Últimas notícias

Fique informado

E-commerce: maioria dos varejistas espera crescimento maior das vendas online no segundo semestre

10/09/2020

Spotlight

A sanção da Lei 14.063 de 2020, segundo agência Senado.

A nova lei cria dois novos tipos de assinatura eletrônica em comunicações com entes públicos e em questões de saúde: simples e avançada.

25/09/2020

Lei Geral de Proteção de Dados Brasileira – LGPD começa a valer

Começa a valer nesta sexta 18 de setembro de 2020 conforme o texto aprovado pelo Senado .

18/09/2020

Como gerenciar Identidades Digitais em empresas públicas e privadas? Ouça

Sobre como gerenciar eIDs, conversamos com Luís Correia – Business Development da AET EUROPE, empresa global na área de soluções de segurança digital.

02/09/2020

Os desafios para a digitalização das lojas brasileiras. Por Gastão Mattos

As compras online já são uma realidade para a maioria dos brasileiros. O processo, obviamente, foi intensificado nos últimos meses, em função da pandemia do novo coronavírus.

21/05/2020

Felipe Dellacqua, sócio e VP de vendas da Vtex, multinacional que desenvolve plataformas de lojas virtuais presente em mais de 30 países, é fonte para falar sobre o tema

Pesquisa realizada pela Adtail Newblue e pelo E-commerce Brasil mostrou que 72% dos varejistas acreditam que no segundo semestre de 2020 haverá um crescimento de vendas ainda maior em relação aos seis primeiros meses deste ano.

O comércio eletrônico encerrou o primeiro semestre com alta de 145% nas vendas, no comparativo com o mesmo período de 2019, segundo o estudo “E-commerce na Pandemia”, realizado pela plataforma Nuvemshop.

A pesquisa revela ainda que 53,1% dos entrevistados pretendem aumentar os valores investidos antes da pandemia e 19,6% devem diminuir os investimentos.

Felipe Dellacqua – VP de vendas e sócio da Vtex

O Brasil em 2019 tinha 4% do varejo nacional online. A estimativa é que este ano a gente passe dos 10%”, explica Felipe Dellacqua, VP de vendas e sócio da Vtex.

Outros dados da Abcomm mostram que o e-commerce ganhou ao menos 4 milhões de novos clientes e teve um salto de 400% na venda online de brinquedos, 200% em artigos esportivos e 80% na venda de cosméticos.

Antes da crise devido ao novo coronavírus, um dos motivos que levavam muitos empresários a não migrar para o online é o comodismo, segundo Felipe. “Se a loja física vende bem, o dono não vê motivo de abrir novo canal de vendas. Se fosse abrir, seria uma loja física nova. Mas a crise que fechou diversas lojas pelo país criou a necessidade de continuar vendendo, o que durante um período só foi possível virtualmente”, diz.

Em relação ao futuro, e especialista em e-commerce acredita que, mesmo após a pandemia, os donos de lojas físicas que migraram para o online devem continuar com as vendas virtuais.

Com certeza, os empresários ficam no mercado online, em que eles também podem ter muitos ganhos. Muitas pesquisas dizem que essa crise viral pode voltar daqui alguns meses ou anos causando uma nova quarentena. Ninguém sabendo disso vai montar loja virtual e fechar depois. Muitas empresas que passaram por essa crise sem sofrer tanto foram empresas com canais digitais robustos. Além disso, esses empresários enxergaram o potencial de aumentar o número de clientes com operação mais otimizada e enxuta tendo faturamento maior”, comenta o VP de vendas da Vtex.

Hackers fazem a captura de dados de cartão de crédito dentro dos metadados de imagens em sites do ecommerce

Sobre Felipe Dellacqua

É sócio e VP de vendas da Vtex (plataforma de Digital Commerce Solutions com presença em mais de 34 países) a frente de verticais como Fashion e Cross-Border. Presidente da ABECOM-CB. Ministra cursos de MBA na Unicamp, ESPM, Faculdade Impacta e faz parte da banca de mentores do MBA de empreendedorismo da FIAP. Empreendedor serial do mercado digital desde 2006 e fundador de 4 empresas.

Sobre VTEX

 A VTEX é a plataforma de Cloud Commerce que unifica a experiência do cliente em todos os canais em uma solução corporativa abrangente. Com uma infraestrutura “cloud auto-scaling” e um poderoso conjunto de aplicações, a plataforma acelera a transformação digital de operações complexas.

A VTEX tem a confiança da Sony, Walmart, Whirlpool, Coca-Cola, Stanley Black & Decker, Nestlé e mais de 2.500 lojas on-line em 34 países. Em 2018, a empresa foi nomeada uma das principais players nas plataformas de comércio digital pelo IDC e Gartner. vendas

Como resultado da infraestrutura de ponta da plataforma, bem como de suas inúmeras soluções nativas integradas (mais de 1.000 parceiros estrategicamente posicionados globalmente, incluindo marketplaces, agências de implementação, empresas de pagamento e logística), a VTEX continua liderando o setor onde muitas empresas estão fornecendo serviços com tecnologias não atuais. Visite www.vtex.com

Konduto aponta que índice de tentativas de fraudes no e-commerce ficou em 3,4% no primeiro semestre de 2020

A nova realidade das compras de alimentos: seguras e por conveniência

Content Syndication

Content syndication – distribuição de conteúdo é um método de republicar conteúdo desenvolvido por sua empresa em outros sites para atingir um público mais amplo e levar novos visitantes a seu site. Fale conosco sobre Content Syndication, contato@cryptoid.com.br | +55 11 3881 0019.

Surpreenda-se com a qualificação da nossa audiência! Mídia Kit.