Últimas notícias

Fique informado

Everest Digital adota soluções da CommScope para seu data center

21 de fevereiro de 2024

Spotlight

Governo Federal apoia Rio Grande do Sul na emissão 2ª via da Carteira de Identidade Nacional

O mutirão coordenado pelo Governo do RS começou nos abrigos de Porto Alegre. Expedição da segunda via será imediata

20 de maio de 2024

Certificado Digital na contabilidade é útil para automatizar processos

O uso do Certificado Digital na contabilidade proporciona otimização de processos, através da automatização de diversas atividades

16 de maio de 2023

Como o Certificado SSL pode impulsionar as vendas do seu site?

Há mais chances de ficar entre as primeiras posições, se um dos cuidados que você tem com os seus canais de venda é o uso do Certificado SSL

5 de abril de 2023

Soluti conquista o selo internacional WebTrust dois anos consecutivos

A Soluti acaba de conquistar o selo WebTrust por dois anos consecutivos

3 de abril de 2023

Por que o Certificado Digital tem validade?

O Certificado Digital tem validade e isso oferece mais segurança ao usuário, especialmente quanto à garantia de atualização de suas normas

31 de março de 2023

Com a Everest Digital, os clientes contam com uma infraestrutura moderna, automação aliada à máxima eficiência em facilities

A infraestrutura de cabeamento da CommScope foi adotada pela Everest Digital, empresa do Grupo Soluti, para a criação do primeiro data center Tier III Managed Service Provider (MSP) da região Centro-Oeste. O data center, que fica na sede da empresa em Goiânia (GO), tem como foco o atendimento a empresas que buscam inovação e eficiência na gestão de sistemas de missão crítica.

Com o objetivo de oferecer um ambiente seguro e confiável para os dados dos clientes, a empresa adotou soluções da CommScope.

América Latina
Gisele Santos, head de Infraestrutura de Data Center da Everest Digital

Quando começamos o processo de escolha do fabricante de cabeamento, avaliamos diversos fatores, como qualidade do material, prazo de entrega, parceria do fabricante, garantia, conformidade com os padrões e normas nacionais e internacionais”, conta Gisele Santos, head de Facilities Data Center na Everest Digital.

A CommScope é uma empresa reconhecida mundialmente no mercado de cabeamento e infraestrutura de rede. Sua história e experiência transmitiram confiança à Everest Digital”, explica a especialista.

Segundo ela, outro fator determinante para a escolha foi a ampla gama de produtos e soluções de cabeamento oferecida pela CommScope. O que permitiu que a Everest encontrasse toda a solução do projeto em um só lugar, facilitando a integração de diferentes componentes da rede e de fácil usabilidade.

Solução 

Na parte de fibra foi utilizada toda a linha de pré-conectorizados: cordão de fibra SM e MM, Cabo MPO, OM4 SM e MM, cassetes MPO/LC SM e MM. O cabeamento pré-conectorizado MPO é pré-fabricado e testado em ambientes controlados antes de ser entregue ao local de instalação.

Isso acelera significativamente o processo de instalação, reduzindo o tempo de configuração e necessidade de equipamentos especializados. Além de minimizar os riscos de erros de conexão ou configurações inadequadas, resultando em uma instalação mais confiável.

Como o cabeamento MPO já vem pré-conectorizado, a necessidade de contratar especialistas em conectorização no local também é reduzida. Isso pode levar a economias significativas em termos de custos de mão de obra e tempo.

Os sistemas MPO permitem a conexão de várias fibras em um único conector, o que é particularmente útil em cenários de alta densidade de cabos. “Esta conexão torna o cabeamento mais compacto e facilita a expansão da rede conforme necessário”, ressalta Santos.

As fibras na especificação OM4 são capazes de suportar velocidades de até 10 Gigabits por segundo (Gbps) e podem até mesmo suportar maiores taxas de transferência de dados, como 40 Gbps e 100 Gbps, dependendo do equipamento de rede utilizado, garantindo a interoperabilidade entre equipamentos de diferentes fabricantes e a conformidade com normas e especificações técnicas.

Em termos de cabeamento UTP foram utilizados cabos da CommScope CAT 6A e também patch cords e conectores RJ45 desta mesma categoria, tendo inclusive sido utilizados patch panels descarregados, para maior flexibilidade.

Foi escolhido para esse projeto o cabeamento de Categoria 6A por ser mais vantajoso em várias situações devido às suas características de desempenho e capacidade de suportar altas taxas de transferência de dados”, explica Ricardo Mattiello, diretor de contas estratégicas da CommScope.

Desafios 

De acordo com a Everest Digital, o maior desafio foi o prazo do projeto. “Tínhamos um curto prazo para desenho da solução, cotação, refinamento das propostas e por fim de entrega e implementação”, conta Santos.

A Commscope atuou fortemente no apoio à especificação dos melhores produtos alinhados à solução. Além disso, não mediu esforços para a entrega dos produtos com um prazo extremamente curto. O prazo foi acordado em tempo de proposta e foi cumprido pelo fabricante, com alguns itens sendo entregues inclusive com antecedência, com a entrega influenciando diretamente na redução do prazo de execução”, destaca a executiva.

A rápida implementação foi fundamental para atingir com sucesso os objetivos do projeto, por meio de planejamento cuidadoso, colaboração eficaz e execução precisa. O cabeamento pré-conectorizado MPO escolhido reduziu significativamente o tempo de implementação da solução”, completa.

Ao optar por soluções que minimizam o risco de interrupções e garantem o desempenho, a empresa garantiu uma operação contínua e confiável e o bom funcionamento e a disponibilidade do data center, pontos essenciais para a satisfação dos clientes da Everest Digital, companhia que atende atualmente a empresas de setores como agronegócio, indústria, supermercados e construção civil, entre outros.

Com a Everest Digital, os clientes contam com uma infraestrutura moderna (top quadrante Gartner), automação aliada à máxima eficiência em facilities, um portfólio completo em serviços de TI e equipe técnica qualificada, capaz de atender necessidades específicas e de aumentar a produtividade e competitividade por meio do uso inteligente da tecnologia.

Futuro

Com o resultado bem-sucedido do projeto de cabeamento do data center, a Everest já visa uma expansão do data center no longo prazo, “A parceria que tivemos e ainda temos com a CommScope é de muita confiança. A empresa demonstrou capacidade de fornecer soluções de alta qualidade, confiáveis e escaláveis”, explica Santos, da Everest Digital.

Sabemos que possuímos à nossa disposição um portfólio abrangente que permite adaptação conforme o crescimento do nosso projeto. Estamos em busca sempre das últimas tendências e tecnologias de mercado que propiciem maior largura de banda, suporte a velocidades crescentes e integração com sistemas de próxima geração”, finaliza.

Entrevista com Rômulo Caetano Rocha, CTO da Everest Digital, sobre Data Center TIER 3 e suas vantagens

Everest Digital ajudará governo a formar jovens na área de TI

Everest Digital utiliza Nutanix para impulsionar transformação digital no Centro-Oeste