Últimas notícias

Fique informado

Inteligência Artificial: como a TI pode fazer mais com menos

23 de março de 2020

Spotlight

Tecnologia referência em segurança chega ao ramo educacional através da CredDefense

Além de universidades e faculdades, a CredDefense quer oferecer seus serviços para escolas de ensino fundamental e médio e também para cursinho pré-vestibular

8 de junho de 2021

Philip Zimmermann: “Today marks the 30th anniversary of the release of PGP 1.0.”

PGP Marks 30th Anniversary – 6 June 2021 – Today marks the 30th anniversary of the release of PGP 1.0

8 de junho de 2021

O que é uma cifra de bloco e como ela funciona para proteger seus dados?

Uma cifra de bloco tem alta difusão (as informações de um símbolo de texto simples são distribuídas em vários símbolos de texto cifrado).

7 de junho de 2021

Comissão Europeia propõe uma identidade digital segura e de confiança para todos os europeus

As Orientações da Comissão para a digitalização até 2030 definem uma série de metas e marcos que a identidade digital europeia ajudará a alcançar.

7 de junho de 2021

Acompanhe quais foram as 10 ameaças cibernéticas com maior relevância para empresas brasileiras

Empresa monitorou mais de 43 milhões de mensagens em 30 fontes diferentes, de mídias sociais e empresas a fóruns escondidos na Dark Web.

20 de março de 2020

A Inteligência Artificial  é capaz de lidar com muitos problemas de rede que inundam as centrais de atendimento diariamente

Por Cherie Martin

Cherie Martin – Gerente sênior de Soluções de Marketing da Aruba

Os clientes estão sempre me dizendo que precisam responder à demanda de “fazer mais com menos”. As histórias são parecidas.

As equipes de TI são pequenas e os orçamentos são limitados, enquanto o trabalho duro de manter a rede em funcionamento é mais complicado do que se imagina. Operar é apenas uma das responsabilidades desses profissionais.

Há, também, uma lista crescente de solicitações para o lançamento de novos aplicativos e serviços, que sobrecarregam até os administradores mais experientes.

E se uma grande parte das operações diárias fosse automatizada? E se o aprendizado de máquina baseado em IA (Inteligência Artificial) estivesse em toda parte da rede para ajudar a TI a se concentrar em projetos mais complexos?

Pense nos chamados por falta de conectividade do cliente e baixo desempenho da rede que simplesmente desapareceriam. Esses problemas geralmente começam com fundamentos fracos de RF (rádio frequência) e desviam esforços que poderiam ser melhor investidos em outras áreas.

Após o início das chamadas, resolver uma demanda de RF pode exigir visitas a lugares remotos, análise do espectro, esforços para reproduzir o problema e tempo no telefone com o suporte técnico de um fornecedor. Além da RF, a TI lida com aqueles curiosos problemas intermitentes que podem ser especialmente difíceis e demorados de solucionar.

Não seria ótimo se a sua rede pudesse dizer o que há de errado quando essas situações acontecem e recomendar como corrigi-las? Redes que incluem Inteligência Artificial e automação podem fazer exatamente isso.

Usando a Inteligência Artificial para resolver problemas

As ferramentas inteligentes de automação foram projetadas especificamente para equipes de TI que precisam de resoluções rápidas e proativas para seus usuários finais, e estão amadurecendo rapidamente. De fato, AIOps (inteligência artificial para operações de TI) é uma abordagem emergente em nosso setor.

A Inteligência Artificial pode fornecer informações, aprimoramentos e recomendações de configuração em áreas que incluem:

• Conectividade – todas as etapas, incluindo associação, autenticação, DHCP e DNS

• Largura de banda e taxa de transferência – canais e faixas de rádio ideais (2,4 e 5 GHz)

• Desempenho de Wi-Fi – localização e densidade do AP (ponto de acesso), utilização do tempo de antena

• Desempenho do AP – transmissão de energia, mudanças frequentes de canal, economia de energia

• Capacidade de resposta do aplicativo – aplicativos internos e SaaS hospedados na nuvem

• Métricas – tempo de conectividade, taxa de transferência, latência, jitter, pontuação MOS, perda de pacotes, RSSI.

Vejamos o que aconteceria em alguns dos problemas recorrentes:

“Não consigo me conectar à rede” – A Inteligência Artificial pode executar algoritmos diferentes e criar visualizações do painel que permitem aos administradores de TI ver o status da conexão para todos os clientes em tempo real. Necessidades como pontuação geral, integridade de cada estágio da jornada de conectividade e insights sobre causas são facilmente compreendidas. Os administradores de TI podem até mesmo acessar detalhes sobre problemas que afetam clientes específicos.

“A rede está lenta” – Uma rede com baixo desempenho significa que os usuários são menos produtivos. A IA pode identificar imediatamente a origem da lentidão e recomendar ações corretivas para o administrador.

“Estamos na sala de reuniões X e as conexões Wi-Fi continuam caindo” – Os pontos de acesso geralmente são a causa do problema quando os usuários têm dificuldades em um local específico. A Inteligência Artificial e a automação fornecem à equipe de TI a causa e a recomendação para que eliminem as suposições e passem rapidamente para o modo de solução de problemas.

A Inteligência Artificial aprimora continuamente seu entendimento de desempenho bom, aceitável e ruim para redes de todos os tipos, tamanhos, topologias e padrões de tráfego. Esse aprendizado contínuo é moldado a partir das ações recomendadas que os administradores de rede podem seguir para corrigir problemas e otimizar as experiências sem perder muito tempo.

Ou seja, com uma plataforma de Inteligência Artificial, a TI pode fazer mais com menos

Segurança dos sistemas de Inteligência Artificial prevista como tendência de TI para 2020

Human Augmentation: Como a Inteligência Artificial pode explorar o melhor dos homens e robôs

Tribunal vai instalar Laboratório de Inovação e Inteligência

Explore mais o Crypto ID, somos maior portal sobre identificação digital!

  Explore outros artigos!