Últimas notícias

Fique informado

Segurança no home office: 5 dicas para melhorar o desempenho e eficiência

28 de fevereiro de 2023

Spotlight

A Transformação Digital do Mercado Imobiliário: Blockchain, Moedas digitais, Cartórios e o Futuro

A tecnologia blockchain tem despertado interesse devido ao seu potencial disruptivo em vários setores, incluindo o setor imobiliário.

8 de abril de 2024

Empresa de Israel traz tecnologia de ponta em cibersegurança para o mercado brasileiro

Com o potencial de crescimento do mercado brasileiro e sua consequente inserção no ambiente digital, os fundadores da Cysfera decidiram trazer as inovações de ponta israelenses ao cenário nacional.

3 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

Os benefícios da terceirização da cibersegurança

A organização evita que falhas apareçam tanto nas suas ações habituais, como em momentos difíceis, a exemplo dos incidentes de cibersegurança

13 de dezembro de 2022

O que faz o profissional de pentest e por que ele se tornou peça-chave na cibersegurança das empresas

Especialistas responsáveis por testes de intrusão se tornam uma camada extra de proteção contra ataques virtuais a empresas

25 de novembro de 2022

Como a tecnologia 5G pode impactar na cibersegurança

“A chegada do 5G tende a acelerar a popularização e eficiência de outras tecnologias, como a Internet das Coisas (IoT). Um grande desafio é proteger as conexões, os dados e os dispositivos a partir da evolução do 5G”, diz o executivo.

14 de novembro de 2022

5 dicas de cibersegurança para o seu dia a dia

Confira algumas dicas de cibersegurança que separamos e que são essenciais para proteger seus dispositivos de invasões maliciosas

10 de novembro de 2022

Cibersegurança: como navegar em um mundo sem cookies de terceiros

Em algum momento você já deve ter se deparado com uma mensagem na linha de “Clique para aceitar nossos cookies” durante a visita em algum site.

7 de novembro de 2022

Especialista em segurança digital dá sugestões e dicas para melhorar o desempenho no trabalho remoto e torná-lo mais seguro e eficiente

A prática do trabalho remoto já não é mais uma novidade, mas sua permanência no cotidiano dos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil aponta para a necessidade de encontrar soluções que melhorem o desempenho e segurança desta modalidade.

Como, afinal, podemos dispor de recursos tecnológicos para que o home office seja mais seguro e eficiente?

A discussão ganha lugar num contexto em que o home office já alcança uma parcela significativa da força de trabalho no país.

Durante a fase mais aguda da pandemia, em 2020, um estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas apontou que 10% dos trabalhadores e das trabalhadoras do Brasil puderam realizar suas funções em suas próprias casas.

Para 2023, a expectativa de 30% das pessoas trabalhadoras é de dar prioridade a vagas neste modelo, segundo dados do portal Vagas.com.

“As possibilidades de ingressar em empresas de várias partes do país e do mundo, além da flexibilidade no dia a dia, têm feito com que muita gente recorra a esta modalidade de trabalho. No entanto, é preciso haver algum tipo de orientação tecnológica mínima para garantir um melhor desempenho e segurança nos aparelhos utilizados na prática do trabalho remoto”, explica Vinícius Oliverio, especialista em cibersegurança. 

Cofundador da Urmobo, startup referência no segmento de gerenciamento de dispositivos móveis, Vinícius dá 5 dicas técnicas para melhorar o desempenho e segurança no home office. Confira.

Realize distribuição de arquivos

Compartilhar em nuvem os arquivos dos projetos nos quais se está trabalhando é essencial para quem atua no home office.

Trata-se de um recurso importante para que não se perca nenhum material e que é disponibilizado por ferramentas de gerenciamento de dispositivos móveis.

“Também dá para criar pastas, enviar arquivos para grupos de dispositivos, verificar o consumo de dados e a forma de download. Ao sincronizar arquivos e dados empresariais, todos os funcionários trabalham no mesmo projeto de forma mais ágil, fácil e produtiva”, destrincha Vinícius Oliverio.

Faça análise de log de chamadas

Monitorar e medir componentes das ligações efetuadas com os smartphones corporativos é relativamente fácil quando você tem as ferramentas adequadas.

“Controlar quais números foram ligados, as chamadas recebidas, duração das ligações e horários dessas chamadas é algo que se torna possível através de ferramentas que realizam a gestão de dispositivos corporativos”, afirma Vinícius.

A chamada análise log de chamadas analisa justamente a qualidade e quantidade das ligações realizadas pela equipe com os aparelhos smartphones da empresa.

Trata-se de um conjunto de mecanismos que identificam padrões que possam ajudar na solução de problemas, nas previsões de desempenho, na manutenção e em melhorias eventuais.

Tenha uma produtividade baseada no uso

Por meio de mecanismos que fazem o gerenciamento de dispositivos utilizados pelas pessoas na prática do trabalho remoto, também é possível realizar a análise de produtividade baseada na porcentagem do uso de cada aplicativo. Desta forma, temos a visibilidade do tempo de uso dos apps e seu consumo de dados.

“A ideia é trazer mais informações sobre quanto tempo cada aplicativo permaneceu aberto e como os dados foram consumidos pelo usuário, além de disponibilizar relatórios”, explica o cofundador da Urmobo.

Realize o chamado time fencing

Também é possível exercer o controle do funcionamento dos dispositivos móveis da empresa em determinados horários através do chamado time fencing.

Trata-se de uma ferramenta utilizada no ambiente de trabalho, na qual é possível limitar o tempo de uso de uma determinada aplicação dentro do ambiente organizacional.

Por exemplo: um conjunto de aplicativos fica disponível de segunda a sexta das 10 às 20 horas para tal colaborador.

Fora deste intervalo, o aplicativo é ocultado do dispositivo, não estando disponível mesmo no fim de semana. É um recurso muito útil na gestão do home office”, esclarece o especialista em cibersegurança.

Faça a gestão de inventário dos dispositivos móveis utilizados

A gestão do inventário dos dispositivos móveis também é peça essencial para um bom andamento do trabalho remoto. É outra aplicação útil do gerenciamento de dispositivos.

Com esse recurso, é possível criar uma relação dos aparelhos da empresa e contabilizar a quantidade de equipamentos utilizados no momento, assim como mapear quem está utilizando cada um.

“Isso pode ajudar bastante na proteção de dados empresariais. Por exemplo, se o equipamento for trocado entre pessoas de diferentes cargos, pode ser preciso apagar informações que não são autorizadas”, conclui Vinícius Oliverio.

Sobre a Urmobo

Fundada em Ribeirão Preto (SP) em 2017 por Vicente Oliveiro, Vinicius Olivério e Thiago Carvalho, a Urmobo é uma plataforma de gerenciamento de dispositivos móveis e gestão de ativos que garante a proteção da informação corporativa.

Por meio de um console web, a empresa oferece a gestão, administração, monitoramento e controle total de smartphones, tablets e coletores de dados, garantindo assim, mais segurança e produtividade aos colaboradores e ao negócio.

Com atuação no Brasil, Colômbia, Chile, Argentina, Panamá e Equador e a gestão de mais de 100 mil dispositivos em sua plataforma, a startup possui uma solução única e com duas versões no Brasil – FIT (gestão básica) e PRO (para quem requer uma gestão mais profunda).

Atualmente, a empresa conta com parceiros como Biosev, Cevale, SLC Agrícola, Grupo BIG, Brinks, Braspress, supermercado Zona Sul, AES Brasil, Asics, Secretarias de Educação, entre outros.

Passo a passo para integrar o Home Office à conformidade da empresa à LGPD

Home office e trabalho remoto aumentam ataques de sequestro de dados

Trabalho híbrido: o perigo dos funcionários acessarem arquivos corporativos do home office

Somos o maior portal brasileiro sobre Criptografia e Identificação Digital.

Com uma década de existência, temos um público de cerca de 2 milhões de leitores por ano.

As empresas que nos apoiam e nossos colunistas ajudam a criar um mundo digital mais seguro, confiável e tranquilo.

Acompanhe o Crypto ID nas redes sociais!