Últimas notícias

Fique informado

Como será o crescimento de assinaturas digitais no Brasil e no mundo nos próximos anos

30 de outubro de 2023

Spotlight

Entenda o Incidente de Segurança no Siafi que fez o Tesouro exigir a autenticação exclusivamente com Certificados Digitais ICP-Brasil

No Siafi os certificados ICP-Brasil vão conferir Integridade, autenticidade, conformidade, confidencialidade, disponibilidade, legalidade e irretratabilidade.

22 de abril de 2024

O Halving do Bitcoin: Entendendo o Evento que Redefine a Oferta da Criptomoeda. Por Susana Taboas

Uma visão geral do que é o halving do Bitcoin e sua importância no contexto da economia digital.

17 de abril de 2024

Bertacchini da Nethone compartilha sua visão sobre o cenário atual de fraudes digitais

Tivemos a oportunidade de conversar com Bertacchini, especialista em Desenvolvimento de Negócios Sênior na Nethone, sobre como as empresas podem se blindar contra ciberameaças.

17 de abril de 2024

Do primeiro Robô Advogado ao ChatGPT: Você sabe como as IAs podem impactar o futuro do setor jurídico?

Assista o webinar na íntegra, gratuitamente pelo canal oficial da doc9 no YouTube e obtenha insights essenciais sobre como aproveitar ao máximo as tecnologias emergentes e manter vantagem competitiva neste setor em constante evolução.

28 de março de 2024

AX4B: 64% das empresas brasileiras não possuem soluções corporativas de antivírus, apesar do aumento de 7% nos ataques cibernéticos

A AX4B acaba de divulgar os resultados de sua mais recente pesquisa sobre a situação da segurança cibernética no Brasil.

26 de março de 2024

Explore o crescimento das assinaturas digitais, seu papel na segurança e o impacto do blockchain na revolução das transações online

Em um mundo em constante digitalização, a confiabilidade e segurança das transações online tornaram-se questões centrais.

Nesse cenário, as assinaturas digitais emergem como uma solução promissora, garantindo autenticidade e minimizando fraudes. 

Apesar da ainda incipiente adoção em países como a Alemanha, há um crescimento acelerado no uso dessa tecnologia, impulsionado por fatores como a demanda por maior segurança e o avanço das tecnologias digitais, evidenciado pelo mercado global de assinaturas digitais, que tem projeção para continuar crescendo. 

Tal crescimento foi potencializado pela necessidade de adaptação ao ambiente virtual pós-pandemia, levando a uma adoção maior de firmas digitais em comparação com os últimos anos. Além da segurança, essa tendência reflete uma busca por eficiência e economia. 

Acompanhe-nos nesta análise profunda sobre o panorama das assinaturas digitais, abordando aspectos legais, inovações como blockchain e os desafios inerentes a essa revolução.

Como é o mercado global de assinaturas digitais?

Esse tem demonstrado um potencial de crescimento surpreendente. Estimativas recentes revelam que o valor deste mercado, que foi de $5,25 bilhões em 2022, está previsto para alcançar uma marca impressionante de $40,23 bilhões até 2030

Isso traduz-se em uma taxa composta de crescimento anual (CAGR) de 29,0% durante este período. Diversos fatores estão alimentando essa expansão.

A crescente penetração de tecnologias digitais, o aumento da adoção de assinaturas eletrônicas no setor de e-commerce e o maior número de compromissos de trabalho online e remotos são alguns dos motores desse crescimento. 

Contudo, desafios como a falta de consciência sobre seus benefícios ainda persistem. Analisando-se geograficamente, observa-se que regiões como América do Norte, Europa, Ásia-Pacífico e América Central e do Sul têm contribuído significativamente para essa ascensão. 

Por que na Alemanha o cenário é diferente?

Na Alemanha, a implementação de assinaturas digitais ainda não é uma prática amplamente difundida, mas tem visto um crescimento notável.

As assinaturas digitais baseadas em certificados, por exemplo, não são frequentemente adotadas em transações legais, principalmente devido aos altos custos e ao esforço técnico associado. 

Contudo, a adoção dessas assinaturas está ganhando tração no ambiente empresarial, impulsionando a expansão do mercado de assinatura digital no país.

De acordo com órgão federal de segurança da informação do país, leis específicas, como o Vertrauensdienstegesetz (VDG) e o Bürgerliches Gesetzbuch (BGB), fornecem a regulamentação e diretrizes para o uso dessas assinaturas. 

Logo, a Alemanha, sendo um país tecnologicamente avançado, também enfrentou desafios com a segurança cibernética, sendo alvo de hackers em várias ocasiões.

Essas ameaças intensificaram a necessidade de soluções mais seguras, como as assinaturas digitais, consolidando sua relevância e contribuindo para o crescimento do mercado nessa nação.

Como tem sido a aceleração digital?

A era pós-pandêmica provocou uma metamorfose digital significativa, impulsionando organizações a reestruturarem seus processos e adotarem soluções mais seguras e eficientes. 

A Associação Nacional de Certificação Digital, por exemplo, reportou a marca de 12 milhões de certificados ativos em 2023, demonstrando crescimento constante. Este aumento é reflexo da busca incessante por autenticidade e segurança nas transações digitais. 

Assim, a aceleração digital direcionou as empresas para uma trajetória de evolução constante, onde tecnologias – como plataformas digitais e blockchains – tornaram-se aliadas imprescindíveis para garantir eficiência, confiabilidade e proteção no ambiente de negócios.

Como funciona a segurança da assinatura digital no combate às fraudes?

Por falar em proteção, com o avanço tecnológico e a globalização dos negócios, a vulnerabilidade a ataques cibernéticos tem crescido exponencialmente. 

Temos como exemplos o da seguradora de saúde australiana Medibank cujo ataque sofrido afetou 9,7 milhões de pessoas e da fabricante de automóveis japonesa Toyota cujas informações sobre os clientes foram vazadas

No entanto, as assinaturas digitais emergem como um baluarte contra fraudes eletrônicas. Essas ferramentas não apenas autenticam, mas também garantem a proteção do público quanto à genuinidade dos documentos. 

Getúlio Santos, co-fundador da ZapSign, reforça que a assinatura digital tem como uma das principais finalidades proteger documentos contra adulteração não autorizada e garantir a segurança das informações.

Qual tem sido o papel do blockchain no mercado de assinaturas digitais?

O advento do blockchain tem revolucionado diversos setores, e o mundo das assinaturas digitais não é exceção. Essa tecnologia descentralizada, conhecida por sua natureza imutável e segura, vem moldando o mercado ao introduzir um nível adicional de segurança e transparência. 

Ao integrar o blockchain nas de documentos digitais, cada transação e firma é registrada em um “ledger” indestrutível, garantindo autenticidade e eliminando tentativas de atividades fraudulentas.

Mais do que simplesmente autenticar, o blockchain permite uma operacionalidade sem intermediários, otimizando processos e reduzindo custos associados. 

Em setores como financeiro e imobiliário, em que a integridade das assinaturas é vital, essa combinação inovadora promete não só reforçar a confiança, mas também agilizar transações.

Portanto, a fusão entre blockchain e firmas digitais é, sem dúvida, um marco para a futura paisagem digital, primando pela eficiência e confiabilidade.

Quais são as vantagens e desafios das assinaturas digitais nos próximos anos?

Conforme vimos ao longo deste artigo, as assinaturas digitais emergem como solução promissora para o futuro, principalmente pela combinação de benefícios como redução de custos, agilidade processual e fortificação da segurança em transações. 

Sua implementação diminui burocracias, otimiza a execução de processos e garante a autenticidade de documentos, minimizando os riscos de fraudes.

Tais características alavancam sua relevância no comércio eletrônico, atendendo à demanda crescente por soluções seguras em um ambiente digitalizado. 

Entretanto, enfrentam-se obstáculos. Um dos maiores entraves é a carência de conhecimento sobre o potencial e funcionamento destas assinaturas, que pode limitar sua adoção em algumas regiões ou setores. Além disso, esforços devem ser direcionados para educar o mercado e ampliar a confiança neste recurso. 

Logo, no cenário futuro, a consolidação das assinaturas digitais será pautada pela equilibrada combinação de seus benefícios e pela superação dos desafios existentes.

Aliás, agora que você já sabe a sua importância para o futuro, que tal ampliar os conhecimentos sobre como sua validade jurídica no presente? Baixe agora mesmo o ebook gratuito que produzimos sobre o assunto!

Entenda o que mudou com a nova lei de assinatura eletrônica nº 14.620

Assinatura digital via WhatsApp simplifica processos nas empresas

Entenda para que serve um verificador de assinatura digital

Mesmo com nova lei, bancas de advocacia preferem assinatura digital qualificada

Sobre ZapSign

A ZapSign é uma plataforma de assinatura eletrônica que permite coletar assinaturas de forma simples e compatível com celular. Ideal para simplificar e otimizar o processo de assinatura de documentos eletrônicos do seu escritório – eliminando, assim, uma série de custos e burocracias completamente desnecessários.

A empresa se propõe a facilitar todo o processo de coleta de assinaturas de documentos, de forma instantânea e com validade jurídica.

Solução ideal para empresas que lidam com um grande fluxo de contratos, procurações e acordos em geral. Disponível tanto em versão gratuita para testes quanto em versões pagas, a solução da ZapSign se destaca por oferecer alto nível de integração, possibilitando enviar o contrato por meio de diversos canais de comunicação virtual, como WhatsApp, e-mail, SMS, Telegram e outros.

Hoje, a plataforma conta com mais de 900 mil usuários e mais de 13 milhões de assinaturas já foram coletadas através da ZapSign além de estar presente em 17 países.

ZapSign faz parte do Grupo Truora, uma empresa com mais de 6 anos de experiência na geração de soluções tecnológicas que simplificam a comunicação entre clientes, usuários, fornecedores ou colaboradores.

Acompanhe outros artigos da ZapSign aqui