Últimas notícias

Fique informado

3 vantagens do uso da assinatura eletrônica nas instituições de saúde

18 de outubro de 2023

Spotlight

Nuvens Tempestuosas: Navegando pelo Panorama Complexo da Cibersegurança na Nuvem

Enquanto as organizações migram cada vez mais dados e serviços para a nuvem, a complexidade e a magnitude das ameaças cibernéticas também crescem.

15 de maio de 2024

Cancelamento de hipotecas – Assinatura avançada versus qualificada – Parte II

Essa segunda parte discute os padrões e requisitos para o processamento eletrônico de documentos no registro de imóveis no Brasil.

15 de maio de 2024

Cancelamento de hipotecas – Assinatura avançada versus qualificada – Parte I

Questão das assinaturas eletrônicas no Registro de Imóveis é incerta, mesclando aspectos tecnológicos e jurídicos.

14 de maio de 2024

Por que é tão complexo se proteger de ataques cibernéticos? Por Rodrigo Fragola

“A meta agora não é alcançar segurança absoluta, mas sim segurança relativa no mercado em que se atua.” Fragola

13 de maio de 2024

Edmar Araujo, o novo diretor-executivo da ANCD concede sua 1ª entrevista ao Crypto ID

Edmar Araujo diretor-executivo da Associação Nacional de Certificação Digital e fala com exclusividade ao Crypto ID.

13 de maio de 2024

Confira 7 dicas para a redução do uso de papel nas empresas

São sete dicas essenciais para ajudar as empresas a reduzirem o uso de papel e promoverem práticas mais sustentáveis.

9 de maio de 2024

Nos últimos anos, o uso de tecnologias tem crescido no segmento da saúde e soluções, como as de assinaturas eletrônicas, ganharam força

empresas
Márcio D’avila, consultor técnico e especialista em segurança digital da CertiSign

Na semana em que se celebra o Dia do Médico, o consultor técnico e especialista em identificação e segurança digital da CertiSign, Márcio D’Avila, indica três vantagens do uso da assinatura eletrônica na rotina desses profissionais.

Nos últimos anos, o uso de tecnologias tem crescido no segmento da saúde – de 2009 a 2019, os investimentos aumentaram em R$ 97,68 bilhões, valor que representa a soma do Sistema Único de Saúde (SUS) e da saúde suplementar.

Os dados são da Associação Brasileira da Indústria de Tecnologia para Saúde (Abimed) divulgados em abril. Como consequência, soluções como as de assinaturas eletrônicas também ganharam força.

O especialista da CertiSign explica que a assinatura eletrônica no segmento de saúde é utilizada em duas versões: qualificada, comum entre os médicos para assinatura do Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP), e simples, indicada ao paciente e que gradativamente está ganhando força na digitalização dos processos na admissão (check-in) nos hospitais e clínicas.

“A assinatura eletrônica qualificada tem por trás o respaldo do certificado digital ICP-Brasil e é exigida para a digitalização dos processos que envolvem o PEP, justamente por sua segurança máxima em relação a identificação do profissional. Ela é integrada ao software de gestão do hospital, também conhecido como HIS, e concede mobilidade e segurança”, explica Márcio D’Avila.

Já a assinatura eletrônica simples, segundo ele, é gerada, por exemplo, a partir da grafia de uma assinatura na tela de um dispositivo (computador, celular e tablet) ou um clique em um botão “assinar”.

Ela tem eficácia probatória de acordo com as evidências colhidas, como a geolocalização, voz, imagem, entre outros critérios.

“No cenário das instituições de saúde, é indicada para assinatura de termos, fichas cadastrais, contratos e aceites, de maneira geral, permitindo que desde o check-in do paciente tudo tramite eletronicamente”.  

Diante disso, o especialista listou as três principais vantagens do uso da assinatura eletrônica. São elas: 

1- Ganho de eficiência

Por permitir que toda a jornada seja realizada de maneira digital, tanto na admissão, como na interação a partir do atendimento médico, as assinaturas eletrônicas promovem assertividade na consulta às informações e dão agilidade. 

2- Segurança 

Ao utilizar as assinaturas eletrônicas qualificada e simples, toda a documentação passa a ser digital, o que elimina o risco de erro na interpretação da grafia e de extravios e facilita a auditoria dos processos, entre outras vantagens.

Ou seja: é bom para a instituição que provê o atendimento, para o profissional de saúde e, claro, para os pacientes.

3- Sustentabilidade e redução de custos 

Se a documentação é digital e os processos se tornam mais ágeis, o consumo do papel diminui, assim como os custos relacionados à compra de insumos e armazenamento físico.

Qual a biometria ideal? Especialista da CertiSign desmistifica as principais dúvidas sobre a tecnologia

Entrevista com Leonardo Gonçalves, da CertiSign, sobre a participação no CERTFORUM 2023

Bruno Ribeiro gerente de inovação da CertiSign, em entrevista exclusiva, fala sobre o mercado de identidade digital

Sobre a CertiSign

CertiSign é uma Autoridade Certificadora no Brasil especialista em identificação e segurança digital. Desde 1996, desenvolve e integra soluções que proporcionam uma experiência digital simples e segura, oferecendo às pessoas mais tempo e liberdade, e às empresas, redução de fraudes e custos.