Últimas notícias

Fique informado

Um garoto de 20 anos foi apontado como o responsável do vazamento de dados na Alemanha

09/01/2019

Spotlight

Agência de defesa cibernética alemã – BSI, defende atuação diante vazamento de dados

BSI defendeu neste sábado sua atuação em resposta a um vazamento de dados de grande escala

06/01/2019

O vazamento em questão que ocorreu há um mês, na Alemanha, envolveu dados pessoais de centenas de políticos, jornalistas e outras figuras públicas

O garoto, cuja identidade não foi revelada, foi preso depois que a polícia invadiu a casa de seus pais no centro-oeste alemão de Hesse no domingo e recuperou o computador usado para a divulgação na internet.

Foram todos expostos no que se acredita ser uma das maiores violações de dados do país alemão na história números de telefone, e-mails e chats privados, dados de cartão de crédito, endereços e cópias de cartões de identidade das vítimas entre elas políticos, jornalistas e outras figuras públicas incluindo a chanceler Merkel.

O suspeito admitiu ter realizado a invasão em massa de políticos da Alemanha com raiva de suas declarações políticas, revelou a Polícia Criminal Federal do BKA.

Segundo publicado pelo site The Hacker News, o acusado foi interrogado em 07/01/2019, pelo Departamento Federal de Polícia Criminal, quando reconheceu as alegações contra ele e forneceu informações sobre seus próprios delitos, disse o BKA em um comunicado à imprensa.

Conhecido no Twitter pelo nome “G0d”, o suspeito publicou dados privados sobre políticos, jornalistas e celebridades alemães no Twitter, sob o nome de usuário @ _0rbit.

Devido à falta de base para a detenção, o acusado foi libertado na noite de 07/01/2019 e a detenção provisória foi cancelada.

As provas apreendidas como parte do mandado de busca, em particular computadores e portadores de dados, estão sendo avaliadas.

Fonte: Com informações do The hacker News.

 

Agência de defesa cibernética alemã – BSI, defende atuação diante vazamento de dados

Senhas, contrassenhas ou “eu vou passar” de acordo com as diretrizes de identidade digital do NIST