Últimas notícias

Fique informado
Angola Cables quer liderar hub tecnológico do Ceará como marketplace de serviços de T.I. e de Telecom

Angola Cables quer liderar hub tecnológico do Ceará como marketplace de serviços de T.I. e de Telecom

27/10/2020

Como provedora integral de infraestrutura, já oferecia conexão aos destinos mais demandados do planeta e agora apresenta  um maior portfólio de serviços diferenciadores no seu Data Center AngoNAP Tier III em Fortaleza.

Os novos paradigmas que transformarão as empresas de T.I. e Telecom, que estão ampliando sua forma de atuação e atendendo clientes no formato B2B2C, serão um dos temas apresentados pela Angola Cables durante a Futurecom Digital Week – versão online do maior evento do setor de telecomunicações da América Latina.

António Nunes

Presente em dois painéis oficiais, o CEO da multinacional provedora integral de infraestrutura e serviços de internet, António Nunes, vai analisar esta tendência que deve redesenhar o mercado, no qual a Angola Cables é hoje um dos players mais bem preparados para o contexto atual de COVID e para o futuro com o 5G.

O  Data Center AngoNAP, o único tier III regional, localizado na Praia do Futuro, em Fortaleza – CE,  é cada vez mais um ponto estratégico neutro de conectividade intercontinental Brasil/ Américas, Africa e Europa e a Angola Cables vem por isso consolidando sua atuação no hub tecnológico do Ceará, ofertando muito mais do que conectividade e produtos “base” de Data Center.

Hoje para além de venda de capacidade eficiente através das rotas de cabos  submarinos pelo hemisfério sul; a Angola Cables inova também ao nível dos serviços que têm registrado forte crescimento como segurança,  anti-DdoS, backup&storage, nuvem privada e pública e variantes da sua solução de IP premium como o IP-Flex e o IP Gamer, ou serviços de virtualização de roteamento numa altura em que o COVID dita as regras do negócio.

“Estamos transformando nosso Data Center de Fortaleza em uma plataforma “one stop shop”, onde os clientes terão, além dos serviços de conectividade e data center tradicionais, diversos outros, oferecidos por nós ou por outros clientes que valorizam a posição estratégica de Fortaleza com a rede optimizada da Angola Cables para ligar à América do Norte, Europa e África; e por outro lado,  os ISPs também poderão comprar algumas de nossas soluções e revendê-las aos seus clientes finais”, explica Victor Adonai Costa – Country Manager da Angola Cables

Ao funcionar sob uma lógica de “Managment de Serviços”,tais como nas siglas: IAAS (Infraestrutura como Serviço), PAAS (Plataforma como Serviço), DCAS (Data Center como Serviço), a Angola Cables passa a otimizar com serviço agregado, o acesso às suas interconexões globais via cabos submarinos de fibra óptica SACS, Monet e WACS, a partir do DC de Fortaleza, o que representa vantagens na redução de custos, escalabilidade, disponibilidade e capacidade para clientes de diversos segmentos como aquelas  ligadas às tecnologias IoT, 5G, gaming, telemedicina, instituições científicas, empresas públicas e de logística, além dos tradicionais ISPs.

“O mercado de Telecom e sobretudo as empresas de infraestrutura, estão explorando novas plataformas e parcerias de ligação com a nuvem e novos streams de negócio.  É o nosso caso. Vamos atuar como fornecedores de nuvem híbrida, pública ou privada. Além disso, os ISPs que se instalarem em nossa plataforma poderão vender soluções e serviços para outras empresas, aproveitando-se das vantagens com custos, capacidade e conectividade internacional, um verdadeiro shopping center digital para o setor de Telecom”, diz Costa.

Toda esta nova configuração de atuação, técnica e comercial, fará do Data Center AngoNAP Fortaleza um líder entre as empresas instaladas no hub tecnológico do Ceará, que já conta com um expressivo conjunto de companhias de T.I. e de Telecom, além de ser ponto de chegada e partida de quase duas dezenas de cabos submarinos.

Sobre a Angola Cables

A Angola Cables é uma multinacional do sector das TIC´s com soluções diferenciadas de conectividade para o segmento wholesale e corporate. Com uma infraestrutura de transporte robusta e rede IP altamente interconectada a Angola Cables providencia acesso aos maiores IXP´s, Operadores Tier 1 e Provedores de conteúdos globais.

Através dos sistemas de cabos submarinos SACS, Monet e WACS conectamos as Américas, África e Europa assegurando ligações para a Asia via parceiros. Gerimos o Data Center Tier III AngoNAP Fortaleza (Brasil) e o AngoNAP Luanda (Angola) bem como, o PIX e o Angonix, um dos maiores Internet Exchange Point de África.

Para mais informações, visite o site: 

www.angolacables.com

Produtos

A Angola Cables está criando um conceito de plataforma “as a service” que vai agregar algumas vantagens para servidores e empresas que se hospedagem em seu Data Center de Fortaleza, porque poderão alavancar seus negócios ao se beneficiarem com um dos diferenciais de sua infraestrutura que é a eficiência na conectividade intercontinental, com as mais baixas latências, repassando essas vantagens para os seus clientes ou beneficiando-se delas, no caso do segmento corporate – empresas de outros setores que lá hospedem seus servidores ou nuvem.

Além disso, o AngoNAP Fortaleza estará conectado a um número crescente de PoPs no Brasil (32 em todo o mundo), e vai oferecer outra importante solução para, por exemplo, os demais países da América do Sul, especialmente Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai: o Virtual Router.

Virtual Router

O novo serviço Virtual Router possibilita aos clientes estender suas redes por meio da infraestrutura da Angola Cables, sem a necessidade de arcar com custos de implementação de equipamentos ou em alocações. Foi desenvolvido para clientes que necessitem de conectividade internacional ágil, flexível e econômica, combinando infraestrutura de rede com roteadores virtuais. Com essa tecnologia, os clientes podem usufruir de toda a capacidade das rotas e serviços da Angola Cables.

“Considerando que hoje em dia a Covid-19 impossibilitou o transporte de equipamentos eletrônicos tais como servidores, o Virtual Router vai permitir que uma empresa que está na Europa ou na África se conecte conosco de forma 100% virtual. Com isso, elas poderão reduzir o CAPEX (Capital Expenditure) de forma bastante significativa, obtendo economia e escala para se conectar com outros pontos do mundo através da nossa rede e sem a necessidade de equipamento”, explica Nunes.

Características principais:

  • Arquitetura de rede gerenciada pelo cliente e upgrades de capacidade;
  • Monitoramento de rede proativo;
  • Capacidade escalável;
  • Gerenciamento de conexões de peering e outros serviços NOC;
  • Serviços de engenharia.

Solução Anti-DDoS

A nova solução de segurança contra ataques na rede Anti-DDoS está disponível para o mercado brasileiro com uma capacidade de mitigação global de 5Tbps, 100% automatizada e disponível em todas as geografias onde a Angola Cables desenvolve operações (África, Europa e Américas).  

A Angola Cables disponibiliza agora uma solução 360º, capaz de atender até a camada de transporte de dados em tempo real (real time) (layer 4) e a camada de aplicação, sob solicitação (layer 7), aos clientes B2B. Com isso, a empresa passa a oferecer uma proteção adicional para seus clientes, ao acompanhar o tráfego desde a circulação em seus cabos submarinos, antecipando diagnósticos.

Os benefícios diretos do produto são:

  • Monitoramento 24/7, detecção, reporting e mitigação automática;
  • Proteção contra a sobrecarga da largura de banda;
  • Desvio de solicitações e tráfego malicioso;
  • Proteção contra o esgotamento dos recursos de sistema.

IP Gamer

Produto inovador para o mercado de games que melhora significativamente a experiência dos jogadores brasileiros quando acessam plataformas em qualquer lugar do planeta.

Isto significa oferecer aos gamers de todo o Hemisfério Sul, a oportunidade de competir com melhor qualidade de ligação, ou seja, melhor ping, latência mais baixa, aumentando suas chances de sucesso contra jogadores de outras partes do mundo.

O IP_Gamer, como é chamado o novo serviço, permite ao provedor que confia sua internet à Angola Cables, se beneficiar de ligações estratégicas prioritárias e diretas (peering/PNI) para os principais servidores de gaming (gaming nodes) na Europa, na América do Norte e na Ásia, além de uma redução significativa de latência pela utilização da rede da Angola Cables, que para os usuários brasileiros será até 10% menor, além de uma conectividade com maior qualidade e eficiência de tráfego.

Novos PoPs:

A Angola Cables inaugurou mais dois Pontos de Presença (PoPs) nas duas maiores regiões de geração de tráfego de internet do país: São Paulo (em parceria com a Ascenty) e Rio de Janeiro.

Com isso, a empresa angolana que opera os cabos submarinos de fibra óptica SACS (Brasil/África), Monet (Brasil/EUA) e Wacs (África/Europa), Data Centers em Fortaleza e Luanda, além de 32 PoPs em 20 países de 3 continentes, passa a oferecer um dos portfólios de serviços de conexão mais completos do segmento e uma cobertura moderna e de alta dimensão, que liga o Brasil diretamente aos ecossistemas internacionais mais relevantes.

Próximo painel com a participação de Antonio Nunes, CEO da Angola Cables:

  1. Tema: Além da Conectividade – 5G e as Oportunidades de Novos Negócios para Provedores Regionais

Data: Sexta-feira, 30 de Outubro

Horário: 14h20 – 15h30

Key points:

  • Interiorização do 5G e a capilaridade em pequenas cidades / capacidade em massificar o 5G
  • Importância da regionalização dos lotes de espectro no leilão do 5G
  • Ampliando a oferta de produtos e serviços para o mercado B2B
  • Fundos de investimento atuando nas consolidações & capitalizações
  • RAN Sharing

Webinars – Hub do Ceará

1º Painel: Hub do Ceará

Data: 28 de outubro

Horário: 14h BR

Participantes:

Victor Adonai Costa – Country Manager da Angola Cables

Júlio Cavalcante – Secretaria Des. Econômico do Estado do Ceará

Roberto Nogueira – CEO daBrisanet

Edgy Paiva – Diretor Ivia/Wilpro

Representante da CIPP

Link de acesso: https://futurecomxperience.com.br/rooms/internal/38

2º Painel: Como ligar o Hub de Fortaleza com o Futuro?

Data: 29 de outubro

Horário: 15h BR

Participantes:

Clayton do Carmo – Líder Comercial da Angola Cables

Salim Bayde – CEO Mob Telecom

Adriano Marques – CEO Wirelink

Gilbert Minionis – CEO- Videomar

Representante da ETICE

Link de acesso: https://futurecomxperience.com.br/rooms/internal/38