Últimas notícias

Fique informado

O que garante aos usuários a segurança e a solvência das empresas cripto?

24 de janeiro de 2024

Spotlight

Entenda o que mudou na assinatura eletrônica em documentos a partir do Decreto nº 68306

Qual o impacto do Decreto nº 68.306 na assinatura eletrônica, simplificação de processos e nos avanços da digitalização dos serviços públicos?

24 de abril de 2024

AX4B impulsiona a resiliência cibernética de Pequenas e Médias Empresas

Conheça como a AX4B está revolucionando a Segurança Cibernética para PMEs.

24 de abril de 2024

O Halving do Bitcoin: Entendendo o Evento que Redefine a Oferta da Criptomoeda. Por Susana Taboas

Uma visão geral do que é o halving do Bitcoin e sua importância no contexto da economia digital.

17 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

Crise dos bancos tradicionais pode impulsionar o setor de criptomoedas

Após um ano instável para as criptomoedas em 2022, o inverno cripto parece ter passado e o valor das moedas teve um período de estabilidade

21 de março de 2023

Entrevista: Marco Zanini fala sobre criptografia, certificação FIPS, PIX, Low Code, Criptoativos e internacionalização da Dinamo

Após a atualização da certificação FIPS renovada pela DINAMO Networks em 2022, a Cia intensifica os negócios em outros países.

28 de fevereiro de 2023

Após sanção da Lei das Criptomoedas, segurança, governança e compliance para blockchain são discutidos em webinar gratuito, na próxima quinta, 23

Nesta quinta-feira, 23 de fevereiro, das 10h às 11h, um webinar gratuito sobre “Segurança, governança e compliance para blockchain”.

22 de fevereiro de 2023

Pagamentos com criptomoedas passam a ser aceitos pelo Banco do Brasil

Os pagamentos com criptoativos devem ser feitos dentro da plataforma

17 de fevereiro de 2023

Uma das preocupações que cercam a indústria cripto são os mecanismos que garantem a solvência das companhias e a proteção dos ativos

Em um mundo cada vez mais digitalizado, as criptomoedas têm surgido como uma forma revolucionária de realizar transações financeiras e armazenamento de valor. Além disso, com essa inovação, também surgem preocupações relacionadas à segurança dos ativos digitais.   

Em grande parte, essas dúvidas ao redor da indústria nascem das problemáticas globais sobre a criação de novos modelos de negócios baseados em cripto, dos quais durante o ano passado, 24% foram considerados golpes financeiros a curto prazo, segundo a Chainalysis.

Para evitar esse cenário, é importante destacar os fatores que devem ser verificados e validados antes de investir o dinheiro, além de levar em consideração os mecanismos que a indústria tem adotado para oferecer as garantias necessárias e gerar maior confiança e rastreabilidade entre seus consumidores.

Tecnologia de vanguarda, a base da segurança

A segurança dos ativos se fundamenta na tecnologia de vanguarda que cumpre com os padrões mais exigentes da indústria: a blockchain.

A plataforma emprega atributos criptografados de alta qualidade para proteger a informação e os fundos dos usuários.

Essa criptografia assegura que a comunicação e as transações estejam, completamente, protegidas contra possíveis ataques cibernéticos e acessos não autorizados.

Procedimentos de verificação rigorosos            

Estabelecer procedimentos de verificação rigorosos é a base para completar o processo de validação da identidade de seus consumidores e prevenir atividades fraudulentas.

Neste sentido, a indústria tem criado ferramentas avançadas para a verificação de documentos de identificação, confirmação com dados de contato e provas de residência, entre outros sistemas.

Mas, além da adoção de suas próprias medidas, o marco do processo denominado KYC (siglas em inglês para Know Your Customer – Conheça Seu Cliente), os atores da indústria devem cumprir as regulações e marco legal dos países em que operam, trabalhando lado a lado com as autoridades para garantir a integridade e segurança do ecossistema cripto.

Educação e transparência         

As plataformas devem oferecer aos investidores informação detalhada sobre boas práticas de segurança, medidas preventivas e o uso adequado de seus serviços.

A educação contínua é a chave para empoderar usuários e assegurar que eles estejam a par das melhores condutas para manter seus fundos seguros, gerando confiança na rastreabilidade de seus ativos.

Para garantir solvência, é essencial que os ativos superem os passivos, por esse motivo, é primordial que os clientes possam retirar 100% dos seus fundos, simultaneamente, em qualquer momento.

Também é essencial que os fundos dos clientes estejam separados dos fundos da empresa que oferece o serviço de custódia de criptoativos.

Matías Di Gioia, Diretor de Prevenção de Fraude na Bitso.

Na Bitso, temos implementado uma infraestrutura digital segura e sistemas de proteção avançados para garantir a integridade e confidencialidade dos dados armazenados, assim como os ativos dos usuários, colocando ao alcance toda a informação para revisão. Para garantir que todos os nossos clientes possam retirar a totalidade de seus fundos no momento em que desejam, contamos com equipes, altamente, qualificadas em proteção informática, cujo trabalho constante é avaliar, melhorar e fortalecer a infraestrutura de segurança na plataforma”, assegura Matías Di Gioia, Diretor de Prevenção de Fraude na Bitso.

Precisamente, a Bitso desenvolveu o modelo da ‘Prova que Importa’, um mecanismo que demonstra a transparência sobre sua saúde financeira e assegura a seus clientes a disponibilidade de seus fundos no momento que o solicitem.

Essa iniciativa permite que as reservas sejam transparentes, garantindo aos usuários que seus fundos estejam seguros, além de compartilhar a informação sobre os passivos, confirmando a solvência da companhia.

O constante trabalho para inovar e melhorar as medidas de defesa, enfrentar os desafios do mundo digital e proporcionar um ambiente confiável para operar com criptomoedas, é um compromisso que todas as empresas do setor deveriam assumir e disseminar, publicamente, para reforçar a proteção dos fundos e a privacidade dos investidores no Brasil e na região.

Sobre a Bitso   

Bitso é a empresa líder da América Latina em serviços financeiros baseados em cripto, com uma comunidade de mais de 8 milhões de usuários e 1.700 clientes institucionais. A Bitso oferece uma ampla gama de produtos: desde uma plataforma digital segura e fácil de usar para obter rendimentos, fazer transferências e pagamentos internacionais, assim como converter e armazenar uma variedade de mais de 50 criptomoedas, até produtos baseados em cripto para clientes institucionais, incluindo investimentos, transações e pagamentos internacionais com criptomoedas; hedge e otimização de fluxo de caixa com stablecoins; e Cripto como Serviço (CaaS).   

5 previsões para a indústria cripto em 2024

Criptoativos: sumiram as chaves, sumiu o dinheiro! A importância da custodia

Entrevista: Marco Zanini fala sobre criptografia, certificação FIPS, PIX, Low Code, Criptoativos e internacionalização da Dinamo

Somos o maior portal brasileiro sobre Criptografia e Identificação Digital.

Com uma década de existência, temos um público de cerca de 2 milhões de leitores por ano.

As empresas que nos apoiam e nossos colunistas ajudam a criar um mundo digital mais seguro, confiável e tranquilo.

Acompanhe o Crypto ID nas redes sociais!