Últimas notícias

Fique informado

A força da robótica nas escolas e o poder da tecnologia para o processo de aprendizagem

23 de dezembro de 2022

Spotlight

Governo Federal apoia Rio Grande do Sul na emissão 2ª via da Carteira de Identidade Nacional

O mutirão coordenado pelo Governo do RS começou nos abrigos de Porto Alegre. Expedição da segunda via será imediata

20 de maio de 2024

5 utilidades do certificado digital para empreendedores

Empreender é um caminho repleto de desafios. Porém, há alguns trâmites e burocracias que podem ser facilitados com o certificado digital.

23 de dezembro de 2022

Varejo registra 28 milhões de transações realizadas por biometria facial e evita R$ 1 bilhão em fraudes

Setor do varejo é um dos que mais cresceu na adoção da tecnologia para autenticação de identidade, segundo levantamento da IDTech Unico

23 de dezembro de 2022

Web 3.0: UNICEF e UPLAND se unem para criar programa de educação para jovens brasileiros

Na semana do Natal, parceria doará recursos da venda dos NFTs no UPLAND para projetos do UNICEF que capacitarão milhares de jovens

22 de dezembro de 2022

LEGO Group: Salt Security identifica falhas de segurança da API na plataforma de serviços online

As vulnerabilidades poderiam ter permitido o controle de contas ou acesso para comprometer servidores internos do LEGO Group

21 de dezembro de 2022

A robótica educacional estimula aptidões fundamentais e o desenvolvimento de novas gerações de engenheiros e pesquisadores

por Ana Debiazi e Henrique Camargo

Frente a um mundo cada vez mais conectado, o ensino da robótica e de tantas outras disciplinas aliadas à tecnologia têm um poder transformador. Hoje, incorporar o universo digital no planejamento pedagógico não é mais um diferencial, tornou-se condição obrigatória. 

Graças a isso, inclusive, crianças e jovens que antes não tinham afinidades com disciplinas como matemática, ciências, física ou mesmo português, passam a se dedicar com afinco para conseguirem programar robôs, por exemplo, ou resolverem algum desafio educacional com o auxílio de ferramentas e plataformas virtuais.

A importância em torno do assunto é tamanha que a cultura digital se consagrou uma das dez competências da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – um documento normativo que define o conjunto de aprendizagens fundamentais para serem aplicadas de forma integrada aos elementos curriculares da educação básica.

Muito além da robótica

Podemos dizer que a robótica é uma janela e uma porta de entrada para todas as áreas que envolvem as tecnologias e suas aplicações. Não só busca aproximar os alunos desse universo, como também mostra que toda a teoria que aprendem em outras disciplinas pode, enfim, ser estudada e vista na prática.

Temos, então, o aluno como protagonista do aprendizado, promovendo o conceito da cultura maker. Ou seja, colocando a mão na massa, desenvolvendo seus próprios projetos e atuando na resolução de problemas.

Assim, podemos atestar que a robótica educacional estimula aptidões fundamentais, como: interdisciplinaridade, senso organizacional e de colaboração, pensamento computacional e lógico e controle emocional.

Todas essas habilidades ainda contribuem para que possamos desenvolver alunos mais bem preparados para as próximas etapas de ensino e adultos mais empáticos e resilientes.

Como implementar a robótica na sala de aula?

Mais que a produção e programação de robôs, a robótica na sala de aula tem a força de estimular o desenvolvimento de novas gerações de engenheiros e pesquisadores que a indústria tanto precisa. Trata-se de um processo de aprendizagem que não carrega uma receita de bolo, mas sim muitas práticas que deram certo e podem ser replicadas.

A dica principal é criar um objetivo para o aprendizado. Dessa maneira, os “porquês” e “para quês” são bem-vindos. Isto é, deve-se pensar em uma boa proposta pedagógica já amarrada aos anseios dos alunos, dos pais e da sociedade.

Outro ponto a ser considerado é o valor atribuído às atividades, ou seja, quanto aquilo vai representar para a vida dos alunos. Por fim, é possível levar em conta ainda o aspecto da transcendência: quanto conhecimento o estudante vai levar para fora dos muros da escola. 

Para resumir, o educador e/ou gestor não deve ter medo de começar a implantar esse processo. Existem muitas referências que podem ajudar. Sugiro ainda buscar empresas do segmento que também podem contribuir com inspirações, ideias e a prática de todo o contexto.

Além disso, o ideal é começar com pouco. Tudo bem que os olhos se encantam com salas lindas, cheias de equipamentos novos e caros. Mas cuidado. Comece devagar e vá acompanhando o processo para avaliar todo o cenário. Aí, sim, você terá dados para poder aplicar sua receita de forma mais assertiva na compra e aquisição de soluções, equipamentos e infraestrutura.

Fato é que o impacto da robótica e de todo o contexto tecnológico voltado às salas de aula reverbera justamente na criação de condições para o desenvolvimento de inúmeras habilidades e soluções, potencializando tanto a vida escolar e acadêmica quanto profissional. Aliados ao digital, conseguimos construir um mundo cada vez mais transformador.

*Ana Debiazi é CEO da Leonora Ventures, Corporate Venture Builder com DNA inovador e com proposta de trazer soluções para os setores de educação, logística e varejo e promover a aproximação entre organizações já consolidadas e startups; Henrique Camargo é CTO & Cofounder da Edukamaker – Empreendedor e Professor com 10 anos de experiência.

Sobre a Leonora Ventures

A Leonora Ventures nasceu com o propósito de desenvolver e facilitar investimentos em ideias inovadoras e negócios exponenciais. Desde 2021 nosso objetivo é investir e desenvolver negócios de alto potencial. Somos o braço de inovação e investimentos do Grupo Leonora, uma empresa com 37 anos de mercado, líder na importação e venda de material de escritório e escolar que soma mais de 12 mil clientes B2B.

Web 3.0: UNICEF e UPLAND se unem para criar programa de educação para jovens brasileiros

O 5G pode transformar definitivamente a educação

Como a Web3 mudará o futuro?

Robótica busca maior privacidade de dados como proteção ao cibercrime

Em novembro de 2024 completaremos Uma Década De Sucesso!

Crypto ID trilhou um caminho incrível!

Desde o seu início, temos sido acompanhados por uma comunidade apaixonada e engajada, que cresce a cada ano. Com dois milhões de seguidores por ano, nossa jornada é marcada por conquistas, inovação e colaboração.

As empresas mantenedoras têm sido pilar fundamental para o nosso crescimento contínuo. Seu apoio nos permite manter a qualidade e a relevância das informações que compartilhamos. Agradecemos a cada uma delas por acreditar na nossa missão e nos ajudar a construir uma comunidade forte e informada.

E não podemos esquecer do nosso excepcional time de colunistas! São eles que trazem insights, análises e opiniões valiosas para os nossos leitores. Com suas vozes únicas, eles enriquecem o conteúdo do Crypto ID e nos ajudam a manter a excelência.

À medida que nos aproximamos de mais um aniversário, renovamos nosso compromisso com a segurança digital, a privacidade e a tecnologia. Obrigado a todos que fazem parte dessa incrível jornada!

Juntos trabalhamos por um mundo digital com mais sigilo, identificação e segurança gerando confiança para que empresas, máquinas e pessoas possam confiar umas nas outras.

Cadastre-se para receber o IDNews

E acompanhe o melhor conteúdo do Brasil sobre Identificação Digital! Aqui!

CATEGORIAS

Educação Notícias