Últimas notícias

Fique informado
Biometria: equilibrar segurança e conveniência é essencial

Biometria: equilibrar segurança e conveniência é essencial

30/08/2017

 A era da combinação de senha e nome de usuário está chegando ao fim…Pelo menos como a única solução de autenticação.

Ernesto Haikewitsch | Marketing Channels Director – Latin America at Gemalto

Por Ernesto Haikewitsch

No novo mundo digital, onde hackers maliciosos usam constantemente técnicas de engenharia social para enganar as pessoas e levá-las a fornecer suas informações, precisamos de sistemas de verificação mais robustos.

A autenticação multifatorial é o melhor caminho a ser seguido assim como as novas tecnologias biométricas, incluindo impressões digitais, leitura de íris e software de reconhecimento facial. Elas oferecem um tipo inteiramente novo e atraente de fatores de autenticação, pois são muito mais simples, obrigando o usuário a fazer login apenas olhando para a tela do smartphone ou apertando um único botão -, podendo oferecer ainda mais segurança; afinal, é mais difícil roubar o DNA ou a aparência física de uma pessoa do que uma senha!

À medida que os bancos transferem outros serviços para plataformas digitais, a conveniência e a segurança do cliente se tornam cada vez mais importantes. É empolgante ver como o TSB Bank, do Reino Unido, anunciou que alguns de seus clientes poderão usar a leitura da íris para acessar suas contas bancárias a partir de setembro através de smartphones Galaxy S8 da Samsung, que contempla diferentes tipos de autenticação biométrica.

No entanto, é importante lembrar que as tecnologias biométricas precisam ser implementadas corretamente – caso contrário, podem levar a riscos de segurança adicionais, perturbando a experiência do cliente. Há relatos sobre fraudadores que conseguem falsificar fotos de outras pessoas para obter acesso a serviços. Além disso, se os dados não estiverem protegidos corretamente nos bancos de dados, é possível que dados de clientes possam ser vazados, impactando a confiança da relação com a instituição. Em última análise, embora uma pessoa possa mudar sua senha facilmente, é um pouco mais difícil alterar seu DNA!

O armazenamento seguro é fundamental se quisermos ver um futuro em que a biometria prevalecerá sobre as senhas nos processos de login. Para fins de conveniência, também é crucial que desenvolvamos tecnologias biométricas que sejam precisas e respondam rapidamente à interação do usuário.

No entanto, estamos ansiosos para ver o TSB Bank adotar, por exemplo, a leitura da íris como um método de autenticação. É um sinal de que a experiência do cliente está se tornando um diferencial cada vez mais crucial na corrida pelo sucesso móvel das instituições financeiras – e a biometria claramente tem um papel importante. Aguarde e veja outras instituições financeiras adotarem medidas de login inovadoras à medida que a corrida para conquistar os consumidores bancários esquenta!

Não é só na área financeira que a biometria tem ampla aplicação: em Campina Grande, na Paraíba, a identificação facial está em teste nos ônibus da cidade, para verificação de que o usuário é mesmo o dono do cartão de pagamento apresentado.

Outra aplicação importante da biometria, também no campo dos transportes, vem sendo tratada pelos fabricantes de veículos como Tesla, Toyota e Volvo. A ideia é desenvolver carros que façam uma interação automática com os ambientes, de forma que seja possível identificar o condutor.

Seja em que área for, a prioridade é a segurança digital e a proteção dos dados dos clientes. Os bancos saíram na frente, mas outros segmentos estão implantando cada vez mais novas soluções para fortalecer suas redes e mitigar riscos e vulnerabilidades.

*Diretor de Comunicação e Marketing da Gemalto

Nenhum comentário até agora

Ir para a discussão

Nenhum comentário ainda!

Você pose ser o primeiro a iniciar a discussão.

<