Últimas notícias

Fique informado

Home office e trabalho remoto aumentam ataques de sequestro de dados

23 de março de 2021

Spotlight

Empresas priorizam a proteção de dados do cliente, mas continuam deixando-os expostos, revela o estudo global de tendências de criptografia de 2021 da Entrust

Realizado pelo Ponemon Institute, o 16º estudo anual destaca que metade das organizações finalmente alcançaram uma estratégia de criptografia consistente e outras tendências importantes em criptografia e cibersegurança.

14 de abril de 2021

Philip R. Zimmermann, one of the most important cryptografer, present a new webserie. Do not miss the 1st episode!

AET Security Topics | EP1: Post-Quantum Algorithms. Philip R. Zimmermann, um dos maiores criptógrafos, apresenta a nova webserie da AET Europe.

9 de abril de 2021

Viviane Bertol explica o que é AR Eletrônica e fala sobre os novos procedimentos de validação da ICP-Brasil

Drª Viviane Bertol, fala sobre os novos procedimentos da ICP-Brasil, panorama mundial de eIDs e sobre LGPD.

8 de abril de 2021

Kryptus fala sobre o Blockchain na estrutura de Carimbo do Tempo da ICP-Brasil

A ICP-Brasil abrigará o novo protocolo de carimbo do tempo com a adoção da tecnologia Blockchain e a Kryptus explica como.

31 de março de 2021

De acordo com uma pesquisa realizada pela ESET, 61,7% dos usuários não acreditam que as empresas estejam preparadas para lidar com ataques de infecção de sistemas em troca de resgate de dados

A H&CO, multinacional especializada na prestação de serviços de SAP Business One, contabilidade, impostos internacionais e recursos humanos, reitera a necessidade de as empresas brasileiras adotarem soluções para proteger suas informações sensíveis.

Pesquisas de empresas especializadas em cibersegurança, indicam que o Brasil é o país mais atingido por ataques de ransomware em toda a América Latina.

Durante 2020, as quadrilhas que operam as diferentes modalidades de ransomware abandonaram as campanhas massivas. Hoje, eles têm como alvo empresas de vários setores, realizando ataques em que sequestram arquivos em computadores comprometidos, criptografando-os com novas estratégias para exigir o pagamento de um resgate.

Os novos métodos incluem a adoção de vários tipos de resgates, onde os criminosos aumentam a possibilidade de monetizar os ataques utilizando outra ferramenta para pressionar as vítimas a pagar, já que desta forma supostamente evitarão a divulgação das informações roubadas e voltarão a ter acesso aos dados.

Érico José Mazzini – CEO da H&CO Brasil

“Atualmente, o roubo de informações tornou-se muito mais incisivo e as práticas atuais de teletrabalho, onde tudo é feito com acesso remoto, tornaram os ataques e roubo de informações digitais ainda mais especializada. É por isso que as empresas devem ter políticas-chave que lhes permitam manter a salvo o ativo mais importante de qualquer organização, suas informações”, diz Érico José Mazzini, CEO da H&CO Brasil.

Portanto, o primeiro passo é estabelecer uma política clara de privacidade de dados e depois compartilhá-la com a força de trabalho.

O programa de treinamento da organização deve ser robusto, e não apenas fornecer uma seção rápida de orientação aos funcionários. Além disso, quanto mais precisa for a definição das informações confidenciais, mais difícil será sua exposição ao roubo ou compartilhamento.

O mais importante é proteger qualquer informação que, nas mãos de concorrentes ou ladrões, possa custar caro à organização. Isto inclui itens tão comuns como listas e perfis de clientes, preços de produtos e serviços, planos de marketing e informações financeiras corporativas.

Por esse motivo, contar com uma solução que aumente a segurança dos dados e com políticas claras para proteger as informações permite às empresas otimizar seus processos, garantindo que os funcionários estejam protegidos em tempos de pandemia, sem perder produtividade ou empregos devido ao trabalho remoto.

“Hoje devemos levar em conta que os ataques cibernéticos são mais especializados e que as empresas devem estar preparadas para dar continuidade à sua transformação digital, na qual a informação deve ser protegida a todo custo e não deve ser permitida sua subtração, independentemente de onde ele é desenvolvido”, acrescenta Mazzini.

Por que o tratamento de dados não é um monstro no armário?

Sobre a H&CO

A H&CO é especializada na prestação de serviços de consultoria, impostos e corporativos para empresas multinacionais e investidores internacionais. Estamos comprometidos em oferecer um atendimento superior e nos orgulhamos de oferecer a garantia de uma assessoria baseada em anos de treinamento avançado, experiência técnica e perspicácia financeira.

Ao fornecer serviços profissionais de alta qualidade em tempo hábil, conquistamos uma sólida reputação como consultores de confiança na área de impostos internacionais e serviços de impostos corporativos para pequenas e médias empresas. Viisite www.hcoadvisors.com/es/home, ou siga-nos no LinkedIn. dados

Sobre a Union Information Technology

Desde 1999, a Union Information Technology é especializada na implantação de sistemas ERP e no desenvolvimento de soluções para empresas em crescimento. A companhia está comprometida em transformar o dia a dia das empresas que utilizam seus sistemas de gestão empresarial, que são implementados por profissionais altamente capacitados.

A empresa acredita firmemente no valor dos relacionamentos e vê cada parceria com seus clientes como uma parceria em que o êxito de um é resultado direto do sucesso do outro. www.uniontecnologia.com.br

DPOs cobram agilidade para regulamentação do Encarregado de Tratamento dos Dados

Como as relações trabalhistas mudam com a Lei Geral de Proteção de Dados?