferta de serviços de troca de ativos, transferência, custódia ou administração. Ou seja, todo mundo precisa se enquadrar.

Além disso, a lei define que se aplica o Código de Defesa do Consumidor nas situações que ele define, também, a esse tipo de serviço.

A lei entra em vigor em 180 dias e esse é o prazo que as empresas do setor têm, a partir de agora, para se adequar ao que foi determinado. bitcoin

A integra da Lei dos Bitcoins pode ser conferida aqui.

Sobre Rafael Franco

Empresário que atua no mercado de tecnologia há 20 anos, graduado em Ciência da Computação com pós em Engenharia de Software. Também foi executivo de multinacionais e em 2015 fundou a Alphacode, em que atualmente é CEO.

Lidera um time de especialistas em experiências digitais com grande destaque para projetos de aplicativos mobile, sendo responsável por projetos de grande porte neste segmento como Grupos Habib’s, Madero e TV Band. Comanda o time responsável por dezenas de aplicativos que atendem mais de 20 milhões de pessoas todos os meses, principalmente nos segmentos de Delivery, Saúde e Fintechs.

[Ouça] Como informar a compra de Bitcoins na declaração do Imposto de Renda?

Como as transações em cripto podem contribuir na inclusão bancária?

6 dicas de como prevenir golpes com criptomoedas

Saiba quais são os 5 ataques hackers mais comuns

Crypto ID trilhou um caminho incrível!

Em novembro de 2024 completaremos uma Década De Sucesso!

Desde o seu início, temos sido acompanhados por uma comunidade apaixonada e engajada, que cresce a cada ano. Com dois milhões de seguidores por ano, nossa jornada é marcada por conquistas, inovação e colaboração.

As empresas mantenedoras têm sido pilar fundamental para o nosso crescimento contínuo. Seu apoio nos permite manter a qualidade e a relevância das informações que compartilhamos. Agradecemos a cada uma delas por acreditar na nossa missão e nos ajudar a construir uma comunidade forte e informada.

E não podemos esquecer do nosso excepcional time de colunistas! São eles que trazem insights, análises e opiniões valiosas para os nossos leitores. Com suas vozes únicas, eles enriquecem o conteúdo do Crypto ID e nos ajudam a manter a excelência e nem a parceria incrível que temos com a Assessorias de Imprensa que nos fornecem informações atualizadas sobre as empresas que atendem.

À medida que nos aproximamos de mais um aniversário, renovamos nosso compromisso com a segurança digital, a privacidade e a tecnologia. Obrigado a todos que fazem parte dessa incrível jornada!

Juntos trabalhamos por um mundo digital com mais sigilo, identificação, segurança e gestão gerando confiança para que empresas, máquinas e pessoas possam confiar umas nas outras.